Unicórnios à solta: conheça a dLocal, primeira startup bilionária do Uruguai - WHOW
Whow

Unicórnios à solta: conheça a dLocal, primeira startup bilionária do Uruguai

Fintech dLocal recebe aporte e se torna uma das startups de pagamentos mais bem-sucedidas da América Latina ― e é o 1º unicórnio uruguaio

POR Carolina Cozer | 13/10/2020 18h32

A startup de pagamentos dLocal Group Ltd., de Montevidéu (Uruguai), recebeu financiamento recente avaliado em US$ 207 milhões, acumulando um total de US$ 1,2 bilhão. Assim, a dLocal se tornou o primeiro unicórnio registrado na história do País.

O fundo foi liderado pela empresa de growth equity General Atlantic, com participação da Addition ― ambas de Nova Iorque (Estados Unidos).

Conheça a dLocal

A dLocal é uma processadora internacional de pagamentos, fundada em 2016, com a intenção de atingir os mercados emergentes. A fintech já está presente em diferentes países, que incluem os cinco principais mercados emergentes do mundo por população: Brasil, China, Índia, Indonésia e México, e atendendo gigantes globais como Google, Spotify, Booking, Zara e Shopify.

Ao todo, a startup oferece mais de 300 métodos diferentes de pagamentos para seus usuários, em múltiplas moedas, reduzindo possíveis frustrações durante a jornada do cliente.

“Estamos expandindo o acesso e ajudando aqueles em mercados emergentes a se conectarem ao e-commerce, construindo tecnologia de pagamento confiável sob medida para necessidades locais específicas, melhorando constantemente nossos produtos e aumentando nossa pegada global”, disse o CEO Sebastián Kanovich em comunicado oficial à imprensa.

Negócio lucrativo

A empresa alcançou mais de 100% de crescimento orgânico nos últimos quatro anos, e usará o novo financiamento para expandir em 13 novas geografias na América Central, África e países do Sudeste Asiático. Também pretendem contratar novos talentos e criar novos produtos, como soluções para prevenção de fraudes e cartões de crédito, segundo o Crunchbase News.

A empresa estaria crescendo em um ritmo mais lento sem esse investimento, contou Kanovich ao Crunchbase News. “Acreditamos que existe um enorme potencial na África, assim como nos poucos buracos restantes na América Latina.”


+NOTÍCIAS

Programas de empreendedorismo ou inovação abertos ao público
Conheça formas de produzir e consumir criatividade no mundo digital
Você sabe o que é transformação digital inclusiva?
Rappi ataca um novo setor durante a pandemia: o turismo