WHOW

Veja os destaques das fintechs na América Latina no primeiro trimestre de 2021

fintech capa

Imagem: Shutterstock

Quase um US$ 1,2 bilhão foi o valor recorde que as fintechs da América Latina receberam ao longo de 19 investimentosem 2020. Isso é o que aponta o relatório da plataforma de dados do ecossistema de tecnologia CB Insights. O montante é oito vezes e meia maior do que o registrado quatro anos antes, quando aconteceram quatro aportes.

A publicação também destaca como os primeiros banco digitais na região se estabeleceram como desafiantes das organizações tradicionais nos últimos anos e tendo um crescimento consistente ano após ano.

O CB Insights comenta que mais da metade da população adulta na América Latina não possui uma conta em banco, o que proporciona um terreno fértil para o desenvolvimento das atuais e novas empresas.

Investimentos de destaque nas fintechs latinas em 2021

O relatório traz o Brasil como o principal país da região no temas de bancos digitais. Dos 19 investimentos realizados no ano passado 11 foram aqui, com US$ 1 bilhão registrado, o que significa 86% do valor total arrecadado pelas fintechs na região.

Em segundo lugar, na América Latina, aparece o México como nação que também possui um número crescente de alternativas digitais para o sistema financeiro tradicional e de poucas opções. Em 2020, US$ 110 milhões foram aportados nas fintechs mexicanas ao longo de sete investimentos. Isso representou um aumento de 144% no financiamento de 2019 para o último ano.

No entanto, o ecossistema de startups mexicanas ainda não é tão desenvolvido quanto o brasileiro, de acordo com o CB Insights. Desta forma, o relatório aborda que 86% dos aportes realizados foram de investimentos de estágio inicial.

A pandemia causada pela Covid-19 também é apontada como uma impulsionadora, principalmente no número de novos clientes que as fintechs conquistaram no ano passado.

O estudo destaca que o Nubank terminou 2020 com 33 milhões de usuários, o que representou um acrescimento de 68% em relação ao ano anterior. Já o Neon teve um aumento de 26% na base de usuários, entre março e setembro de 2020, e o C6 Bank apontou crescimento de 150% em contas-correntes nos primeiros oito meses de 2020. E a fintech mexicana Klar, que atua com serviços de depósito e crédito, triplicou sua base de clientes durante a pandemia.

E não perca as novidades nas nossas redes sociais no LinkedIn, Instagram, Facebook, YouTube e Twitter.investimentos


+INVESTIMENTOS EM STARTUPS

27 aportes e 13 aquisições em fevereiro de 2021
25 aportes e 8 aquisições em janeiro de 2021
16 aportes e 12 aquisições em novembro de 2020
38 aportes e 7 aquisições em outubro de 2020

Sair da versão mobile