Hospital Albert Einstein vai investir R$ 100 milhões em startups de saúde - WHOW

Eficiência

Hospital Albert Einstein vai investir R$ 100 milhões em startups de saúde

O fundo, que terá a gestão da VOX Capital, vai focar em empresas na fase de validação do produto ou serviço no mercado

POR Redação Whow! | 20/04/2021 19h04 Foto: Unsplash Foto: Unsplash

Quatro anos depois de criar o seu próprio hub de inovação para a aceleração de startups, o Hospital Albert Einsteindecidiu investir R$ 100 milhões em startups de saúde.

Para ir além do programa realizada no Eretz.bio, que possui 100 startup incubadas, a instituição contará com a seleção e gestão do fundo por meio VOX Capital, que foca em investimentos de impacto. O modelo adotado para a administração do valor será no modelo de Fundo de Investimentos em Participações (FIP).

As health techs que já fazem parte do hub de incubação do Hospital Albert Einstein não serão as únicas que vão poder receber os aportes.

Investimento no apoio e gestão das startups de saúde

“O que queremos? Empresas em estágio inicial desenvolvendo soluções capazes de gerar impacto e desatar os nós no setor de saúde”, descreveu a VOX Capital por meio do seu perfil no LinkedIn. A área de educação no setor também será uma prioridade nos investimentos do novo fundo.

Já a Eretz.bio deu mais algumas pistas sobre as expectativas com o fundo milionário na sua página no Facebook. “O novo fundo deve focar em empresas que estão em fase de validação do produto ou serviço no mercado — um estágio semente ou pré-Serie A —, com cheques em torno de R$ 1 milhão.”

Com a iniciativa o Hospital Albert Einstein espera que a cultura da inovação e novas formas de avaliar o tratamento médico continuem a percorrer as mentes de seus médicos.

E não perca as novidades nas nossas redes sociais no LinkedIn, Instagram, Facebook, YouTube e Twitter.

investimentos


+INVESTIMENTO

27 aportes e 13 aquisições em fevereiro de 2021
25 aportes e 8 aquisições em janeiro de 2021
16 aportes e 12 aquisições em novembro de 2020
38 aportes e 7 aquisições em outubro de 2020