Oxigênio cria modelo de aceleração equity free para startups - WHOW

Eficiência

Oxigênio cria modelo de aceleração equity free para startups

Proposta é abrir espaço para que startups mais maduras também participem do programa de aceleração

POR Redação Whow! | 18/06/2019 18h29 Foto Alessandro Bianchi | Unsplash Foto Alessandro Bianchi | Unsplash

A Oxigênio Aceleradora anunciou um novo modelo de aceleração para ajudar startups a avançarem a outros estágios de desenvolvimento.

Esse novo modelo é voltado para empresas em fase de tração e tem como objetivo impulsioná-las em estágios mais avançados.

A ideia é oferecer créditos em consultorias jurídicas, designer, growth, desenvolvimento e assessoria de imprensa, além de créditos em nuvem (AWS, Google e IBM), plataforma de contratação de desenvolvedores e vouchers de desconto com parceiros.

A Oxigênio vai ainda provocar encontros com outras empresas parceiras e clientes do Grupo Porto Seguro, a fim de proporcionar oportunidades de negócios para essas empresas.

Equity free

Outra mudança no programa de aceleração da Oxigênio é que, a partir de agora, será equity free. As startups não precisam abrir mão de participação societária para serem aceleradas, o que abre espaço para a participação de empresas de inovação em diferentes fases de desenvolvimento.

Dois ciclos anuais

Serão selecionadas até 20 startups por ano, divididas igualmente em dois ciclos anuais, sendo 4 meses de aceleração no escritório da Oxigênio em São Paulo. O espaço conta com um equipado laboratório de tecnologia, auditório, salas de reunião – local onde recebe e promove eventos sobre inovação e empreendedorismo.


+INVESTIMENTOS

Investimentos privados no Brasil estão catapultando a inovação
Os cases de empresas e startups que mais fecham negócios de inovação no Brasil
Vazio do setor público será ocupado por capital privado”, diz Cietec