Lições de empreendedorismo que aprendemos com Luiza Helena Trajano
Tecnologia

Lições para empreender que aprendemos com Luiza Helena Trajano

Veja aqui algumas lições de empreendedorismo com Luiza Helena Trajano. Ela é dona do Magazine Luiza e é uma das mulheres de negócios mais influentes do país

POR Redação Whow! | 27/05/2021 16h09 Lições para empreender que aprendemos com Luiza Helena Trajano

As lições de empreendedorismo que falaremos neste artigo vêm de Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues. Simplesmente, Luiza Trajano. Logo, ela é considerada uma das mulheres mais poderosas e influentes do mundo dos negócios, pela Forbes. Advogada, nascida na cidade de Franca no ano de 1948, em São Paulo, Luiza é dona de uma fortuna avaliada em US$4,9 bi, também segundo a revista Forbes.

Agora, embora afastada das atividades do Magazine Luiza, a dona deste império dedica boa parte do seu tempo a causas relacionadas ao empreendedorismo. Pare alguns minutos e leia este artigo. Aqui, falaremos lições que todo empreendedor precisa saber. Contaremos também um pouco da história fabulosa de Luiza.

Conheça Luiza Helena Trajano

Luiza Trajano é filha única e teve duas importantes influências femininas em sua criação: sua mãe e sua tia. Ambas davam-lhe liberdade para tomar as suas próprias decisões. Com a tia, de quem levantaria uma grande empresa de sucesso, ela compartilhava não somente do nome, como também do espírito empreendedor.

Assim, durante suas férias escolares, a diversão de Luiza era trabalhar como balconista na loja da tia. Gostou tanto da experiência que, aos 17 anos, após concluir o ensino médio,  se tornaria funcionária do Magazine Luiza. Ou seja, apesar de administrar um grande império, Luiza queria mesmo cursar psicologia. Mas, a graduação ainda não estava disponível na cidade de Franca. Assim, cursou Direito, mas nunca exerceu a profissão.

Logo, iniciou administração, mas não concluiu o curso: estava profundamente envolvida com o negócio da tia. Na época, a rede já começava a sua expansão, com a compra de lojas regionais. Nesse contexto, em 1991, assumiu a liderança do Magazine Luiza, já tendo passado por diversos setores da loja, tendo experiência como: vendedora, gerente, encarregada e compradora. Assim, com toda essa bagagem estava mais que preparada para assumir o grande império.

O Magazine Luiza conta hoje com mais de 35 mil colaboradores e opera em 1.113 lojas físicas, distribuídas em 819 cidades e 21 estados. A empresa anunciou, que no ano passado, teve o maior faturamento da história. Suas vendas chegaram a 43,5 bilhões e seu crescimento foi de 60% , em comparação à 2019.

Dessa forma, boa parte desse crescimento é devido à ampliação de seu e-commerce. Isso mostra que a empresa analisou e estudou a economia do país, bem como as possíveis mudanças de hábitos advindas da pandemia do Covid-19.

Luiza Trajano e as lições de empreendedorismo

Nesse sentido, as lições que você verá aqui são dadas pela única executiva brasileira na lista global do World Retail Congress (WRC). Ela também é uma das principais responsáveis pelo título  da empresa de Melhores empresas para se trabalhar. No ranking, a Magalu já marca presença há 23 anos. Lembrar-se da importância dos valores, atentar-se aos cuidados com o cliente, com a equipe e  à inovação e, o fundamental ,  não ter medo de errar. Em síntese, são os seus principais ensinamentos.

1. A importância dos valores

O quanto são importantes os seus valores para você? Em quais princípios você acredita serem cruciais para um criar um negócio de sucesso? Em síntese, Luiza é apegada aos seus princípios de igualdade, cultura interna de proteção à mulher e o desenvolvimento socialPara ela, a empresa precisa demonstrar que os seus valores não existem apenas para serem expostos em um quadro bonito da empresa. É preciso mesmo importar-se com o colaborador. Assim, ele se sente valorizado e motivado para fazer parte da empresa e vestir, de coração, a camisa da empresa.

2. Parar no primeiro erro por quê?

“Errar todo mundo erra. Você precisa dar espaço para que um novo erro aconteça. O importante é redirecionar o erro rapidamente”, disse Luiza Trajano.  Isso está diretamente ligado ao fato de viver em sua zona de conforto. As coisas podem parecer mais leves, porém, no fim das contas, a sua empresa não sai do lugar.  Assim, para ela, as falhas são aprendizados e não motivos para culpa, ou seja, muitas vezes as oportunidades de melhoria e crescimento do negócio vêm dos próprios erros. Nesse contexto, Luiza, também deixa outro ensinamento: filtre apenas as opiniões que vão ajudar no crescimento do seu negócio.

3.Atente-se ao papel da inovação nos negócios

O Magazine Luiza sempre buscou a inovação e nesse contexto já no ano de 2000 seu comércio eletrônico. De acordo com a empreendedora: “O digital não é uma plataforma, o digital não é um site. o digital não é um aplicativo,  digital é uma cultura da qual o seu negócio tem que fazer parte.

4. Cuide da sua equipe

A empresária acredita na gestão humanizada. A equipe é o coração do negócio. Dessa forma, não faz sentido algum desenvolver os melhores processos e ter as melhores tecnologias, sem olhar para quem vai manipular tudo: o capital humano. Em síntese, muitas vezes, o próprio colaborador é quem entende do dia a dia da empresa do que os próprios donos. Ele é quem está ali, na linha de frente, vivendo diariamente, todos os processos. Ouça-o sempre, principalmente na hora da tomada de decisões importantes.

5. Ouça o seu cliente

Luiza sempre se destacou no início da carreira, mas uma coisa em especial chamava atenção: ela fazia amizades com outros clientes e funcionários. Isso tornava a abordagem mais fácil, além de gerar confiança. Em suma, ela tinha a sensibilidade na dose certa, para compreender o cliente e indicar para ele os melhores produtos e serviços. Para Luiza, o famoso negócio fechado surge apenas quando tocamos na emoção do consumidor e não na razão.  Assim, como uma de suas lições cruciais, ficam a atenção ao cliente,  desenvolvimento de uma comunicação clara, próxima e objetiva.

6. Invista em múltiplos canais 

Conhecer bem o cliente e ir até onde ele está é fundamental não somente para concretizar uma venda, como também para fidelizá-lo. Nesse sentido, vale ressaltar a importância de manter uma unidade na experiência oferecida ao cliente. Logo, todas as plataformas devem funcionar integradas com a mesma linguagem. A Magazine Luiza, hoje tem na Magalu, a identidade que a marca quer aplicar. Com forte voz em seus canais de comunicação, fala simples e empoderada, hoje todos conhecem a personagem.   

Portanto, viu só quantas lições de empreendedorismo inspiradoras podemos aprender com Luiza? Se este conteúdo foi interessante para você, assine agora a nossa newsletter gratuitamente para receber mais artigos como este em primeira mão!