Veja as melhores tecnologias para home office - WHOW
Vendas

Veja as melhores tecnologias para home office

Com a pandemia do coronavírus, nunca tanta gente trabalhou de casa ao mesmo tempo. Veja como fazer isso de forma segura e produtiva

POR Luiza Bravo | 23/03/2020 10h00 Veja as melhores tecnologias para home office Foto ilustrativa Fernando Arcos (Pexels)

Nos últimas semanas, mais uma novidade: a pandemia do coronavírus e as recomendações de isolamento social fizeram com que empresas que nunca tinham aderido à prática do home office viabilizassem, às pressas, maneiras para que seus colaboradores pudessem trabalhar sem sair de casa.

Pouco difundida até certo tempo atrás, a prática de trabalhar de casa tem conquistado cada vez mais funcionários e empresas no Brasil. Os millenials já são 50% da força de trabalho no país, e devem ocupar até 70% das vagas até 2030, segundo uma pesquisa realizada pelo Itaú BBA.

Os trabalhadores da geração Y têm expectativas muito diferentes das da geração anterior em relação à flexibilidade que o empregador deve oferecer a seus funcionários. Além dessa mudança comportamental, fatores como o tempo de deslocamento e redução de custos têm estimulado o desenvolvimento dessa modalidade de trabalho.

Home office e proteção de dados

Os benefícios do home office são inegáveis, mas muitas empresas ainda se preocupam em como manter  um ambiente de negócios seguro com seus funcionários trabalhando remotamente. Algumas táticas, no entanto, podem ajudar na proteção de dados das empresas e minimizar eventuais riscos.

1.  Uso de autenticação multifatorial ou biometria: a autenticação multifator pode ser usada para garantir que apenas pessoas autorizadas possam acessar um sistema controlado. O login só é feito após o usuário passar corretamente pelos dois níveis de autenticação. Funcionários remotos nunca devem poder acessar seu sistema apenas por um nome de usuário e uma senha.

2. Bloqueio da área de trabalho do PC: além de um firewall antivírus, considerado um item básico de segurança, outras medidas precisam ser adotadas.  As funcionalidades não comerciais do computador precisam ser bloqueadas quando o sistema estiver sendo usado para trabalho. Ferramentas como imprimir a tela ou salvar dados no disco rígido devem ser desativadas.

3. Chamadas criptografadas: no dia a dia, muitas pessoas já usam criptografia de ponta a ponta quando enviam mensagens por aplicativos como WhatsApp ou Skype. O mesmo deve valer para funcionários remotos: qualquer comunicação deve ser criptografada, de modo a evitar o vazamento de informações confidenciais, de acordo com uma publicação recente do site Wired.

home office Foto ilustrativa (Freepik)

Eficiência no trabalho remoto

Uma vez tomadas as medidas de segurança, é preciso pensar também em formas de aumentar a eficiência dos trabalhadores remotos. A tecnologia também pode ajudar nesse sentido, com várias ferramentas que facilitam a organização e a comunicação.

Google Calendar: ideal para quem possui muitas obrigações profissionais, como reuniões, encontros e brainstormings. A ferramenta facilita o compartilhamento e o agendamento de compromissos entre pessoas distantes, e pode ser um ótimo recurso para quem trabalha remotamente.

Evernote: a plataforma, totalmente online, permite que o usuário crie listas, adicione comentários, fotos, notas de áudio, entre outros. Além disso, oferece a vantagem de sincronizar todos os dispositivos, sem risco de perder dados ou arquivos criados em aparelhos diferentes.

Slack: é uma ferramenta de comunicação que tem o poder de integrar todos os funcionários, equipes e departamentos de uma empresa em um ambiente único. Com ele, é possível se comunicar por texto, fazer uma chamada de voz ou enviar arquivos de qualquer tipo.

Asana: a plataforma é um gerenciador de tarefas colaborativo, que permite administrar projetos e demandas diárias de diferentes equipes. É possível criar e administrar trabalhos, convidar membros para formar um grupo de colaboração e controlar tudo por meio de quadros e colunas capazes de dividir as tarefas de forma organizada e prática.

Tempos de coronavírus

Uma pesquisa feita nos dias 16 e 17  de março pela IT Mídia revelou que mais de 130 empresas de tecnologia já aderiram ao home office para colaborar  com a prevenção do coronavírus. Mais de 300 empresas de TI, Telecom, startups e empresas digitais foram ouvidas. A maioria também suspendeu viagens de colaboradores e eventos.

A pesquisa ainda apontou que grandes empresas de tecnologia, como Google, Microsoft e Zoom estão liberando ferramentas de videoconferência e produtividade gratuitamente nesse período.

algartech patrocinio


+TECNOLOGIAS

Exclusivo: presidentes da Microsoft e SAP no Brasil discutem ética dos dados e computação quântica
Conheça os maiores IPOs de todos os tempos
Conheça as cidades com as melhores condições para inovação no mundo
As tecnologias que devem deslanchar, segundo MIT e Accenture