Inteligência artificial: 4 setores que estão à frente dos demais - WHOW

Tecnologia

Inteligência artificial: 4 setores que estão à frente dos demais

Inteligência artificial no Brasil: veja a importância, dados relevantes do uso do recurso e os 4 setores que estão investindo mais nesse segmento

POR Redação Whow! | 27/05/2021 13h26

O uso da  inteligência artificial- IA no Brasil está em ascensão. Em setores que tecnologia parecia algo distante, como a indústria, e a agricultura, a IA já está sendo aplicada e em larga escala. De acordo com a IDC, consultoria especializada em inteligência de mercado, a IA é apontada como uma das principais tecnologias para o ano de 2021. Ela poderá gerar investimentos de US$464 milhões para o Brasil este ano. 

Em suma, uma das principais vantagens da Inteligência Artificial é o fato da automação, sem necessidade do suporte ou do intermédio de outra pessoa para configurá-la. Neste conteúdo, veja mais números do uso da Inteligência Artificial no Brasil, os 4 setores que mais estão utilizando tecnologia e descubra se vale a pena ou não  investir em IA no seu negócio.

A Inteligência artificial no Brasil

Antes de mais nada, já passou o tempo que a Inteligência Artificial era coisa de filme. Atualmente, essa tecnologia se faz presente no nosso cotidiano e segue aquecendo fortemente a economiaSegundo pesquisa do IDC, 25% das empresas brasileiras já têm projetos baseados em IA ou machine learning, ou aprendizado de máquina. Porém, a maioria está em estágio de adaptação ou implementação. Afinal, 75% dos algoritmos que estão sendo utilizados precisam da supervisão humana.

De acordo com relatório, citado no estudo da KPMG sobre os usos da inteligência artificial, a  estimativa é que o mercado de IA movimente cerca de 34 bilhões de dólares até 2025, no mundo inteiro. Contudo, o Brasil ainda segue bem atrás de outras potências, ocupando a  46ª posição no The Global IA Index. Como resultado, do índice global elaborado pela área de Inteligência da Tortoise Media, que avalia os níveis de investimento, inovação e implementação de inteligência artificial em 62 países. No topo do ranking, encontramos os Estados Unidos, seguidos por China, Reino Unido, Canadá e Israel.

Qual a importância da Inteligência artificial?

Nesse contexto, entre os principais objetivos da IA estão: melhorar os processos de negócio, emitir insights mais precisos e construir produtos mais inteligentes, para combater as ameaças competitivas.

Ou seja, isso tudo acontece devido a interligação de milhões de dados e reconhecimento dos padrões. Com a IA, as falhas decorrentes das ações humanas são praticamente nulas. Afinal, ela é capaz de compreender padrões,  sem necessitar da intervenção humana, proporcionando resultados mais precisos.

4 setores que mais utilizam Inteligência artificial no país

Veja agora os 4 setores que mais estão investindo em Inteligência Artificial no Brasil.

Saúde

Na saúde, já é possível notar o impacto do uso da IA, mesmo que timidamente. Essa tecnologia já segue ali, integrando a jornada do paciente, desde o agendamento até a entrega de exames. Dessa forma, os profissionais já conseguem focar mais tempo onde realmente importa: a assistência ao pacienteVárias startups ,que promovem o uso deste recurso à área da saúde, já estão surgindo no Brasil. A Onkos é uma dessas e possui uma solução que auxilia em diagnósticos incertos. A companhia une biologia molecular, assinaturas genéticas personalizadas e inteligência artificial.   Conforme o relatório da KPMG sobre IA, o país já soma em torno de 60 startups no setor de saúde e biotecnologia.

Agricultura

A agricultura talvez seja um dos setores que menos se imaginava a aplicação da IA. Durante muito tempo, era uma atividade baseada em tradições, previsões meteorológicas e teorias. Contava também com problemas quase sempre sem uma solução efetiva, como a questão das pragas que atacam a plantação em determinados períodos sazonais, por exemplo. 

Esse cenário já está mudando. De acordo com dados do último Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ainda em 2019, 1,5 milhões de produtores rurais acessam dados por meio dos dispositivos móveis. Isso representa um número superior a 1.900% em relação a 10 anos atrás. A Pluvi.on, já utiliza IA para saber em quais regiões choverá. A Agrosmart monitora e analisa a certificação do estoque de carbono em solos. Assim, é capaz de medir, até mesmo, os nutrientes em folhas, por exemplo.

Indústria 

Dessa forma, a IA já possui papel importantíssimo na indústria 4.0. Vale ressaltar que, neste segmento, essa tecnologia não atua de maneira autônoma, sendo a participação humana fundamental.  Em suma, o processo automatizado dispensa a atividade humana em algumas coisas. Nesse contexto, porém, demanda em outras, como pensar estrategicamente as máquinas podem contribuir para o aumento da produtividade e criação de novos serviços e processos. Logo, na indústria 4.0, as ferramentas de IA aparecem em forma de sensores, Smart Data, Internet das Coisas (IoT) e Cloud Computing. Elas trabalham correlacionadas, buscando as melhores maneiras de executar as atividades.

Recursos humanos

Nos recursos humanos há muito espaço para aplicação da IA. A empresa de recrutamento digital Job Cam, tem o seu processo de contratação 100% digital e com uso de IA. Assim,  as pessoas, ao se inscreverem no site, respondem às questões. Nesse momento, entra a inteligência artificial e, com base nas respostas, já começa o processo seletivo. O sistema já estabelece uma pré-seleção, uma espécie de ranking. Ele é construído com base nas palavras relativas aos princípios procurados pelos contratantes. Quanto mais palavras, melhor a posição do candidato.

A Gupy é outra grande empresa famosa de seleção que usa a sua própria IA, a Gaia. Guilherme Dias, cofundador da empresa, garante ser possível aumentar a eficiência das contratações em até 75%. Entretanto, não é somente para selecionar candidatos que a IA é utilizada.  A empresa Pin People, usa o recurso para medir e aprimorar a experiência dos colaboradores nas empresas.  Para isso, a inteligência artificial monitora e cruza os dados, permitindo o desenvolvimento de ações mais direcionadas para melhorar o clima organizacional e a produtividade nas organizações.

Vale a pena aplicar inteligência artificial em meu negócio?

Em suma, os resultados da aplicação de inteligência artificial são potenciais. Porém, é importante lembrar que essa tecnologia vem para agregar valor a um modelo de negócio que já existe. Pondere os custos e benefícios entre ter a própria equipe ou então buscar empresas no mercado, que já trabalham com este tipo de solução. Em síntese, a Inteligência Artificial, que antes era apenas uma tecnologia, já está sendo tratada como um serviço. Afinal, a maioria das startups brasileiras do setor seguem criando soluções personalizadas para cada empresa, sempre seguindo as frentes de estratégia e de automação.

Viu só como a inteligência artificial no Brasil está crescendo e pode ajudar o seu negócio a se desenvolver? Para receber mais conteúdos como este e em primeira mão, assine agora mesmo a nossa newsletter gratuitamente!