Unicamp se une ao braço de educação superior do banco Santander para soluções em novas tecnologias - WHOW

Tecnologia

Unicamp se une ao braço de educação superior do banco Santander para soluções em novas tecnologias

O projeto de inovação aberta terá foco nos mestrados e doutorados em inteligência artificial, aprendizado de máquina e redes complexas

POR Redação Whow! | 03/03/2021 11h50 Imagem: ShutterStock Imagem: ShutterStock

Mais de dois milhões de reais serão utilizados para o desenvolvimento de um hub de inovação aberta, entre o banco Santander, por meio da sua unidade de desenvolvimento da educação de nível superior e a Unicamp. O investimento será utilizado em pesquisa, com bolsas de mestrado (9) e doutorado (8) e ao fomento de novas tecnologias para soluções em inteligência artificial, aprendizado de máquina e redes complexas, e na infraestrutura do local.

Segundo o próprio banco, são aportados R$ 40 milhões por ano em educação no Brasil, com foco em bolsas de estudo que passaram auxiliaram 24 mil estudantes.

Com este projeto, a instituição com sede na Espanha busca o avanço em estudos que elevem a relação com o consumidor final, com a melhora no atendimento e na oferta de produtos, bem como gerar novos talentos profissionais.

Pesquisa para o uso de novas tecnologias

Entre as linhas de pesquisa do hub de inovação aberta estão: Explicabilidade e interpretabilidade de modelos, Análise de Voz, Análise de Texto e Processamento de Linguagem Natural, Visão computacional e processamento de imagem, Redes complexas, Otimização e Segurança computacional e computação forense.

“O Santander é uma plataforma financeira muito voltada à inovação, através da construção de uma cultura única, intraempreendedora e disposta a olhar o novo ou o atual com novos olhares, de forma permanentemente crítica. Por isso, criamos o Santander Hub Unicamp, cujo objetivo maior reside na nossa aspiração de nutrir novas células de desenvolvimento tecnológico”, comenta Sérgio Rial, CEO do Santander Brasil, em nota à imprensa. “Aqui pensamos que os algoritmos não deverão ser usados tão simplesmente para nos dar respostas direcionadas ao consumidor, mas sim alternativas múltiplas de escolhas”, afirma

Para a explorar esta conexão de inovação aberta. os colaboradores do Santander e alunos da Unicamp vão ter workshops, eventos de recrutamento, feiras e hackathons. para a troca de experiências, conhecimentos.

“O apoio do banco em pesquisas aplicadas, em conjunto com o Instituto de Computação e outras unidades, trará imensos benefícios para todos os envolvidos, focando em pesquisas de ponta e formação de recursos humanos de alta qualidade e contribuindo para o ecossistema de inovação da região e do país”, diz o professor Marcelo Knobel, reitor da Unicamp.


+NOVAS TECNOLOGIAS

Novas tecnologias aplicadas à melhoria de processos
Brasil e Israel firmam parcerias em inovação na indústria e agronegócio
Startup foca em nova tecnologia para ganho de produtividade na indústria
Escola do futuro: 5 países estão preparando seus alunos para a Quarta Revolução Industrial