Por que investir em São Paulo? - WHOW
Vendas

Por que investir em São Paulo?

A Investe SP não só lista as razões pelas quais empresas, investidores e empreendedores devem olhar com carinho para o estado mais rico do país como os apoia nessa jornada. Desde 2008, ela ajudou a atrair para a região quase R$ 50 bilhões em investimentos

POR Ivan Ventura | 01/08/2019 15h46 Por que investir em São Paulo?

Em 2011, a Toyota conseguiu superar um obstáculo importante e que a impedia de abrir o seu parque industrial na região de Sorocaba, no interior de São Paulo: um viaduto. A montadora japonesa dependia de um acesso entre a fábrica e a rodovia e, por lei, não poderia fazer uma obra pública dessa magnitude. Já o governo estadual não tinha verba para tal. Foi então que entrou em cena a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (Investe SP).

O órgão sugeriu que a obra fosse feita pela concessionária responsável pela rodovia mediante uma extensão contratual de seis meses. A ideia agradou, e a fábrica foi inaugurada no ano seguinte.

INVESTE SP

 Ideias como essa se tornaram rotina na estatal criada para dar suporte técnico e político a empresas, investidores e empreendedores que tenham intenção de desembarcar ou expandir seus negócios no Estado de São Paulo. Desde 2008, quando foi criada, a agência já ajudou a atrair cerca de R$ 50 bilhões à região.

O êxito resultou também na criação de mais de 81 mil empregos diretos. “O empresário chega aqui, assume um compromisso por escrito de confidencialidade e entrega o seu projeto. Depois, o caso é analisado por duas diretorias: uma que verifica as situações política e institucional do projeto, e outra que faz uma revisão da viabilidade econômico-financeira dele”, diz Torquato Jardim, ex-ministro da Justiça e atual vice-presidente da Investe SP. Entre as empresas ajudadas estão Hyundai, American Airlines, Vale e Mercedes-Benz.

OS NÚMEROS

233 PROJETOS

81 MIL EMPREGOS

R$ 50 BILHÕES EM INVESTIMENTOS PARA INÍCIO OU EXPANSÃO DE EMPRESAS

sp4

APOIO TÉCNICO E POLÍTICO

 Gratuita, a consultoria prestada pela Investe SP permite o acesso tanto a dados macro do Estado, como infraestrutura e impactos ambientais e populacionais, como a informações mais específicas, como o mapeamento de lojas e escolas bilíngues, por exemplo. “Certa vez, uma empresa nos questionou sobre uma lista de cidades com campos de golfe. E nós encontramos um espaço justamente de acordo com essa demanda”, lembra Renato de Barros Silva, gerente de Investimento da Investe SP.

Outro trunfo da agência é a articulação política em benefício do projeto, seja na hora de aproximar o investidor de prestadores de serviços públicos, seja na hora de orientá-lo a respeito de incentivos fiscais.

Isso porque, a partir do momento em que uma empresa esboça a intenção de instalar uma fábrica que irá aumentar a arrecadação local e gerar empregos, obviamente ela atrai o interesse de prefeitos. E é nesse momento em que entra a agência.

“Feita a escolha do imóvel por parte do empresário, nós vamos a campo para conversar com prefeitos e vereadores. Nessas conversas, colocamos em pauta a possibilidade da aprovação de um diferencial de Imposto sobre Serviços (ISS), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) ou mesmo a cessão gratuita de terreno por 30 ou 40 anos”, explica Jardim.

Mais do que isso, diz ele, a Investe SP verifica se a infraestrutura atende à empresa.

“Essas articulações consideram o interesse político, mas sempre respaldado em argumentos técnicos”, diz Jardim.

QUER LER A MATÉRIA COMPLETA? CLIQUE AQUI E CONFIRA!

investimentos Arte (Grupo Padrão)


+INVESTIMENTOS

20 startups brasileiras receberam investimentos em fevereiro; 5 aquisições
9 startups brasileiras receberam investimentos em janeiro 2020

14 startups brasileiras receberam investimentos em dezembro
13 startups brasileiras que receberam investimentos em novembro