15 termos de startups que todo empreendedor precisa saber; nível intermediário II - WHOW
Eficiência

15 termos de startups que todo empreendedor precisa saber; nível intermediário II

Conheça o significado de alguns termos importantes do meio empreendedor e “startupeiro”, como Roadmap, Squads e Wireframe

POR Carolina Cozer | 15/02/2020 15h35 15 termos de startups que todo empreendedor precisa saber; nível intermediário II Arte Grupo Padrão (Cristina Fukai)

Análise FOFA? O que é isso? O que parece alguma atividade de observação de pets ou crianças é, na verdade, um termo técnico de empreendedorismoFicou curioso para saber o que FOFA significa no mundo do empreendedor, e quer aprender mais sobre o vocabulário das startups? Confira esta matéria especial de Whow! com 15 termos intermediários de startups para empreendedores ― parte II.

As edições anteriores deste especial estão ao final da matéria.

termos Foto (Shutterstock)

Análise SWOT (ou FOFA)

O acrônimo SWOT significa “strengths, weaknesses, opportunities, and threats”. É uma metodologia usada para traçar estratégias dentro destes quatro valores. Nela, são avaliados os pontos fortes e fracos das empresas com base em dados reais. A matriz é conhecida como FOFA no Brasil, significando “forças, fraquezas, oportunidades e ameaças” ― a tradução literal do acrônimo em inglês.

B2G

B2G significa, literalmente, “business to government”, ou “de empresa para o governo”. Empresas, produtos ou serviços B2G são desenvolvidos para administração governamental, como licitações, fornecedores ou melhorias locais.

Briefing

O termo briefing significa “instruções”, em inglês. Como o nome já diz, se trata das orientações específicas para o desenvolvimento de uma tarefa. Em outras palavras, é o conjunto de informações, ideias, guias e inspirações para a execução do trabalho.

Cloud Computing

Cloud Computing, ou computação em nuvem, é o armazenamento virtual de dados, servidores, redes ou softwares. A nuvem substituiu, na TI, a necessidade de discos rígidos ou quaisquer outras estruturas físicas para armazenamentos de informações digitais. Graças ao cloud computing, os dados ficam disponíveis para acesso múltiplo e remoto.

Copycats

Investidores ou startups copycat são aquelas que copiam modelos de negócio validados em outros mercados ― sobretudo de países líderes em inovação. O copycatting consiste em acompanhar os movimentos e estratégias dessas startups famosas, replicando em locais onde tal modelo ainda não chegou.

Design Thinking

Método estratégico para criação e solução de problemas ― principalmente problemas mal resolvidos ou desconhecidos. Fundamenta-se em cinco fases: Empatia, Definição, Ideação, Prototipação e Teste. De acordo com a Interaction Design Foundation, a metodologia gira em torno do interesse em desenvolver uma compreensão das pessoas para as quais os produtos ou serviços são projetados. Assim, se desenvolve empatia pelo usuário-alvo. 

Go to Market

Go to Market (“em direção ao mercado”) é uma estratégia de lançamento válida tanto para novos produtos, relançamentos, atualizações ou testes de novos negócios. Também é conhecida como GTM Strategy, e pode envolver precificação, eventos, marketing, vendedores, influenciadores e tudo o mais que traga visibilidade para a estreia.

Matriz CSD

A Matriz CSD (Certezas, Suposições e Dúvidas) é uma ferramenta visual para projetos. Nela, são levantados o máximo de detalhes sobre os três conceitos (C, S e D). Assim, os objetivos e panorama do projeto ficam alinhados entre todos os membros equipe. Dentro do Sprint Design, a Matriz CSD é uma das partes iniciais de uma iteração.

Metodologias ágeis

Metodologias ágeis são o conjunto de soluções de gestão com foco em resultados e transformações rápidas. Surgiram na área de desenvolvimento de software, mas rapidamente foram adotadas por outros mercados. Além de métodos, se tornam um modelo de mindset dentro de algumas empresas. Os métodos ágeis mais conhecidos são: Kanban, Scrum,  Extreme Programming (XP), Lean, Feature Driven Development (FDD) e Crystal.

Mundo VUCA

O acrônimo VUCA significa volatility, uncertainty, complexity e ambiguity (ou volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade, em português). Surgiu após a Guerra Fria, designando o cenário mundial pós-confronto. Hoje, o termo é popular nos negócios para explicar a liderança em quaisquer tipo de cenários incontroláveis.

Persona

Nos negócios, persona (ou buyer persona) é o nome dado às personagens fictícias criadas com a finalidade de simular compradores. O desenvolvimento da persona é essencial no mundo do empreendedor para que se possa traçar o perfil do público-alvo de uma marca ou empresa. O objetivo final é que esses indivíduos simulados sejam transformados, no mundo real, em leads para a empresa.

Pirâmide de Maslow

A pirâmide de Maslow é uma teoria que descreve a hierarquia de necessidades básicas humanas. Trata-se de um conceito bastante popular dentro das áreas de administração de empresas, psicologia e sociologia. Da base ao topo da pirâmide, as necessidades mínimas descritas são: fisiologia, segurança, social, estima e realização pessoal. É usada nos negócios para entender as motivações dos públicos-alvo.

Roadmap

Roadmap (“rota” ou “roteiro”) é uma metodologia de planejamento para negócios. Foi implementada pela primeira vez pela Motorola, nos anos 80, e consiste em três perguntas fundamentais: 1. o que queremos alcançar?; 2. onde estamos agora? e 3. como atingimos nossos objetivos?

Squads 

Squads são times pequenos, multidisciplinares e autônomos, formados por sete pessoas, em média. Cada squad fica responsável por um objetivo específico dentro e um projeto, como a funcionalidade de um produto, por exemplo.

Wireframe

Protótipo estrutural de uma interface de usuário, com foco em UX. São muito utilizados por webdesigners, que desenham esboços de “estruturas de arames” (wireframes, em inglês) para entender se a navegação de um site está fluída, confortável e funcional. Seu propósito está mais para experiência e menos para a estética.

empreendedores


+EMPREENDEDOR

15 termos de startups que todo empreendedor precisa saber: nível básico
15 termos de startups que todo empreendedor precisa saber: nível básico II
15 termos de startups que todo empreendedor precisa saber: nível intermediário
15 termos que todo empreendedor precisa saber: nível avançado

Ver essa foto no Instagram

Você já usa algum desses termos? Lá no site você confere uma lista com os 10 principais! Faltou algum? Conta aí nos comentários!

Uma publicação compartilhada por WHOW! (@whowfestival) em