Startup de educação da Colombia é eleita uma das mais promissoras no mundo - WHOW

Eficiência

Startup de educação da Colombia é eleita uma das mais promissoras no mundo

A Slang venceu o Global Edtech Startup Awards com uma plataforma de ensino focado na língua inglesa para múltiplas áreas de atuação

POR Carolina Cozer | 23/02/2021 19h00 Imagem Daria Nepriakhina: Unsplash Imagem Daria Nepriakhina: Unsplash

O Global Edtech Startup Awards, prêmio anual que contempla as principais startups de educação do mundo, revelou no último mês as empresas de maior destaque do ano de 2020.

A edtech colombiana Slang e a israelense Bookful foram, respectivamente, a primeira e a segunda colocadas do ranking, que analisou mais de mil edtechs de 104  nações diferentes.

A vencedora recebeu destaque por incorporar inteligência artificial e machine learning no ensino da língua inglesa para múltiplos propósitos e níveis de conhecimento. Os cursos oferecidos no aplicativo fornecem certificado de conhecimento de inglês validado para o mercado de trabalho, segundo informativo à imprensa.

Startup de educação da Colombia oferta proficiência para múltiplas áreas

A startup de educação da Colombia nasceu dentro de um projeto de dois estudantes do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que tinham o intuito de preencher a lacuna de bilhões de pessoas que são inviabilizadas no mercado de trabalho por falta de acesso ao aprendizado da língua inglesa.

“O conhecimento do mundo é codificado em inglês profissional, através de artigos científicos, conteúdo jornalístico, podcasts, cursos de extensão, etc. Porém, mais de 90% da força de trabalho global não consegue consumir esses conteúdos, por não dominarem o idioma. É o que chamamos de analfabetismo profissional”, explica o cofundador e CEO do Slang, Diego Villegas em nota oficial.

Hoje, a plataforma oferece cursos de inglês com nível de proficiência para múltiplas áreas, como psicologia, negócios, finanças, aeronáutica, medicina, ciências sociais, engenharia e outros. Desta forma, os alunos podem desenvolver o aprendizado da língua focado em áreas de atuação específicas, ou também optar pelo ensino tradicional, com foco no cotidiano.

A edtech também oferece serviços de assinatura para empresas, universidades ou escolas de idiomas que queiram disponibilizar o acesso à plataforma como benefício e aprimoramento para suas equipes.

Prêmios globais e plano de expansão

Até o momento, o aplicativo da Slang já está disponível na Colômbia, México, Brasil e Estados Unidos, e a empresa planeja lançar mil novos cursos até o final de 2024.

Além do Global Edtech Startup Awards, a startup já foi premiada como melhor aplicativo de tecnologia do mundo pelo MassChallenge, e melhor app de tecnologia educacional pelo LearnLaunch.

Também a empresa já acumulou um total de US$ 7 milhões dentro de quatro rodadas de financiamentos, de acordo com o Crunchbase.


educação


+STARTUP DE EDUCAÇÃO 

Exclusivo: Conheça as Top 10 edtechs de 2020
Educação do futuro: por que o ensino superior precisa se reinventar
Edtechs: qual país está liderando esse movimento?
Investimento em startups: Descomplica capta quase meio bilhão de reais no maior aporte em edtechs no Brasil