Os 5 melhores marketplaces para vender seus produtos - WHOW

Vendas

Os 5 melhores marketplaces para vender seus produtos

Para muitos comerciantes, a única alternativa atualmente está sendo vender seus produtos online. Saiba como os marketplaces podem auxiliar nas vendas

POR Redação Whow! | 02/06/2021 16h44

Como estamos vivendo numa época de distanciamento social, as vendas online acabam sendo o refúgio dos lojistas. Mas na hora de vender surge aquela dúvida, afinal, quais são os melhores marketplaces disponíveis? Se você deseja alavancar suas vendas, confira este texto que preparamos para você. Saiba quais são as melhores plataformas para este tipo de comércio online. Boa leitura!

Como se definem os melhores marketplaces?

Surgido no Brasil em 2012, o marketplace é uma espécie de shopping center online. Para o consumidor, é muito vantajoso, uma vez que reúne diversas lojas e produtos, em um único lugar. Dessa forma facilita para o consumidor que deseja fazer uma pesquisa a respeito de qual é o melhor preço do produto que quer comprar.

Muitas empresas já utilizam essa prática para vender seus produtos. Afinal, é uma forma de negócio que beneficia todas as partes envolvidas. Vamos exemplificar como funciona o marketplace. Imagina que você tem uma loja de sapatos. Se fosse antigamente, ou você teria que abrir uma loja na rua, ou então tentar alugar um espaço num shopping ou galeria, certo? Da mesma forma acontece com o marketplace! A única diferença é que esse shopping funciona de maneira virtual.

Vantagens de utilizar os melhores marketplaces

São muitas as vantagens que essa forma de comércio gera para os pequenos e médios produtores. Separamos algumas delas, confira:

Os melhores marketplaces garantem visibilidade: A visibilidade sem dúvidas é a maior vantagem do marketplace. Visto que a sua marca, irá utilizar o canhão de acessos que um site mais famoso tem. Assim, permite que o investimento em divulgação seja reduzido.

Um grande exemplo é a OLX, uma plataforma muito conhecida pelos brasileiros e que conta com milhares de acessos diários. Se o produto estiver na sua vitrine, com certeza o consumidor terá maior confiança e a possibilidade de venda aumenta. É a porta de entrada para muitos comerciantes, que não teriam tanta visibilidade se tentassem anunciar de maneira independente.

Custos e Retornos garantidos com os melhores marketplaces: Obviamente que para o marketplace ganhar dinheiro, ele precisa de pagamento daqueles que o utilizam. Mas mesmo assim, para os pequenos e médios comerciantes, esse investimento vale a pena. Conforme já citado, o lojista consegue economizar nos custos com divulgação. E mesmo tendo que pagar uma taxa para a plataforma que irá utilizar, o resultado ainda será lucrativo.

Os melhores marketplaces garantem aumento nas vendas: A maioria dos melhores marketplaces têm uma audiência muito forte e fiel. Ou seja, ao trabalhar com essas plataformas, há a possibilidade de ampliar o leque de clientes que visualizam seu produto. Dessa forma, quando o cliente procura um produto numa plataforma de vendas online, ele encontra uma variada gama de opções. Geralmente com opiniões de outros compradores e comentários sobre o item. Assim o consumidor já tem uma maior facilidade para confiar na compra que irá fazer. Algo que demandaria muito esforço do comerciante, se fosse fazer a compra por si.

Desvantagens do marketplace

Infelizmente não são só pontos positivos que o marketplace traz, também separamos uma lista das principais desvantagens que esse tipo de comércio tem.

Dependência dos melhores marketplaces: O principal fator negativo é a dependência que essa forma de comércio gera. Se por acaso o marketplace resolver encerrar suas operações, todas as lojas que estavam inseridas lá, perdem sua forma de venda. Isso sem falar daquelas lojas que dependem completamente da plataforma, que podem realmente fechar as portas também. Além disso, se a plataforma resolve aumentar o valor cobrado das lojas, muitos empreendimentos podem sofrer o baque e até não sobreviver. Ou seja, se a loja depende desse canal de vendas, ela é obrigada a se enquadrar nas exigências colocadas.

Os melhores marketplaces afetam a Personalidade das Marcas: Mesmo que sua loja esteja identificada na hora de realizar a compra, o consumidor assimila estar comprando de determinado marketplace, e não da sua loja. Afinal, quando uma pessoa compra uma cadeira de escritório, por exemplo, ela diz que comprou no marketplace, e quase nunca na loja específica que vendeu.

Os melhores marketplaces para vender seus produtos

Este tipo de comércio tem crescido cada vez mais, visto que é uma maneira de muitos lojistas e empreendedores enfrentarem a crise. Por isso, separamos uma lista com os melhores marketplaces disponíveis atualmente. Confira:

Mercado livre

O Mercado Livre é o marketplace mais conhecido no Brasil e no ano de 2020, se tornou a empresa mais valiosa da América Latina. A plataforma de vendas online possui mais de 300 milhões de usuários registrados, e 200 milhões de ofertas. O site tem a marca de 10 compras realizadas por segundo! Dentro da plataforma é possível vender produtos novos, usados e de qualquer segmento. E o Mercado Livre ainda permite que os vendedores impulsionem seus anúncios dentro do site.

Amazon

A Amazon já é uma das maiores empresas do mundo e seu fundador, Jeff Bezos, já é um dos homens mais ricos do mundo. Exceto no Brasil, em quase todos os países em que atua, ela é um dos marketplaces com maior audiência. As principais dificuldades enfrentadas pela gigante norte americana, no nosso país, é que aqui já temos plataformas muito bem consolidadas no mercado e com preços competitivos. Como por exemplo o Mercado Livre e o Magazine Luiza.

Magazine Luiza

A Magazine Luiza é um dos maiores exemplos de marketplace de sucesso no nosso país. A empresa disponibiliza uma plataforma completa para aqueles que desejam vender seus produtos. Tudo pensado em promover os negócios dos lojistas e converter seus números em venda.

O sucesso desse marketplace é tanto, que a empresa tem uma das assistentes virtuais mais famosas do Brasil, a Lu, que auxilia o consumidor nas suas dúvidas. Além disso, outro fator que demonstra o sucesso do Magazine Luiza é que a marca ainda é dona de outros dois marketplaces, o Netshoes e a Zattini.

OXL

Segundo o ranking da Alexa, a OLX já está na lista dos 25 sites mais acessados do Brasil. A plataforma tornou- se muito conhecida por possibilitar a venda de produtos usados. Porém, também é possível vender produtos novos, assim como alugar também. Assim também, em 2020 a empresa comprou o grupo de serviços imobiliários AP, pela quantia de R$2,9 bilhões.

Portanto fica evidente o tamanho da relevância desse tipo de mercado para a economia brasileira. Afinal, as vendas online estão sendo a alternativa ideal para muitos empreendedores. Se você curtiu esse texto e quer receber mais conteúdos gratuitos, assine a nossa newsletter agora mesmo.