Nubank recebe novo investimento de R$ 1,65 bilhão
Consumo

Nubank recebe novo investimento de R$ 1,65 bilhão

A fintech brasileira recebeu, no último dia 19 de julho, uma nova rodada de investimentos de US$ 300 milhões, o equivalente a mais de R$ 1,6 bilhão

POR Carlos Eduardo Vasconcellos | 26/08/2020 19h38 Nubank recebe novo investimento de R$ 1,65 bilhão Foto: divulgação

O Nubank recebeu uma nova rodada de aportes de US$ 300 milhões (valor equivalente a R$ 1,65 bilhão) no último dia 19 de junho. A revelação surge em um momento em que a fintech passa por questionamentos, principalmente sobre a capacidade de sobreviver aos balanços baixos. O novo investimento ainda não foi revelado pela empresa até o momento.

Ao todo, a companhia já recebeu mais de 1,4 bilhão de reais em onze rodadas de investimentos — a última delas em julho do ano passado, de 400 milhões de dólares.

De acordo com um documento entregue ao Securities and Exchange Commission (SEC), órgão que regula o mercado norte-americano, o investimento foi feito pelo Sequoia Capital, Kaszek Ventures e Ribbit Capital, fundos que já investiam no banco digital. Além deles, a fintech brasileira tem sócios como Tiger Global, Redpoint Ventures, Dragoneer Investment Group e Tencent.

Sinais positivos para a fintech decacórnio

startups O Nubank já recebeu mais de 1,4 bilhão de reais em onze rodadas de investimentos. Foto: Nubank (divulgação)

Na semana passada, o Nubank anunciou que o prejuízo no primeiro semestre foi de 32%. Segundo a empresa, o déficit foi previsto e é parte da estratégia de crescimento, já que recebeu muitos clientes e está investindo mais nas operações, além de destinar mais recursos de provisionamento. No final do primeiro semestre, a fintech somava 26 milhões de clientes, mais que o dobro dos 11 milhões de um ano atrás.

Outra notícia é que o número de depósitos realizados na Nuconta aumentou em 60% e registrou saldo de R$ 17,3 bilhões neste primeiro semestre. Uma das causas pode ser o aumento de pagamentos digitais em virtude da pandemia de Covid-19.

O próximo grande passo do Nubank deve ser dado em nobembro, quando passa a vigorar o PIX –  sistema de pagamentos em tempo real do Banco Central, além do open banking, que permite a interoperabilidade das informações entre os bancos.


+INVESTIMENTOS

20 aportes e 3 aquisições em junho no Brasil
10 aportes e 4 aquisições em maio no Brasil
9 aportes e 7 aquisições em abril no Brasil
 13 aportes e 2 aquisições em março no Brasil