Shopify supera eBay em valor de mercado com nova proposta para o e-commerce - WHOW
Vendas

Shopify supera eBay em valor de mercado com nova proposta para o e-commerce

Startup canadense vai na direção contrária de eBay e Amazon, que encontram resistência dos shoppers por supostamente destruírem o valor das marcas

POR Redação Whow! | 23/08/2019 18h09 Shopify supera eBay em valor de mercado com nova proposta para o e-commerce

O Shopify, plataforma e-commerce canadense, atingiu a marca de 40 bilhões de dólares em valor de mercado, superando concorrentes como o eBay.

As ações da empresa estão em alta e somente na última quarta (21) estavam cotadas a US$ 389,83. A companhia canadense agora mira a gigante Amazon e tenta se tornar a maior empresa de vendas online.

Inclusive, a batalha entre Shopify e Amazon é uma das mais importantes do mundo no comércio eletrônico.

Lançada em 2006 pelos canadenses Tobias Lütke, Daniel Weinand e Scott Lake o Shopify foi criado com o objetivo de ajudar quem quer vender de forma rápida e fácil.

Uma das vantagens é a identidade de marca exclusiva: como você cria seu próprio site de comércio eletrônico, também cria uma marca forte e exclusiva para acompanhar sua empresa.

Amazon x Shopify 

O Shopify é uma plataforma de comércio eletrônico especializada. A Amazon, porém, é um mercado online. O primeiro oferece as ferramentas para construir sua própria loja digital, enquanto a Amazon permite que você tenha seu mercado junto a outras.

Além disso, a empresa de Jeff Bezos atende a vendedores individuais, principalmente, pequenas e médias empresas. Já o Shopify recebe vários tipos de empresas, desde pequenas até marcas muito maiores.

Vender com o Shopify é mais como alugar um espaço para montar seu negócio. Há mais espaço para construir uma imagem única – problema crônico do marketplace, que acaba por destruir o valor das marcas por conta da pulverização.

Por outro lado, serviços como do Shopify têm mais dificuldades em criar uma base de clientes regular. O empreendedor é totalmente responsável por promover o seu negócio e por expandir o alcance da sua marca. 

Além disso, adicionada a taxa mensal, há outra na App Store. Ter aplicativos de terceiros pode aumentar os custos mensais de quem tem uma conta no e-commerce.

O forte da Amazon é justamente o portfólio de clientes: são mais de 400 milhões de usuários que navegam na plataforma – isso dá aos produtos uma exposição singular. A gigante também pode cuidar do armazenamento, embalagem e o envio de estoque, facilitando a administração dos negócios.

A Shopify, por sua vez, oferece serviços que vão desde o design e layout do e-commerce passando pelo gerenciamento de estoque e vendas, até a facilidade para integrar com diferentes formas de pagamento. 

Através da assinatura de algum dos planos anuais, é possível criar também uma loja no Facebook. Os planos vão de 29 a 299 dólares. No portal há, inclusive, lições de negócios gratuitos e de como fazer dropshipping com portais como o AliExpress.


+NOTÍCIAS

Conheça as principais barreiras para inovação na área de marketing
Marketing digital e automação: como melhorar a gestão do lead?
A jornada da inovação em quatro atos
Influenciando quem influencia