Gestão da inovação: como manter um ambiente favorável às novas ideias - WHOW
Vendas

Gestão da inovação: como manter um ambiente favorável às novas ideias

Seis dicas para a empresa estruturar um processo de inovação

POR Adriana Fonseca | 23/08/2019 17h41 Gestão da inovação: como manter um ambiente favorável às novas ideias Imagem: Unsplash

Com 80 anos de vida, a Pormade Portas vem conseguindo envolver os colaboradores em processos de inovação e ainda manter, no topo, a satisfação dos funcionários. Como? O segredo da companhia, que foi eleita recentemente pela 17ª vez consecutiva como uma ótima empresa para se trabalhar, é valorizar os colaboradores.

Claudio Zini, diretor-presidente da Pormade, implementou uma cultura empreendedora dentro da companhia. Ali, os funcionários recebem bonificações em dinheiro quando realmente abraçam o negócio como se fossem os próprios donos, se envolvem nas decisões e até mesmo erram. Nesse ambiente, os colaboradores têm o poder de agir, apresentar ideias e expor problemas e soluções.

“O segredo é inovar sem perder a essência. Trabalhamos constantemente as mudanças e inovações, tendo uma gestão totalmente participativa. Costumo dizer que na Pormade o funcionário que tem futuro é aquele que é desobediente, mas desde que com boas intenções”, disse Zini.

Semanalmente, os funcionários da empresa se reúnem com Zini no “Café com o Presidente” e nesse encontro têm total autonomia para apresentar problemas e ideias, apontar sugestões e melhorias. Além disso, a companhia organiza o Festival de Problemas e Inovações, grupos de melhoramento, promove festas para celebrar as conquistas e premia as inovações e melhorias com bônus.

“O nosso diferencial é que não pressionamos ninguém a dar resultados. É um processo natural na Pormade. Uma maior autonomia dos colaboradores propicia mais qualidade e, consequentemente, inovação. E toda inovação é celebrada e incentivada, inclusive financeiramente às equipes que a desenvolvem. Para nós está bem claro que felicidade traz retorno financeiro. E vamos seguir nesse caminho para abraçar cada vez mais a inovação corporativa”, disse o executivo.

Localizada em União da Vitória, no Paraná, a Pormade é uma das maiores fabricantes de portas do Brasil. Tem 650 funcionários, todos envolvidos em processos de inovação. Em 2018, a empresa faturou R$ 145 milhões.

Em outra premiação, concedida em abril, a Pormade foi reconhecida pelas ações sustentáveis que realiza. Um exemplo de prática sustentável e de inovação é um dos materiais que a companhia utiliza para a fabricação das portas, marcos, alizares e rodapés. O material, chamado de PVC Wood, é um composto de madeira com PVC fabricado com baixo consumo de energia, resistente à ação de fungos, bactérias, insetos e roedores, e resistente às intempéries (sol, chuva e maresia).

Outro exemplo de inovação da Pormade é uma tecnologia que permite ao consumidor personalizar a porta com a estampa que desejar. A impressora utilizada no processo tem fabricação italiana e, no segmento de portas, a Pormade é a primeira a apresentar a tecnologia. A impressão ganha ainda um tratamento Ultra Violeta (UV), que garante maior proteção e longevidade das cores da imagem estampada na porta.

Inovar é imperativo para qualquer empresa, seja ela uma startup recém-criada ou uma companhia tradicional como a Pormade, que está há oito décadas no mercado.

Em todos os setores, negócios que querem sobreviver precisam inovar, seja em produto, serviço, processos ou modelos de negócio. E, para que a inovação aconteça, é necessário estabelecer uma cultura que leve os funcionários para o caminho de pensar em melhorias e novidades.

O Sebrae, organização que apoia e oferece capacitação para pequenas empresas, dá dicas sobre como fazer a gestão da inovação na empresa.

Prioridade

Inovar precisa ser parte da estratégia.

Ambiente favorável

Além da diretoria incentivar e apoiar a inovação de produtos e serviços, é preciso que haja orçamento suficiente para investir, que exista um gestor responsável por traçar os objetivos de inovação, que esse mesmo gestor articule os esforços dos colaboradores para alcançar as metas e que a cultura de inovação esteja incorporada na razão de existir da empresa.

Equipe engajada

A inovação depende das pessoas para acontecer. E mais: depende de pessoas engajadas com o negócio. Estimular os funcionários para que contribuam e façam parte do processo de inovação requer treinamentos, workshops, encontros que estimulem a criatividade e, por que não, recompensas.

Parcerias

Algumas empresas inovam sozinhas, mas há também o caminho das parcerias. Podem ser parceiros em empreitadas de inovação os centros de pesquisa, instituições de ensino ou de apoio ao empreendedorismo, outras empresas e startups, entre outros.

Estruturação do processo

Identifique quais são as entradas ou fontes de ideia e estruture como será o aproveitamento dessas sugestões. Estabelecer fluxos de informações e etapas é fundamental para a inovação traçar um caminho bem-sucedido.

Reconhecimento

Defina os critérios e mecanismos de reconhecimento dos esforços de inovação dos colaboradores. Pode ser uma notícia no material de comunicação interna da empresa, um elogio público em uma reunião de inovação ou premiações.


+ NOTÍCIAS

O que é inovação disruptiva, e por que é tão importante?
O que é inovação? 5 dos maiores nomes da nova economia respondem
Inovação incremental: o que é?
Quais os países mais inovadores do mundo?