Ferramentas de marketing digital gratuitas - WHOW

Tecnologia

Ferramentas de marketing digital gratuitas

Cada vez mais, as pequenas empresas passam a buscar soluções de marketing digital para alavancar seus negócios

POR Redação Whow! | 10/06/2021 17h44

Conforme o mundo vai se voltando cada vez mais para as plataformas online, as ferramentas de marketing digital vão ganhando mais força. Até porque, o mercado passa a exigir mais agilidade das empresas, que por consequência, precisam de ferramentas mais rápidas e eficientes para auxiliá-las.

Ou seja, com as ferramentas de marketing digital, é possível acelerar processos e lidar com um grande número de informações. Isso tudo, com o intuito de conquistar mais resultados. Se você quer saber como aplicar essas soluções na sua empresa, confira o texto na íntegra e fique por dentro das novidades do mercado.

Boa leitura!

O que são ferramentas de marketing digital? 

As ferramentas de marketing digital são todas aquelas que podem ser utilizadas para alavancar o seu negócio na internet, como ferramentas de vendas gratuitas como instagram, whatsapp e telegram, ferramentas de produção de material publicitário como Canva, ferramentas de análise de público como google analytics, entre outras.  

Elas podem atuar de várias formas, seja focado em vendas, como também em análise do perfil do público.

A importância do marketing digital em pequenas empresas

Cada vez mais, as pequenas empresas passam a buscar soluções de marketing digital para alavancar seus negócios. Até porque, conforme aponta o IBGE, o Brasil já conta com mais de 132 milhões de usuários da internet. Ou seja, é uma ferramenta essencial para todo e qualquer tipo de empresa.

Neste sentido, ferramentas de marketing digital podem ser muito bem aproveitadas pelos empreendedores de menor porte, visto que permitem investimentos de qualquer quantia. Logo, para a pequena empresa, que está com a renda reduzida, investir em publicidade online, pode ser uma forma de conseguir sucesso em meio ao mercado.

Mas para isso, é preciso que a sua empresa tenha um planejamento a respeito das medidas a serem tomadas neste sentido. Afinal, a maioria dos pequenos negócios não possuem equipes especializadas em marketing. Por isso, a melhor forma, é tentar pesquisar a respeito do conceito e implementar você mesmo. E assim construir o planejamento  de atuação.

Nesse sentido, construa uma persona da sua marca. Ela vai te ajudar a identificar bem quem é o seu público alvo, o que ele espera, como ele se relaciona, quais são suas dores e anseios. Fazendo assim, você estará preparado para melhor atendê-los. 

Redes Sociais

A etapa seguinte é planejar em quais canais a sua empresa irá atuar. Hoje em dia, é praticamente essencial que a sua marca esteja presente nas redes sociais. Até porque, a cada dia que passa, elas possuem mais usuários e são uma forma gratuita de expor não só seus produtos, como qualquer ação da empresa.

E-mail

Acima de tudo, existem inúmeras ações na qual o empresário pode tomar, para propagar a sua empresa. Uma delas é o bom e velho e-mail. Atualmente o correio eletrônico voltou à tona e tem sido um método eficaz para a comunicação.

Profissionais

Por fim, vale destacar que se o seu negócio, possuir alguma renda extra, vale a pena investir em profissionais de marketing digital. Como por exemplo, freelancers, que geralmente, cobram por projeto e possuem um preço mais competitivo. Ou até algumas agências com preços mais acessíveis ou startups que conseguem vender esse serviço de forma mais automatizada.

Ferramentas gratuitas de marketing digital

Canva: criação de materiais para divulgação

O Canva é uma plataforma que está sendo cada vez mais utilizada atualmente. Até porque, o site democratizou o acesso a peças gráficas de qualidade. Em outras palavras, o Canva é um site que permite a qualquer pessoa, montar artes para redes sociais, apresentações, cartão de visita e até outdoor. Com uma plataforma intuitiva e com um passo a passo, pessoas sem nenhum conhecimento em design, conseguem criar diversas peças.

WhatsApp: converse com seus clientes e venda

Apesar de parecer óbvio, muitas empresas ainda não utilizam o WhatsApp para atender seus clientes. O uso do aplicativo é cada vez mais necessário, até porque, o público mais jovem tende a preferir a troca de mensagens do que uma conversa telefônica. Portanto, faça uso dessa ferramenta para se aproximar cada vez mais dos seus clientes. Use o WhatsApp como método de atendimento e de propaganda também.

Semrush: tráfego orgânico através de conteúdo

O SEMrush serve para analisar tanto os resultados patrocinados, quanto os orgânicos. Isso acontece porque a plataforma disponibiliza, de forma gratuita, quais são as melhores palavras chave para o seu negócio. Além disso, a ferramenta ainda permite que o usuário tenha uma noção do Custo Por Clique, da palavra chave que pretende usar. Ou seja, quanto terá que gastar, para anunciar com aquela palavra. Outra função da plataforma é possibilitar, que o usuário tenha uma noção, de como outros sites estão se comunicando a respeito do assunto em pauta.

Google Analytics: análise de métricas que ajudam nas suas vendas

Para que você possa ter uma maior noção a respeito da presença online da sua empresa, é preciso analisar as métricas das suas redes. Ou seja, para entender o que está funcionando ou não no mundo online, vale a pena utilizar ferramentas de marketing digital específicas para isso. Como por exemplo, o Google Analytics. Entre os benefícios de recorrer a este tipo de plataforma, está principalmente a compreensão de quem é o público que visita o seu site.

Até porque, a ferramenta faz uma análise do usuário e recolhe informações como faixa etária, gênero, estado civil, e muitos outros dos seus clientes. Assim sua empresa pode efetuar estratégias de marketing e vendas mais assertivas para seus clientes. 

Dados muito utilizados para determinar qual linha a empresa deve focar esforços. Em suma, fica claro que o uso de ferramentas de marketing digital, pode ser algo muito favorável para alavancar uma empresa.

Principalmente para os donos de pequenos negócios, que muitas vezes, não contam com uma renda específica para a área de comunicação. E aí? Gostou do texto? Então assine a nossa newsletter e receba conteúdos gratuitos todos os dias!