O que é escalabilidade de negócios? - WHOW

Pessoas

O que é escalabilidade de negócios?

Entenda aqui o conceito deste termo e as principais características. Veja também algumas dicas para ter um negócio escalável

POR Redação Whow! | 28/06/2021 13h47

Como ter um negócio escalável? O que significa este termo? Essas e outras perguntas serão respondidas neste conteúdo. Continue a leitura!

Você sabe o que é a escalabilidade de negócios? 

Todo empresário tem o sonho de que a sua empresa cresça, seja reconhecida e, consequentemente, gere mais lucro.  No universo empreendedor, a escalabilidade de negócios é justamente a habilidade de uma empresa ser facilmente adaptável ao mercado, executando sua expansão de forma eficiente e continuar sempre evoluindo na produtividade e na qualidade. 

Em resumo, um negócio escalável é aquele que tem alto potencial de crescimento, em termos de lucro, sem que haja um aumento proporcional das despesas

Neste contexto, uma empresa escalável está preparada para atender o maior número de clientes possível com qualidade, processar uma alta quantidade de dados de forma rápida e administrar os recursos advindos do crescimento de maneira eficiente.

Podemos citar como exemplos de empresas escaláveis a Amazon, o Facebook e a Netflix.

Tipos de escalabilidade nos negócios

A escalabilidade nos negócios pode ser de dois tipos: horizontal, ou Out, e vertical, ou Up. No primeiro caso, o foco da empresa está em se tornar referência e ganhar escala de forma mais abrangente, não se atendo a um nicho mais específico de produto ou serviço. Assim, se o seu segmento for de e-commerce, por exemplo, o principal objetivo deve estar em fazer o melhor sistema de e-commerce.

Já no modelo vertical, o foco também é ser o melhor, porém dentro de um determinado segmento. No mesmo exemplo da empresa de e-commerce citado acima, o objetivo seria desenvolver o melhor e-commerce para calçados. Neste caso, a escalabilidade fica restrita ao universo dos calçados. 

Portanto, escalabilidade não significa, necessariamente, oferecer um produto ou serviço que sirva a qualquer pessoa. É possível ter escala dentro de um nicho, desde que a estrutura do negócio possibilite o crescimento em escala. 

Dicas para ter um negócio escalável 

Tem interesse em criar um negócio escalável? Portanto, veja algumas dicas cruciais para desenvolver o seu. 

  • Modelo de negócios bem definido

Não são poucos os empreendedores que, por falta de clareza em relação ao que querem investir, sofrem prejuízos. Dessa forma, ter um modelo de negócio bem definido é crucial para o sucesso da empresa. Nesse sentido, escolha a área em que deseja atuar e como irá atuar nela, considerando os seus objetivos, como será feita a comercialização e quais os recursos disponíveis. Afinal, empreender é correr riscos, desde que sejam calculados.

  • Estude o mercado

Uma vez definido qual será seu ramo de atuação, faça uma verdadeira imersão sobre ele.  Dessa forma, pesquise concorrentes locais e fora, entenda como o consumidor da área se comporta e fique atento às tendências. Vale ressaltar também que, caso você tenha em mente uma ideia completamente inovadora, é preciso avaliar se o mercado está ou não preparado para recebê-la.

  • Reflita sobre o investimento inicial

Qual é o valor necessário para iniciar o seu negócio? Ou seja, quanto capital tenho disponível para investir?  É fundamental verificar essa relação de custos x dinheiro em caixa para a sustentabilidade do negócio. Por vezes, é melhor priorizar a estabilidade financeira, iniciar aos poucos e ganhar escala ao longo do tempo. 

  • Transforme a tecnologia na sua maior amiga

Acima de tudo, por trás de muitos negócios, há pilhas e pilhas de papéis que poderiam ser digitalizados. Hoje em dia, independente do tamanho da sua empresa, a tecnologia pode ajudar a diminuir custos e acelerar a tomada de ação.  Automatizar processos, ferramentas gratuitas para organização, sistemas para gestão: pesquise onde a tecnologia pode se encaixar no seu negócio. 

  •  Esteja sempre buscando melhorias

Abrir um negócio escalável requer, dentre outras coisas, disposição.  Disposição para pesquisar sempre sobre o ramo, para analisar a concorrência, o público, as tendências, tudo isso a fim de melhorar cada vez mais o produto ou serviço oferecido. Por isso, jamais abra mão de estar em busca de otimizar cada vez mais o seu negócio.

  • Desenvolva um networking 

Sua empresa não vive sozinha no mundo e nem você é o único empreendedor do planeta: faça parcerias, conheça outros negócios e também outros empresários. É claro que o seu foco deve estar sempre em proporcionar o melhor produto e serviço, mas não se esqueça do mundo ao seu redor.

  • Empreenda naquilo que você gosta

Assim, foque no que você realmente ama.  Ou seja, se seu objetivo for ser feliz e, também, ser um empreendedor de sucesso, não considere somente o dinheiro. 

As vantagens em ter um negócio escalável

A escalabilidade nos negócios tem várias vantagens.  Dessa forma, o baixo custo e o rápido crescimento são as principais características positivas de ter uma empresa escalável. Esses negócios já nascem com custos operacionais e fixos reduzidos, quando comparados ao crescimento esperado. 

Outro aspecto importante dos negócios escaláveis é a eficiência operacional. Afinal, para que um negócio escale, é preciso que seja mantida a qualidade na hora de oferecer os produtos e serviços. Caso contrário, a empresa não tem como crescer.  Por fim, a agilidade na hora de promover mudanças também pode ser considerada uma das vantagens dos negócios escaláveis. Assim, com uma estrutura enxuta, as mudanças podem ser feitas mais rapidamente. 

Quero ter um negócio escalável: por onde começo?

A principal dica para quem se interessou pelo funcionamento dos negócios escaláveis e deseja ter o seu é: estude o mercado e pondere suas escolhas considerando aquilo que você mais gosta. Tente entender, dentre o ramo escolhido, qual seria a maior dor do público e como ela poderia ser resolvida por meio da tecnologia. 

Logo, geralmente, a área da tecnologia costuma ser aquela que escala mais rápido. Não é à toa que várias startups, com pouco tempo de vida, tornam-se unicórnios, como a Loft, 99 e a Uber. 

Gostou do conteúdo? Se sim, não perca tempo e assine agora mesmo a nossa newsletter gratuitamente. Diariamente, a Whow compartilha artigos interessantes sobre o mercado, gestão, tecnologia e empreendedorismo!