O que é valuation e como calcular o de uma empresa - WHOW
Eficiência

O que é valuation e como calcular o de uma empresa

Valuation refere-se ao valor de mercado de uma empresa, ou seja, o quanto ela vale na hora de um investimento, fusão ou aquisição

POR Marcelo Almeida | 24/10/2021 09h00 O que é valuation e como calcular o de uma empresa

Termo comum na área de negócios, valuation se refere ao processo de obter o valor total de uma empresa, algo que é mais fácil de inferir quando ela tem capital aberto, já que é a somatória do valor de suas ações, ao contrário de empresas com capital fechado, cujo valuation acaba sendo mais complexo 

Vale lembrar que um valuation feito de forma correta é de grande importância para as empresas, tanto as que estão adquirindo outros negócios, quanto as que interessam aos compradores. Para o primeiro grupo, saber corretamente o valor de mercado da empresa de interesse evita gastar mais do que se devia. Na situação contrária, quando um empreendedor não tem a clara compreensão de quanto sua própria empresa vale, pode acabar vendendo uma parte dela, ou sua totalidade, na primeira oportunidade que aparece, chegando a perder milhões no processo.

Existem vários fatores que contribuem para realizar o valuation, como análise da gestão do negócio,  dos livros contábeis, a composição do capital, a perspectiva de lucros futuros, dentre outros.

É relevante ressaltar que existem grandes empresas especializadas em fusões e aquisições que tem estruturas organizadas para estimar o valor de mercado de uma organização. A seguir, apresentamos alguns dos aspectos que são levados em conta no processo:

– Múltiplos mercados: nesse caso, são usadas companhias que atuam no mesmo segmento, no mesmo setor de mercado. Apesar de não serem tão detalhadas, atuais e confiáveis, essas estimativas permitem o uso como parâmetros de conceitos como o lucro, o faturamento, dentre outras informações. Nesse caso, a metodologia é mais simples pois usa um número limitado de dados que está disponível a praticamente qualquer um.

– Outro método utilizado é o da liquidação de ativos, ou seja, quando os sócios acabam decidindo vender a empresa ou encerrar as atividades. Neste caso, é preciso considerar todos os ativos que a empresa possui (imóveis, máquinas, etc) e subtrair desses valores o que acabará sendo o passivo, ou seja, as contas que ficou de pagar anteriormente e as despesas em geral.

– Também existe o fluxo de caixa, que analisa receitas, despesas e custos, basicamente, além de estabelecer uma taxa de desvalorização em função da inflação. Somando-se  todos os fluxos de caixa e subtraindo as taxas de desconto, chega-se ao valuation da companhia.

– Capital de risco: leva em conta o retorno financeiro que uma empresa (nesse caso, tendo como referência uma startup geralmente) pode alcançar em determinado período.