WHOW

Investimentos: guia prático para quem quer começar a investir

investimentos scaled 1

Nos últimos anos, muito tem se falado sobre investimentos. Afinal, um dinheiro extra é sempre bem vindo, principalmente quando a nossa realidade é uma crise econômica no nosso país. Além disso, atualmente a disponibilidade de informações sobre o assunto, também foi mais democratizada. Até porque, já é possível encontrar diversas informações sobre educação financeira de maneira fácil e gratuita.

A fim de facilitar a vida dos nossos leitores que desejam adentrar no mundo dos investimentos, fizemos um guia prático para aqueles que desejam começar a investir. Boa leitura!

Por que começar a investir hoje?

Segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) cerca de 70% dos brasileiros não conseguem guardar dinheiro. Isso gera ainda mais insegurança financeira para a população do Brasil, que já possui cerca de 63 milhões de endividados atualmente.

Ou seja, para aqueles que não desejam estar nesta lista, além de guardar dinheiro, é preciso também começar a investir naquela renda extra. Para aqueles que desejam construir um patrimônio, o investimento pode ser o primeiro passo para essa conquista. É algo que irá beneficiar você e as pessoas à sua volta, uma vez que é a segurança para o futuro.

Um investimento bem feito é o caminho para conquistar seus sonhos, sem se preocupar com a possibilidade de adquirir dívidas ou abrir mão de outros gastos. Dessa forma, ainda vale a pena apostar nessa alternativa, mesmo para aqueles que desejam aplicar seu dinheiro para retirar a curto prazo.

No entanto, é claro que investimentos a médio e longo prazo tendem a ser mais rentáveis. Por isso, a sua escolha irá variar dependendo dos seus desejos. Digamos que você tem o sonho de comprar uma casa na praia. Vale a pena investir o dinheiro, antes mesmo de realizar a compra. Assim o investimento irá render, e o valor adquirido poderá ser utilizado na própria compra.

Da mesma forma acontece com aqueles que desejam abrir um novo negócio. Além de possibilitar mais renda para o início do empreendimento, o investimento ainda permite que o empreendedor tenha mais conhecimento financeiro. Em outras palavras, conhecer um pouco mais sobre investimentos é ideal para todos aqueles que desejam ter uma melhor relação com o dinheiro, ao mesmo tempo que consigam utilizá-lo para realizar seus objetivos.

Tipos de investimentos para iniciantes

O primeiro tipo de investimento que um iniciante deve conhecer é o da renda fixa. Ele serve principalmente para aqueles que querem construir uma reserva de emergência. O recomendando, é que a reserva de emergência guardada, seja o equivalente a pelo menos 6x o custo de vida que a pessoa tem por mês. Para que assim, o indivíduo tenha calma quando precisar sair da dificuldade. Por isso que a renda fixa é uma das principais alternativas para este tipo de investimento. Confira suas principais características:

Além disso, a maior parte dos investimentos de renda fixa tem garantia pelo Fundo Garantidor de Crédito. Ou seja, o fundo garante até R$250 mil de volta caso o investidor receba calote. Para facilitar o entendimento, separamos as principais opções de investimento de renda fixa:

  • CDB, ou Certificado de Depósito Bancário;
  • Tesouro Direto. emitido pelo Tesouro Nacional;
  • LC, ou Letra de Câmbio;
  • CRA, ou Certificado de Recebíveis do Agronegócio;
  • LCI e LCA, ou Letras de Crédito isentas de Imposto de Renda;
  • Debêntures, são os títulos de crédito privados emitidos por empresas;
  • Fundos de renda fixa, estes contam com aplicações de milhares de investidores que administram o dinheiro. Dessa forma, escolhem o melhor investimento segundo uma estratégia predefinida.

Este tipo de investimento oscila menos que os de renda variável. Assim, é o tipo ideal para aqueles que estão iniciando. Pois dão mais segurança e são mais previsíveis.

Guia para quem está começando a investir

Alinhe objetivos

Antes de adentrar ao mundo dos investimentos, é preciso definir quais são os objetivos que você planeja com o dinheiro. Por exemplo, você deseja adquirir um novo imóvel, independência financeira ou fazer uma viagem para fora do Brasil. Isso tudo vai influenciar no tipo de aplicação que irá fazer Ou seja, é preciso ter em mente o quanto de dinheiro vai conseguir economizar por mês. Assim, também é necessário calcular o tempo para alcançar a meta, para que dessa forma você possa retirar o investimento, de acordo com seu planejamento. 

Encontre seu perfil de investidor

Além de saber quais são seus objetivos, também é preciso alinhar qual é o seu perfil de investidor. Pois ele é crucial para determinar qual tipo de investimento deve embarcar. São três, os perfis de investidores:

  • conservador
  • moderado
  • arrojado ou agressivo

Em outras palavras, os diferentes tipos de investidores são demarcados pelo modo de lidar com dinheiro. O conservador é aquele que não gosta de grandes riscos, mesmo que isso signifique um rendimento menor. Já o moderado, é o investidor que tem um pé no chão e outro no sonho. Ele se permite correr alguns riscos, mas desde que isso não signifique grandes perigos para as suas finanças. Por fim, o agressivo, é aquele que aposta no tudo ou nada. Logo, tem mais possibilidades de enriquecer, mas também tem maiores chances de perder tudo.

Estabeleça valores e periodicidade nos investimentos

Para que você consiga se organizar melhor, e o investimento possa adquirir uma certa inteligência de rendimento, é necessário estabelecer quando e quanto de dinheiro irá aplicar.

Estude o mercado dos investimentos

Mesmo que seja feita com ajuda de outros profissionais ou instituições, é imprescindível estudar o mercado dos investimentos. Afinal, nunca é bom depender dos outros não é mesmo? Principalmente quando o assunto é o seu dinheiro.

Procure uma instituição financeira para abrir sua conta de investimentos

Como você está iniciando, é altamente aconselhável buscar uma instituição financeira para lhe ajudar nesse caminho.  Atualmente já é possível encontrar diversas instituições com preço bem em conta, assim como aplicativos que tem o intuito de facilitar a vida dos iniciantes. Portanto, siga esses passos e garanta um futuro próspero no mundo dos investimentos! Assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos gratuitos sobre mercado e inovações.

Sair da versão mobile