O que é uma FaaS? Conheça exemplos de sucesso do modelo fintech as a service - WHOW
Vendas

O que é uma FaaS? Conheça exemplos de sucesso do modelo fintech as a service

O modelo de inovação fintech as a service (FaaS) ganha espaço no mundo, atuando em carências que nem as novas gigantes do setor conseguiram resolver

POR Raphael Coraccini | 27/03/2020 09h00 O que é uma FaaS? Conheça exemplos de sucesso do modelo fintech as a service Foto ilustrativa (Freepik)

O surgimento de startups revelam que sempre houve pequenas brechas a serem preenchidas por empresas dentro de setores já estabelecidos e que fazem girar muito dinheiro. O setor financeiro é um deles. As fintechs como um serviço atuam na otimização de serviços financeiros que já estão no mercado há muito tempo, mas otimizando essas soluções de maneira notável.

O conceito fintech as a service (FaaS) está relacionado com a atuação das startups do setor como fornecedoras de serviços para outras fintechs ou para outros setores da economia que precisam otimizar a sua área financeira, seja em meios de pagamento ou na oferta de crédito.

Exemplos de FaaS

Rapyd é um exemplo de fintech as a service em destaque pelo mundo. A startup permite que consumidores ou empresas paguem ou sejam pagos em transações locais ou internacionais. A startup está sendo olhada de perto pelos investidores. Ela recebeu recentemente uma rodada de R$ 100 milhões.

A fintech percebeu que a demanda por operações via transferência bancária crescia no mundo por conta do aumento das operações internacionais, mas que as soluções no mercado ainda impunham dificuldades para esses tipo de operação.

Além de transferências bancárias locais e internacionais, a startup de serviços financeiros também atua com carteiras eletrônicas e dinheiro em mais de 100 países. Ela faz parceria com meios locais de pagamento para realizar as transações entre países diferentes.

Os comerciantes podem facilitar as transações internacionais ao integrar os métodos de pagamento local na API e escalá-los globalmente por várias redes de pagamentos. São mais de 500 meios de pagamento locais que fazem parceria com a Rapyd.

fintech Foto ilustrativa Kelly Sikkema (Unsplash)

Fintech as a Service no Brasil

Hoje, as fintechs de destaque surgem basicamente com um grande serviço e atacam apenas problemas específicos.

Por exemplo, a PagSeguro, por exemplo, surgiu como meio de pagamento; a Creditas focada em empréstimo com garantias; a QuintoAndar (que trafega entre os setores de real estate e financeiro), em crédito imobiliário, entre outras.

No entanto, por aqui, a DinDin é uma das iniciativas no modelo de fintech as a service. A startup pretende usar sua tecnologia para ampliar o portfólio de produtos a serem oferecidos por outras startups do meio financeiro. A ideia é colocar essas fintechs dentro de suas APIs e unir outros serviços a elas. Por exemplo, uma fintech de crédito passaria a oferecer serviços como seguros, investimentos e câmbio.

A ideia da DinDin é aumentar a capilaridade das fintechs por meio de sua plataforma de aplicações.

Outra iniciativa nacional no sentido de oferecer serviços financeiros a fintechs é a ZenFinance. A empresa oferece crédito para os clientes dos seus clientes. A fintech também atua para startups B2C de outros segmentos, como Uber, Dafiti e iFood, oferecendo crédito customizado.

Como é prática entre grandes empresas de outros setores, destaque para as do setor varejista e de turismo, que oferecem serviços financeiros por meio de seus bancos próprios, as startups passam a também elas criarem suas soluções financeiras. Nesse cenário o modelo fintech as a service surge para colocar o conhecimento de uma fintech como intermediadora do crédito, por exemplo, de forma a baratear os custos de contratação desse serviço.

As empresas que contratam isso, têm a oportunidade de colocar mais um serviço dentro de seu portfólio, terceirizando a análise de crédito e a disponibilização do dinheiro para as fintechs como um serviço. A tecnologia vai ocupando todas as fissuras deixadas pelas empresas da economia tradicional no setor de serviços.


+FINTECH

Fintech mira em crédito para micro e pequenas empresas
16 fintechs brasileiras para ficar de olho no ecossistema de inovação
São Paulo é o 5º maior hub de fintechs do mundo
Aprendizados de uma fintech que deu a volta por cima