Fique por dentro do que é DRE e qual a função no seu negócio - WHOW
Eficiência

Fique por dentro do que é DRE e qual a função no seu negócio

Por meio do DRE, é possível ter uma noção de que áreas estão levando a empresa a gerar lucro ou prejuízo em um período de tempo determinado

POR Marcelo Almeida | 01/11/2021 13h47 Fique por dentro do que é DRE e qual a função no seu negócio

Por ser um termo aplicado ao setor contábil, o DRE  acaba não sendo de conhecimento generalizado pelos empreendedores ou aspirantes a empreendedores. Por esse motivo, vamos definir melhor o termo de forma simples e direta.

DRE é uma sigla que significa Demonstração do Resultado do Exercício. Essa demonstração, via de regra, é feita por meio de um relatório contábil que aponta as operações da empresa durante um determinado período de tempo (geralmente de um ano ou menos).

O que é importante é que, por meio do DRE, é possível ter uma clara noção de que a empresa está gerando lucro ou prejuízo. O DRE é um documento obrigatório para a maioria das empresas, menos para os microempreendedores individuais, os chamados MEIs.

Um aspecto importante do DRE é que ele precisa ser assinado por um contador habilitado pelo Conselho Regional de Contabilidade para ter validade, então é bom ficar de olho nisso se você é um empreendedor.

Como usar o DRE para melhorar meus negócios

Como já citado, além de dar um panorama realista do balanço financeiro de seu negócio, tornando-se importante levá-lo em conta na administração da empresa, o DRE também te ajuda na hora de determinar o que está provocando muitos gastos ou gerando grande receita, ajudando a definir estratégias ou mesmo ajustes pontuais nesses quesitos.

Se determinado segmento tem uma grande receita mas a sua performance está muito abaixo do esperado, talvez seja a hora de diminuir o volume de gastos, por exemplo, e focar maiores receitas naqueles que estão tendo uma melhor performance.

Além das questões já citadas, o DRE também é importante porque é por meio dele as agências ficam sabendo se os impostos foram pagos de forma devida, sobretudo por uma análise comparativa entre o DRE e os IRPFs, (Imposto de Renda de Pessoas Físicas), verificando se não ocorrem divergências.

O DRE também pode ser útil na hora de conseguir crédito, já que os bancos, por meio dele, são capazes de avaliar a saúde financeira de sua empresa e decidir se é uma boa ideia oferecer um empréstimo, e a quais taxas.