Os robôs-entregadores que estão ganhando espaço - WHOW

Consumo

Os robôs-entregadores que estão ganhando espaço

Uma marca norte-americana e startup unicórnio brasileira estão avançando nos seus testes para o modelo de delivery automatizado

POR Redação Whow! | 13/04/2021 16h17 Foto iFood (divulgação) Foto iFood (divulgação)

A utilização de novas tecnologias também chegou ao delivery físico. Empresas, dentro e fora do Brasil, estão testando e ajustando os seus robôs-entregadores.

Uma destas companhias no exterior tem sido o restaurante de pizza Domino’s. Por meio do robô autônomo DOM, que possui compartimentos para manter as comidas quentes e as bebidas geladas, a empresa fez o primeiro teste na cidade de Houston no Estados Unidos nesta semana. Para retirar a entrega o cliente precisa digitar uma senha enviada pela loja no visor da máquina.

O robô foi desenvolvido em parceria com a empresa Nuro.

“Ainda falta muito para a nossa marca aprender sobre o espaço autônomo de entrega. Este programa nos permitirá entender melhor como os clientes respondem às entregas, como interagem com o robô e como isso afeta a operação da loja”, descreveu Dennis Maloney, vice-presidente sênior e diretor de inovação da Domino’s, em um comunicado oficial.

 Robôs-entregadores no Brasil

Em um estágio com um número maior de testes, a Ada, robô-entregadora da startup unicórnio brasileira iFood esteve presente em algumas casas no início do mês de abril para a entrega de ovos de páscoa. O teste aconteceu em um shopping no município de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo.

Segundo a empresa, a robô tem sistema de raios UV-C para esterilizar as embalagens e evitar a disseminação do novo coronavírus.

A robô-entregadora da empresa brasileira foi anunciada no início do ano passado e o iFood anunciou neste mês a marca de 60 milhões de entregas mensalmente.

E não perca as novidades nas nossas redes sociais no LinkedIn, Instagram, Facebook, YouTube e Twitter.


+ROBÔS

A robotização não vai substituir o trabalho humano: ela deve ser tratada como aliada
Robotização e automação mais próximas das pessoas
Do iFood ao consultório médico: como a inteligência artificial está mudando o mercado
Você conhece a Moxi, a robô enfermeira?