4 motivos para inserir o WhatsApp na rotina de upskilling de seu time - WHOW

Tecnologia

4 motivos para inserir o WhatsApp na rotina de upskilling de seu time

Segundo levantamento realizado pelo Global EdTech Report 2020, o mercado global de edtech pode alcançar o valor de US$ 368 bilhões em 2025.

POR Redação Whow! | 17/01/2022 12h21

De acordo com o  levantamento realizado pelo Global EdTech Report 2020, o mercado global de edtech, como são chamadas as empresas que incorporam tecnologias da informação e comunicação na educação, pode alcançar o valor de US$ 368 bilhões em 2025.

Para além de soluções voltadas ao público infantil e escolar, as startups de educação podem ser um grande investimento para gestores no mundo corporativo, uma vez que englobam também soluções para aumentar a performance de colaboradores nas empresas, via aprendizado de novas competências.

Acompanhando esta tendência de mercado, a ChatClass, startup que tem o objetivo de transformar a educação por meio do uso de aprendizado via chat, desenvolveu sua Inteligência Artificial voltada para o ensino e que funciona via WhatsApp para atender também o mercado B2B.

A tecnologia da edtech transforma conteúdos institucionais, como treinamentos, em pílulas de conhecimentos passados via chat por escrito, áudios e vídeos, com a finalidade de melhorar a eficiência operacional das empresas que trabalham com funcionários em pontos como varejo, logística ou no campo.

“Hoje as empresas têm colaboradores distribuídos em diferentes localidades e que realizam treinamentos de formas presenciais, que são logisticamente difíceis de organizar. Por isso, nosso foco é oferecer agilidade e expertise para ajudar essas marcas a capacitarem funcionários via WhatsApp, plataforma de alta capilaridade. A aprendizagem passa a ser constante e o ROI (Retorno Sobre Investimento) fica claro para os gestores”, afirma o CEO e fundador, Jan Krutzinna.

Para a melhor compreensão das vantagens do ensino via WhatsApp e contribuição desta ferramenta para o upskilling, aprendizado contínuo de habilidades profissionais do presente e do futuro, o CEO da edtech, Jan Krutzinna, elenca quatro motivos para a integração desta plataforma nos processos de treinamentos das empresas:

  1. Democratização

O Whatsapp é um aplicativo que vem ganhando destaque entre os brasileiros, pois de acordo com a pesquisa realizada pela Infobip, 99% das pessoas têm o aplicativo instalado em seu smartphone, ou seja, é um meio em que a maioria dos colaboradores da organização conseguem ter acesso, sendo assim, um ambiente estratégico para aprendizagem de conteúdos educacionais corporativos.

  1. Praticidade

Sendo uma ferramenta que está nas mãos da maioria dos funcionários, a aplicação de cursos no WhatsApp dispensa deslocamentos de colaboradores para um treinamento presencial que pode levar dias ou semanas em determinados casos. E que, além disso, teria custos de aluguel de ambiente, por exemplo. A ferramenta auxilia a promover também o conhecimento de uma maneira mais prática, o que aumenta o engajamento dos funcionários nos cursos.

  1. Agilidade

A estratégia de métodos mais interativos e dinâmicos facilita um consumo rápido dos conteúdos, uma vez que os colaboradores conseguem acessar pequenas parcelas dos estudos e treinamentos por dia, sem deixar a rotina de aprendizagem cansativa. Também, a utilização desse aplicativo é uma vantagem para os líderes das organizações, pois poderão acompanhar, de forma ágil, o progresso de sua equipe.

  1. Autonomia

Cada vez mais a obtenção de conhecimento representa um processo autônomo. Dessa maneira, ferramentas personalizadas de aprendizado que atendam as expectativas, necessidades e os interesses dos colaboradores são de extrema importância. Assim, os métodos educacionais precisarão compreender o perfil dos colaboradores e entregar uma experiência personalizada, juntamente com as propostas e necessidades de desenvolvimento da organização.