As facilidades criadas pelas healthtechs para programas de terapia - WHOW

Vendas

As facilidades criadas pelas healthtechs para programas de terapia

As healthtechs brasileiras Cíngulo e Vittude se destacam ao facilitar tratamentos a pacientes que precisam de auxílio psicológico

POR Carolina Cozer | 19/09/2019 03h09

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país com maior índice de casos de depressão na América Latina, com cerca de 11,5 milhões de diagnósticos. Em um país onde o acesso à saúde básica pode ser difícil, a psíquica acaba ficando, ainda, em segundo plano. As healthtechs do segmento, além de promover o debate da importância dos cuidados à mente, facilitam o acesso a tratamentos, efetuam rastreamento de emoções e auxiliam em pequenas mudanças no dia a dia.

Autoconhecimento via smartphone

Setembro, o mês em que o Brasil se mobiliza em campanhas de prevenção ao suicídio, foi um momento oportuno para a Cíngulo, startup gaúcha que desenvolveu um aplicativo no formato SaaS de terapia guiada para transtornos de ansiedade e foco. 

A plataforma já conta com quase um milhão de downloads realizadas nas lojas de aplicativos. E nesta semana, a empresa foi aprovada para o próximo ciclo de imersão do StartOut Brasil, em Boston.

Recentemente, a empresa havia sido contemplada pelo Brazil Accelerate 2030, programa sobre negócios de impacto social promovido pelo Impact Hub e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

healthtech Foto Kalhh (Pixabay)

Conectividade entre psicólogos e pacientes

A Vittude é uma healthtech que busca e agenda consultas com psicólogos de modo presencial e online para o seu usuário. A ferramenta foi criada pelos engenheiros Tatiana Pimenta e Everton Hopner. 

A ideia para o empreendimento surgiu após Tatiana passar por duas dores pessoais: a primeira, ao tentar encontrar tratamento adequado para si, em meio às escassas informações presentes nos catálogos de planos de saúde, e também tentar um tratamento para seus pais, residentes do interior do Mato Grosso do Sul — e que precisavam viajar mais de 400 km para receber atendimento adequado em Campo Grande. 

Com uma modalidade similar ao Gympass, a Vittude oferece os seus serviços como um benefício que as corporações podem disponibilizar aos colaboradores. Entre as principais empresas que já utilizam este recurso estão a 99, Imovelweb, Campari, eduK e Resultados Digitais.

Após três anos de existência a Vittude já passou dos 10 mil pacientes cadastrados na plataforma e oferece mais de três mil consultas todos os meses. 

A healthtech passou pelo processo de aceleração da Startup Farm, recebendo um aporte de R$ 50 mil para seu nascimento. Até o momento, já receberam um prêmio de US$ 30 mil da Cartier Women’s Initiative Awards e uma bolsa de US$ 17 mil do Google, e esperam pela captação de algum investimento de série A.

Mercado global das healthtechs

Dados da Rock Health apontam que o mercado digital de saúde está acelerando, com mais de US$ 8,1 bilhões investidos em 2018, computando uma taxa de crescimento de 42% ao ano. Foi um ano recorde para o mercado, porém o tamanho de crescimento pode apresentar um risco de bolha, uma vez que a quantidade de novas empresas surgindo é enorme, e a maioria ainda não fez abertura de capital. 



+ STARTUPS

As startups mais desejadas para se trabalhar no Brasil
Há vagas: 10 startups que estão em busca de talentos
As asas dos unicórnios brasileiros
7 startups que receberam aportes em agosto
Grandes empresas apostam em programas de aceleração para startups