Especialista dá dicas sobre como usar a inovação e a estratégia em tempos incertos - WHOW

Vendas

Especialista dá dicas sobre como usar a inovação e a estratégia em tempos incertos

Doutora em inovação e consultora para empresas da Fortune 500, Rita McGrath ensina que os líderes precisam favorecer a velocidade

POR Eric Visintainer | 09/11/2020 10h25 Imagem Johannes Plenio: Unsplash Imagem Johannes Plenio: Unsplash

A única certeza será a constante incerteza no mundo, e isso se aplica aos negócios e ao comportamento dos consumidores. Especialistas dentro e fora do Brasil afirmam que o antídoto para uma trajetória menos complexa será composto por dois fatores: adaptação e agilidade. Desta forma, a edição de novembro da Consumidor Moderno, empresa-irmã do Whow!, foi buscar novos entendimentos e dicas na sabedoria das quase três décadas como docente de Rita McGrath.

A professora da faculdade de Administração da Universidade de Columbia em Nova York, doutora em inovação, empreendedorismo e estratégia e autora também já dividiu os seus conhecimentos com empresas da Fortune 500.

Inovação e a estratégia em tempos incertos

inovação Doutora em inovação e consultora para empresas da Fortune 500, Rita McGrath ensina que os líderes precisam favorecer a velocidade. Foto Rita McGrath: divulgação

Éric Visintainer: Você comenta que Estratégia e Inovação são temas de alta incerteza. O que os líderes podem fazer para se adaptar a esse cenário? 
Rita McGrath: O problema básico é que há um alto nível de incertezas. As pessoas não entendem o que esperar e quais serão os próximos passos. As empresas que vão sobreviver serão aquelas que vão hackear o sistema. Quanto mais um líder encorajar a empresa a experimentar e desvendar novos dados, melhores serão as perspectivas.

EV: As sociedade estão preparadas para experimentar novas inovações disruptivas ou ainda vamos caminhar por uma fase incremental?
RM:
 
Acredito que sempre estamos prontos para inovações disruptivas. Mas o digital criou um novo tipo de disrupção. Existem competidores no meio digital que não precisam comprar servidores e não precisam contratar programadores, pois conseguem isso no mercado. Então, eles podem abordar os consumidores com um produto tão bom quanto dez vezes mais barato ou com o mesmo valor, mas dez vezes melhor. O modelo disruptivo no ambiente digital torna-se exponencialmente maior.