Futuro do trabalho: o papel do RH nos próximos 10 anos - WHOW
Tecnologia

Futuro do trabalho: o papel do RH nos próximos 10 anos

Saiba quais são alguns dos novos cargos de RH que devem surgir nos próximos 10 anos, segundo artigo publicado pelo Harvard Business Review

POR Carolina Cozer | 19/08/2020 16h06

Dentre as múltiplas mudanças dos modelos de trabalho após o início da pandemia de coronavírus, os setores de RH ganham toda uma nova importância em um cenário de home office estrutural. 

Agora, segundo um artigo do Harvard Business Review, os CHROs (Chief Human Resources Officer, ou Diretores de Recursos Humanos) passam a ter a oportunidade de se tornarem executivos centrais nas empresas.

“Acreditamos que este é o momento de o RH liderar as organizações na navegação pelo futuro. Eles têm uma tremenda oportunidade e responsabilidade de fornecer aos trabalhadores orientação sobre as habilidades e capacidades que precisarão para ter sucesso na próxima década, à medida que novas funções continuam a surgir”, dizem os autores Jeanne C. Master e Robert H. Brown ao Harvard Business Review.

O artigo explica que os centros de pesquisa The Cognizant Center for Future of Work e Future Workplace se juntaram para desenvolver um estudo sobre o papel do RH nas empresas nos próximos 10 anos. O resultado foi a concepção de mais de 20 novos cargos de RH, que incluem responsabilidades detalhadas e habilidades necessárias para ter sucesso em cada função. Para o estudo foram consideradas tendências econômicas, políticas, demográficas, sociais, culturais, comerciais e tecnológicas.

Director of Well-Being (Diretor de Bem-estar)

O futuro do trabalho, segundo a pesquisa, irá incluir o cargo de Diretor de Bem-estar, um líder com foco em gerenciar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos colaboradores. Este profissional terá uma visão macro do bem-estar dos funcionários, integrando sua saúde física, mental, emocional e espiritual, todas em um mesmo pacote.

Work From Home Facilitator (Facilitador do Trabalho Remoto)

O Facilitador do Trabalho Remoto seria o profissional responsável por garantir que os processos, políticas e tecnologias de uma organização sejam adequados para funcionários em home office, bem como atestar que os benefícios recebidos por esses profissionais sejam os mesmos dos trabalhadores presenciais.

Human-Machine Teaming Manager (Gerente de Equipes Homem-Máquina)

À medida que o uso de robôs nas empresas continua a aumentar, será necessário um gestor especializado em trazer o equilíbrio na utilização, colaboração e harmonização entre as relações homem-máquina. Este profissional, segundo o estudo, será chamado de Gerente de Equipes Homem-Máquina.

VR-Immersion Counselor (Conselheiro de Imersão em RV)

Com a realidade virtual se tornando cada vez mais incremental nas empresas, o Conselheiro de Imersão em RV seria o líder responsável por avaliar possibilidades de utilização de realidades virtuais para dimensionar programas de treinamento profissionais, como, por exemplo, integrações, treinamentos, capacitações e requalificações, sobretudo nas áreas de saúde e segurança.

Future-of-Work Leader (Líder de Futuro do Trabalho)

Esta possível profissão será responsável por avaliar cargos e habilidades profissionais que serão essenciais para o sucesso contínuo das empresas. De acordo com a definição oficial, a função se concentrará tanto em definir a estratégia da organização para o futuro do trabalho, quanto em propor esforços de qualificação para os funcionários atuais.

Human Bias Officer (Diretor de Viés Humano)

O responsável por ajudar a mitigar o preconceito em todas as funções de negócios, de acordo com a pesquisa, seria o Human Bias Officer (Diretor de Viés Humano). Esses profissionais garantirão que as pessoas sejam tratadas com justiça durante todo o ciclo de trabalho ― do recrutamento ao desligamento ― independentemente de raça, etnia, gênero, orientação sexual, religião, situação econômica, origem, idade ou cultura.

HR Data Detective (Detetive de Dados de RH)

O Detetive de Dados de RH seria responsável por checar e separar o “joio do trigo” em dados coletados via big data pelas empresas. Com isso, ajudarão a identificar e resolver dificuldades latentes pertinentes a área de RH, como problemas nos desempenhos de funcionários, gerenciar aprendizagens, checar sistemas de benefícios etc.

Chatbot Coach (Coach de Chatbots)

Um Coach de Chatbots seria capaz de aprimorar a experiência dos candidatos através de inteligência artificial, treinando chatbots capazes de lidar com tarefas de rotina de seleção de candidatos e responder às suas perguntas mais frequentes, enquanto os recrutadores humanos teriam mais tempo para se concentrar em áreas estratégicas.

Strategic HR Business Continuity Director (Diretor Estratégico de Continuidade de Negócios de RH)

O Diretor Estratégico de Continuidade de Negócios de RH é um cargo que já existe, e está em ascensão. Ele lidera a equipe de resposta de RH e trabalha com o CEO, CFO etc, além dos Diretores de Instalações, para propor a criação de locais de trabalho mais seguros, tanto para para funcionários presenciais quanto remotos.


+NOTÍCIAS

Como a Nestlé usa a inovação aberta e tendências para se manter competitiva
Entenda o conceito de educação disruptiva
Negócios sociais ganham plataforma de financiamento coletivo
Como o tamanho do portfólio afeta o retorno sobre o investimento em startups?