HubLocal, a startup que cresceu 1000% durante a crise - WHOW

Eficiência

HubLocal, a startup que cresceu 1000% durante a crise

Após crescimento acima do esperado, startup planeja chegar aos 100 mil assinantes e faturamento 10 vezes maior que o atual

POR Carolina Cozer | 15/01/2021 10h00 Arte Grupo Padrão (Érika  Bernal) Arte Grupo Padrão (Érika Bernal)

A pandemia pode ter sido complicada para alguns negócios, mas para outros foi sinônimo de oportunidade. A startup cearense HubLocal cresceu cerca de 1.000% em 2020 e chegou a um faturamento de R$ 2 milhões anuais, mostrando não apenas que tem como crescer na crise, mas também que há espaço de destaque para as startups que estão além do eixo Rio-São Paulo.

A HubLocal desenvolve um sistema autônomo que gerencia mapas e listas telefônicas digitais, cadastrando e atualizando as informações contidas sobre as empresas nesses recursos ― como o número de telefone que aparece ao buscar por uma empresa no Google, por exemplo. 

Em pouco mais de um ano de existência, a HubLocal atingiu um valuation de mais de R$ 15 milhões, além de ter recebido um aporte de R$ 600 mil da Anjos do Brasil.

Alta curva de crescimento

Assim como para a maioria das empresas, o início da pandemia foi assustador para a HubLocal. O CEO e co-fundador Felipe Caezar contou ao Whow! que a startup chegou a ter queda de 28% no faturamento mensal, e muitos contratos foram cancelados.

Mas com praticamente todas as empresas precisando operar de modo digital, Caezar e o outro fundador da HubLocal ― Rodrigo Coifman ― perceberam que existia ali uma grande oportunidade, uma vez que as passavam a ter mais necessidade de serem encontradas online. “Foi aí que desenvolvemos vários produtos e serviços novos, não pensando somente em vender algo para as empresas, mas também em ajudá-las naquele momento de dificuldade”, conta Caezar. 

Após o susto inicial, e com novos produtos no carrinho, a HubLocal saiu da queda 28% para um crescimento de 45% ao mês ― mais do que triplicando o número inicial de assinantes. “Subimos de 400 para 1.300 clientes em nossa base, mostrando que fizemos o certo”, afirma.

HubLocal Parte da equipe da HubLocal em Fortaleza (Ceará)


Futuro audacioso

Caezar explica que a startup, no início de 2020, tinha um planejamento estratégico que visava atingir 80 mil assinantes em todo o Brasil nos próximos cinco anos. Diante do alto crescimento e adesão de novos clientes, o planejamento foi totalmente redesenhando. “Agora queremos atingir 100 mil assinantes na nossa base em dois anos no máximo”, revela Caezar.

“Estamos com grandes empresas em negociação, que já nos entregariam um número bem similar à nossa meta”

Felipe Caezar, co-fundador da HubLocal

A startup planeja ser bem mais audaciosa a partir de agora, investindo em marketing de peso e também abrindo uma nova rodada de investimentos. “Queremos captar em torno de R$ 10 milhões em uma rodada-semente. Com esse investimento esperamos bater a nossa meta e termos um faturamento anual 10 vezes maior do que temos hoje, que fica na casa de R$ 2 milhões.”


+NOTÍCIAS

Conheça a tendência dos Superjobs
Você conhece o mundo BANI?
As principais inovações do ano, segundo a Times
Coluna: O potencial inovador da educação