Foco no engajamento e cuidado dos funcionários são as principais armas do RH hoje - WHOW

Pessoas

Foco no engajamento e cuidado dos funcionários são as principais armas do RH hoje

Com o isolamento social necessário, os funcionários precisam de outras alternativas para interagir entre si, além de ficar a par de quaisquer mudanças no ambiente de trabalho. Foque no engajamento, cuide e apoie seus funcionários

POR Redação Whow! | 04/06/2021 09h19

*Por Denise Asnis*, sócia fundadora da Taqe

Ao  mesmo tempo que a  pandemia aumentou o desemprego, também trouxe inúmeras oportunidades. Em fevereiro de 2021 foram abertas 40,2 milhões de vagas, contra 39,08 milhões no mesmo período em 2020 e os setores essenciais tiveram grande responsabilidade nesse movimento. 

Além da necessidade de repor rapidamente a mão de obra afastada, as organizações tiveram um crescimento acelerado por conta da readaptação da população às restrições. Os supermercados, por exemplo, precisaram responder a uma alta de demanda sem precedentes e precisaram, de forma rápida e pouco planejada, se atualizar, fortalecendo as operações do e-commerce e de distribuição. 

À medida que essas empresas  se movem por meio da recuperação em direção à era pós-pandemia, agilidade e eficiência se tornaram palavras de ordem, pois cada vez mais o  mundo pede urgência, estratégia e velocidade. Por isso, o foco no recrutamento e gestão de pessoas vem ganhando tanta força nesses últimos anos. Abaixo, apresento algumas práticas essenciais para um RH de alta qualidade.

Aposte no match 

As empresas estão entendendo que investir em marketing de recrutamento e plataformas que oferecem uma experiência na jornada de contratação não só ajudam a encontrar os melhores talentos para as vagas, como também aumentam o fortalecimento da marca e a retenção destes profissionais.

As plataformas inteligentes de recrutamento e seleção já estão disponíveis, facilitando todas as etapas de contratação, oferecendo qualidade e eficiência para os times de RH, enquanto entregam uma verdadeira experiência em toda a jornada que o candidato deve percorrer, desde a candidatura até o momento da contratação.

Agilidade é tudo

O problema surge quando o gerente de contratação se vê diante de inúmeros currículos, sem conseguir filtrar e identificar os melhores talentos conforme os critérios de seleção. 

Hoje, já é possível usufruir da tecnologia de inteligência de dados para filtrar rapidamente as candidaturas de acordo com os critérios de cada vaga em aberto. Cada posição pode ter filtros personalizados, tornando o processo de contratação muito mais rápido com a garantia de que os melhores talentos estão sendo escolhidos naquele momento.

Invista e engaje os talentos

O profissional que se torna altamente capacitado entrega maior valor para a empresa. O erro que muitas empresas cometem é pelo medo de capacitar e, posteriormente, perder o candidato para os concorrentes, acaba não investimento na capacitação. Entretanto, essa decisão faz com que a equipe nunca se especialize e, muitas vezes, a empresa acaba deixando de aproveitar grandes oportunidades de negócio.

Não se pode garantir que 100% dos funcionários que foram capacitados internamente se manterão na empresa, porém as chances aumentam quando a cultura da empresa é focada no engajamento e satisfação. Esses dois pontos vão muito além das ações tradicionais. Hoje, ter uma comunicação clara, na qual os líderes expressam suas expectativas, suas métricas de resultado e canais de apoio para o funcionário é mais relevante do que promover ações internas divertidas ou diferentes.

Crie um canal de comunicação direto

Com o isolamento social necessário, os funcionários precisam de outras alternativas para interagir entre si, além de ficar a par de quaisquer mudanças no ambiente de trabalho. Por isso, repense o canal de comunicação.

Ter um meio de comunicação é primordial para manter os laços afetivos. Além de alinhar a comunicação, você também ouve o que os funcionários têm a dizer sobre a rotina do trabalho, como conversar sobre mudanças na escala de trabalho ou receber novas orientações.

Cuide e apoie os funcionários

A saúde tem uma relação direta com a produtividade e o engajamento do funcionário, pois, uma vez que ele tem suas necessidades atendidas, tende a se envolver ainda mais com a causa da empresa e entregar bons resultados.

Mesmo com todos os cuidados, os funcionários precisarão de apoio para lidar com demandas que você não planejou. Afinal, vivemos um cenário incerto e imprevisível e tudo que ele espera de você neste momento é compreensão, acolhimento e um diálogo aberto e genuíno.

Seja gentil nesse momento e ajude-o a prosseguir, apesar das circunstâncias.

É fato que a pandemia transformou o mundo e o RH foi um dos setores que mais teve que se adaptar, se tornando uma fortaleza dentro das companhias. A receita de um RH forte em meio a tempos incertos é complexa, mas o essencial para os essenciais é simples: foco no engajamento e cuidado dos funcionários.

*Denise Asnis é sócia fundadora da Taqe, plataforma de recrutamento e seleção virtual, e profissional com mais de 25 anos de experiência na área de RH. Dentre suas passagens estão as empresas Natura, onde esteve por mais de 10 anos, inclusive como diretora de RH; bem como as organizações Citibank e Banco Crefisul. Na startup, Asnis tem como missão gerar oportunidades para todos – possibilitando que jovens de baixa renda, possam ter acesso ao autoconhecimento, desenvolvimento e busca de emprego de acordo com seu perfil pessoal e profissional.