Loggi mira na expansão nacional após aporte de mais de R$ 1 bilhão - WHOW

Eficiência

Loggi mira na expansão nacional após aporte de mais de R$ 1 bilhão

Com crescimento impulsionado pela pandemia, a startup unicórnio brasileira planeja operar em quase 100% do território nacional

POR Carolina Cozer | 01/03/2021 10h38 Imagem: Freepik Imagem: Freepik

A Loggi, uma das startups líderes no segmento de logística no Brasil, anunciou o levantamento de US$ 212 milhões em fundos de venture capital o equivalente a R$ 1,15 bilhões.

A rodada de série F ocorreu no dia 28 de fevereiro, liderada pelo CapSur Capital e com colaboração do Fundo Verde e de diversos outros investidores que já haviam investido na empresa anteriormente, como Softbank, Monashees, Microsoft, Sunley House e GGV.

Loggi tem crescimento impulsionado pela pandemia

Em junho de 2019, a Loggi havia captado US$ 150 milhões e se tornado um dos unicórnios brasileiros ao atingir um valor de mercado acima de US$ 1 bilhão. A estimativa é que a empresa, agora, esteja chegando à marca de US$ 2 bilhões, de acordo com a Forbes.

A Loggi revela crescimento de cerca de 360% nas operações após o início da pandemia, uma vez que as compras online e os serviços de entrega foram impulsionados pelo isolamento social.

“Com os novos recursos, vamos acelerar nossa expansão nacional, ampliar ainda mais a nossa capacidade de entrega e seguir incrementando os investimentos em tecnologia. Tudo isso se traduz em um produto cada vez mais simples e eficiente para nossos clientes, que vão desde grandes negócios do mercado de e-commerce até pequenos comerciantes e pessoas físicas de todas as regiões do país”, afirma a Loggi em comunicado oficial.

Investimento em tecnologia para expansão nacional

Logo após o crescimento no último ano, a Loggi iniciou os investimentos na expansão das operações.

Como resultado, passou a atingir cerca de 500 municípios brasileiros, iniciando em 2021 com uma cobertura de 54% do território nacional, segundo a empresa.

Com o novo aporte, o plano é aumentar essa porcentagem o mais próximo possível de 100%. A startup também espera abrir sete novos centros de distribuição em território nacional.

Este plano já havia sido anunciado pela Loggi no Whow! Festival de Inovação de 2020, como o portal Whow!destacou na época. “Para nós, conectar o Brasil significa entregar qualquer coisa, para qualquer pessoa em qualquer lugar. E também ter bons parceiros para receber e distribuir uma encomenda, e na logística de transporte para chegar em qualquer lugar no Brasil, nos 60 milhões de domicílios”, disse Ariel Herszenhorn, vice-presidente de Expansão da startup.

Para dar conta deste plano, a Loggi irá aplicar parte do dinheiro levantado em dispositivos de ponta e em algoritmos deinteligência artificial.

investimentos


+INVESTIMENTOS EM STARTUPS

25 aportes e 8 aquisições em janeiro de 2021
16 aportes e 12 aquisições em novembro de 2020
38 aportes e 7 aquisições em outubro de 2020
17 aportes e 11 aquisições em setembro de 2020