Veja o atual cenário de inovação no setor de marketing no Brasil - WHOW

Consumo

Veja o atual cenário de inovação no setor de marketing no Brasil

Estudo da Distrito traz um comparativo da evolução do setor. No último ano, houve uma queda no nascimento destas startups e aumento no valor total conquistado

POR Redação Whow! | 22/02/2021 18h26 Imagem: Freepik Imagem: Freepik

A quantidade de startups voltadas para o marketing criadas em um único ano, caiu pelo quarto ano consecutivo, mas este grupo captou o maior valor total de investimento da história do segmento, como mostra o estudo Inside Martech Report.

Hoje, existem 727 martechs, de acordo com o relatório da Distrito, mas em contrapartida, o Startupbase, plataforma de dados da Associação Brasileira de Startups, aponta que 284 startups atuam no setor de Vendas e Marketing, representando 2,11% do ecossistema brasileiro de 13.437 empresas da nova economia.

O estado de São Paulo concrentra a maior parte das startups do setor com quase metade, 48,97%, seguido por Minas Gerais, 11,83%, e Santa Catarina, 8,53%. Além disso, o modelo de negócio que prevalece é o B2B com 83,33% das martechs, aponta o estudo.

O crescimento do e-commerce, bem como o amadurecimento do ecossistema de empreendedorismo no país são as principais razões apontadas pela Distrito para o surgimento acelerado destas empresas de inovação no setor de marketing, a partir de 2013.

O estudo categoriza as martechs em quatro grandes segmentos:

Adversiting & Promotion
Geomarketing – 18 startups
Marketing Analytics & Performance – 68 startups
Mídia Programática – 13 startups
OOH (Out of Home) – 33 startups
Search & Display – 69 startups

Commerce & Sales
Big Data & Business Intelligence – 25 startups
E-Commerce Marketing & Tools – 75 startups
Market Research & Survey – 28 startups
Programas de Fidelidade – 60 startups

Content & Experience
Design – 24 startups
E-mail & SMS Marketing – 27 startups
Gerenciamento de Campanhas e Automação – 54 startups
Marketing de Conteúdo – 25 startups
Marketing Sensorial – 21 startups

Social & Relationships
Eventos, Meetings & Webnars – 29 startups
Gerenciamento de Redes Sociais e Monitoramento – 27 startups
Influenciadores – 30 startups
Relacionamento com o Cliente – 101 startups

fonte: Distrito

Investimentos em inovação no setor de marketing

Em termos de aportes recebidos por estas startups, houve um aumento de R$ 100 mil entre 2019 (R$ 199,7 milhões) e o ano passado (R$ 199,8). E mais da metade deste valor foi para uma única martech, a Take. A empresa recebeu R$100 milhões em outubro de 2020 em uma rodada recorde de série A da gestora norte-americana Warburg Pincus.

Já segundo a plataforma Sling Hub, nos últimos seis meses ocorreram cinco novos investimentos em martechs no Brasil, totalizando R$ 175 milhões.

O relatório da Distrito ainda destaca que 90% dos investimentos realizados em startups do setor, em 2020, foram em empresas no estágio inicial. Além disso, aconteceram 22 fusões e aquisições, valor que foi quase o dobro se comparado com 2019, quando ocorreram 12.

Por fim, o estudo aponta oito startups brasileiras de marketing como possíveis unicórnios: Take, Olist, Zenvia, RD Station, Pipefy, Neoway, Cortex e Escale.


+MARKETING

Martechs: conheça o setor da inovação no marketing
As 10 melhores startups de marketing
Conheça as principais barreiras para inovação na área de marketing
Marketing digital e automação: como melhorar a gestão do lead?