Gestão de e-commerce: o que vai diferenciar sua loja virtual? - WHOW

Vendas

Gestão de e-commerce: o que vai diferenciar sua loja virtual?

Não basta colocar os produtos para vender online. Para ter sucesso no digital, é preciso ter planejamento e ações táticas

POR Redação Whow! | 18/08/2021 18h22

Por Thiago Mazeto, diretor de comercial e marketing da Tray, unidade de e-commerce da Locaweb. 

Construir uma loja virtual é uma das decisões estratégicas mais importantes para que o empreendedor desenvolva uma trajetória de sucesso na nova dinâmica do mercado. O que ainda  surpreende muita gente é o fato de que o gerenciamento deste tipo de comércio exige bastante tempo, conhecimento e preparo dos processos que conduzem o consumidor à compra efetiva e, no futuro, à recorrência e fidelização de clientes. Para todas as etapas desta jornada, existe um elemento fundamental na diferenciação de uma loja de sucesso das demais: a gestão de e-commerce.

Gestão é o principal fator a ser considerado pelo empreendedor que busca competitividade na presença digital do seu negócio. Por isso, é necessário elaborar um planejamento estratégico anual, que deve ser acompanhado periodicamente para avaliação de ajustes capazes de gerar mais valor ao público almejado para a loja virtual. 

Esta é uma etapa  crucial na jornada, uma vez que é a partir dela que se pode antecipar tendências e adaptar sua realidade às mudanças de mercado com rapidez, criando mais chances de obter um crescimento sustentável para o negócio.

Quando a ideia de gestão está no centro das atenções do empreendedor, é possível transformar o que foi planejado em iniciativas táticas e operacionais, que devem envolver todas as áreas de atuação da loja. Isso implica investir em gestão de pessoas, para qualificar e motivar seu time de vendas; em finanças, para atrelar os controles contábeis e tributários; em logística e estoques, para evitar desperdícios e gerar eficiência no fluxo de mercadorias.

Além disso, é fundamental que a estratégia contemple soluções de marketing e vendas, para pensar em atrair e reter clientes antes mesmo da primeira venda. É nesta etapa que o empreendedor define sua mensagem central, linguagem, posicionamento e as ferramentas que serão utilizadas para descobrir e chegar ao seu público-alvo. 

Com base nestas premissas, a busca por uma plataforma de e-commerce que caiba na estrutura e no planejamento dará ao empreendedor a base e a vitrine necessárias para sua loja virtual. Seja por meio de um site próprio ou de uma loja virtual em nuvem, é importante que a decisão contemple a integração com outras funcionalidades e tenha compatibilidade com requisitos básicos de segurança na coleta de dados e na oferta de formas de pagamento.

Por fim, e não menos importante, um diferencial na busca por alta performance está na atenção dada às redes sociais como um ambiente valioso na avaliação e na decisão de compra dos clientes. Para  isso, é essencial que as lojas virtuais estejam integradas a estas mídias, estimulando o conceito de social commerce como peça fundamental para definir a qualidade da presença digital e, consequentemente, o sucesso do negócio.