Especial investimentos em startups: 38 aportes e 7 aquisições em outubro - WHOW

Tecnologia

Especial investimentos em startups: 38 aportes e 7 aquisições em outubro

O último mês teve recorde no levantamento do Whow!. Fique por dentro dos aportes e aquisições no ecossistema de startups brasileiras

POR Adriana Fonseca | 05/11/2020 13h32 Imagem Markus Spiske: Unsplash Imagem Markus Spiske: Unsplash

Todo mês, desde agosto de 2019, o Whow! faz um levantamento com os investimentos em startups brasileiras. Em outubro, com a colaboração da 100 Open Startups, foram identificados 38 aportes, acima de R$ 1 milhão, e 7 aquisições. Esta quantidade representa um recorde no levantamento do site. O último havia acontecido em agosto deste ano.

Segundo dados do Distrito, as startups brasileiras já receberam US$ 2,49 bilhões até o final do mês passado, apenas neste ano. O valor corresponde a um total de 338 rodadas. E 118 aquisições de startups já ocorreram em 2020. 

E atualmente, de acordo com dados da plataforma Sling Hub, houve um aumento de 2,1% na quantidade de startups no Brasil, e chegando em 14.418, bem como 201 programas de aceleração, crescimento de 2%, em comparação com setembro, 39 venture builders, aumento de 2,6%. O relatório também aponta que, as empresas da nova economia com sede em São Paulo receberam R$1,32 bilhões, em Minas Gerais foram R$581 milhões e no Rio de Janeiro R$ 201 milhões.

Ao final da matéria estão os links para os levantamentos dos últimos meses.

Investimentos em startups brasileiras

2morrow Sports

Com uma solução voltada ao entendimento e monetização do engajamento de torcedores dos times de futebol a startup conquistou um aporte de R$ 1,5 milhão da OutField Capital.

A55

A startup que oferece empréstimos para startups de tecnologia e e-commerces captou US$ 2 milhões com a E3 Negócios, através de seu fundo de investimentos ZFM. Em maio, a empresa já havia levantado US$ 5 milhões com o braço de venture capital do Santander.

Alright

A startup gaúcha que conecta anunciantes e veículos de comunicação recebeu um aporte com recursos do Fundo Criatec 3, criado pelo BNDES e gerido pela KPTL. Esta é a segunda vez que a KPTL investe na startup. Somados, os aportes de 2019 e 2020 totalizam R$ 5 milhões.

Amyi

Menos de um ano após o lançamento, a startup brasileira de perfumaria anunciou a conquista de um investimento anjo no valor de R$ 1 milhão. A Amyi irá usar os recursos para trazer lançamentos para o seu portfólio, avanços na jornada sensorial e educativa online, incremento do time e ações de growth hacking. A startup está se preparando para que a próxima captação seed de investimento aconteça no primeiro semestre de 2022. O investimento foi liderado pela GVAngels, grupo de investidores-anjo formado por ex-alunos da Fundação Getulio Vargas (FGV). A Wishe, grupo de investimento focado em startups inovadoras lideradas por mulheres, completou o aporte.

Asaas

A plataforma de gestão financeira para microempreendedores e pequenas empresas recebeu um investimento de R$ 37 milhões da Inovabra Venture, o fundo corporativo de venture capital do Bradesco. Esse é o maior investimento já recebido pela startup até o momento. Atualmente, a empresa tem 50 mil clientes. Também participou da rodada a Parallax Ventures, especializada em fintechs, e que já havia realizado um aporte nessa mesma startup antes.

Whow Festival 2020 Arte Grupo Padrão

Ativa Soluções

A empresa mineira especializada em fornecer soluções de conectividade em tempo real e que desde 2004 tem a tecnologia IoT como força motriz recebeu investimento da gestora KPTL, por meio do Fundo Criatec 3, e Wayra, hub de inovação aberta da Vivo no Brasil e da Telefônica. 

AZpop

A plataforma que permite ao usuário contratar ou oferecer serviços via WhatsApp foi uma das selecionadas para participar do programa de aceleração Product Club, nos Estados Unidos. A participação no projeto rendeu à empresa um aporte de R$ 1,8 milhão que ajudará no desenvolvimento do produto e novas funcionalidades.

Bebida na Porta

A startup de delivery de alcoólicos e não alcoólicos anunciou um aporte de R$ 1 milhão. A rodada, que contou com a participação da Rede Anjos do Brasil, Poli Angels e investidores-anjo, ajudará a startup na abertura de novas lojas e expansão de sua atuação em toda Grande São Paulo.

Bitfy

A carteira multiuso e sem custódia de bitcoins anunciou o levantamento de R$ 1,4 milhão em investimentos em uma rodada liderada pelo grupo brasileiro de investidores Urca Angels.

BizCapital

A Oikocredit investiu um adicional de R$ 20 milhões em uma rodada Série B na BizCapital, fintech que concede crédito para pequenas empresas, elevando o total do aporte para R$ 85 milhões. A DEG, subsidiária do banco alemão KfW liderou a rodada Série B de US$ 12 milhões em junho. Antes disso, a Quona Capital, Monashees e Chromo Invest investiram R$ 15 milhões na fintech em janeiro de 2018 e R$ 20 milhões em outubro daquele mesmo ano.

BPool

A startup que une grandes anunciantes com profissionais e empresas do setor criativo recebeu R$ 5 milhões da Chromo Invest. O recurso será usado para expansão na América Latina e ingresso no segmento de pequenas e médias empresas.

Celcoin

A Vox Capital liderou a rodada de R$ 23 milhões na startup que oferece infraestrutura de pagamento para microempreendedores e fintechs, com foco em desbancarizados. O hub de inovação BoostLAB, do BTG Pactual, participou da rodada.

Chatpay

A KaszeK Ventures liderou a rodada de investimento de US$ 2,1 milhões feita na Chatpay. A startup desenvolveu uma ferramenta de gestão que permite a coaches e criadores de conteúdo on-line montarem grupos do WhatsApp e Telegram, cobrarem pelo acesso e fazerem a gestão do negócio. Já são cerca de 200 clientes utilizando a plataforma e, juntos, somam 15 mil usuários pagantes.

investimentos em startups Imagem: Unsplash

Conductor

A plataforma de software de emissão de cartões e serviços bancários anunciou a captação de US$ 150 milhões em uma rodada liderada pela Viking Global Investors e com participação da Sunley House Capital, afiliada da Advent International. Os novos acionistas se unem aos investidores anteriores Riverwood Capital e Visa.

Configr

A empresa especializada em gerenciamento de infraestruturas em nuvem recebeu um aporte de R$ 4 milhões. A rodada de investimentos foi realizada pela Invest Tech e acompanhada pela KPTL, GVAngels e Garan Ventures.

Cortex

A Riverwood Capital investiu R$ 50 milhões na Cortex, plataforma de vendas e marketing SaaS. Participaram da extensão da rodada Série B Redpoint eVentures e Endeavor Catalyst. Em junho,  o Softbank aportou US$ 22 milhões na startup nessa mesma rodada.

Cuidas

A healthtech que conecta empresas com médicos e enfermeiros para oferecer atendimentos aos colaboradores de empresas captou mais de R$ 17 milhões em uma rodada de investimento coliderada pelos fundos Kaszek Ventures e Península Participações. A iniciativa também contou com alguns investidores-anjo como Jorge Paulo Lemann.

Delivery Center

As gestoras de shopping centers BR Malls e Multiplan investiram R$ 30 milhões na plataforma que integra varejo físico e on-line. Desse total, R$ 18,6 milhões virão da Multiplan e os outros R$ 9 milhões, da BR Malls. 

Dr. Jones

A marca de produtos de beleza para homens captou R$ 6 milhões em uma rodada liderada pela Igah Ventures, gestora que surgiu da fusão entre a Joá Investimentos e a e.Bricks Ventures. Também participou da rodada a Norte Ventures e dois investidores pessoa física. 

Even3

A plataforma de eventos com sede em Recife, Pernambuco, recebeu um aporte de R$ 4 milhões do fundo DOMO Invest. Esta é a segunda rodada de captação da startup. 

Gove

A plataforma de inteligência que se propõe a aumentar a eficiência das finanças municipais anunciou a conquista de um aporte de R$ 8 milhões realizado pela Astella Investimentos. Essa é a maior rodada seed já levantada por uma govtech no Brasil, segundo a startup. 

Horus Aeronave

A agtech que oferece soluções de monitoramento agrícola com drones captou R$ 2 milhões por meio da EqSeed, plataforma online de equity crowdfunding. Esta é a segunda rodada concluída pela AgTech na plataforma.

Iara Health

A startup gaúcha especializada em reconhecimento de voz para o setor de saúde recebeu um aporte de R$ 2 milhões da Ness Health, startup que fornece soluções para o mercado de medicina diagnóstica.

Joinkey

A fintech recebeu aporte de R$ 3 milhões da pagolivre, empresa de meios de pagamento que já havia aportado R$ 2 milhões na startup no começo do ano.

MedPass

A plataforma de gestão de saúde para funcionários de pequenas e médias empresas levantou US$ 6 milhões de investidores que não tiveram os nomes revelados. Antes disso, em 2016, a MedPass havia levantado US$ 1,5 milhão do fundo brasileiro de private equity OSF Merchant Banking. 

Nuvem Shop

A plataforma de e-commerce recebeu aporte de US$ 30 milhões em rodada série C liderada por Qualcomm Ventures e Kaszek Ventures. Também participaram da rodada FJ Labs, IGNIA, Elevar Equity e Kevin Efrusy, sócio emérito da Accel Partners.

NVoip

A startup mineira do ramo de telecomunicações anunciou ter recebido um investimento de R$ 3 milhões em uma rodada liderada pelo BR Angels Smart Network, associação de investimento-anjo composta por executivos C-Level com atuação em grandes empresas de diferentes mercados. Os outros investidores participantes são a Cedro Capital e a Bossa Nova Investimentos.

OnePay

A startup do mercado de pagamentos, banking e operações financeiras anuncia que efetivou sua primeira rodada de investimentos com valuation de R$ 70 milhões. O valor, não revelado, será utilizado no crescimento das equipes comercial e de tecnologia, na expansão para operações internacionais, no incremento da estrutura de marketing, na construção de um novo posicionamento institucional e também na estruturação de novos produtos financeiros.

Pier

A startup que atua como seguradora de veículos e smartphones recebeu um aporte de US$ 14,5 milhões em uma rodada liderada pela Monashees e com participação da Canary, MELI Fund e BTG Pactual. 

Pink

A empresa carioca especializada em comunicação empresarial via WhatsApp recebeu um aporte de R$ 3 milhões em rodada seed liderada pela gestora Fuse Capital.

Prêambulo Tech

A lawtech do Paraná recebeu aporte de R$ 3 milhões do fundo de venture capital KPTL, com recursos do Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e Fomento Paraná. O investimento será destinado ao desenvolvimento de novos produtos e da área comercial da empresa.

Sami

Valor Capital e Monashees lideraram uma rodada de R$ 86 milhões na plataforma de gestão de planos de saúde para pequenas e médias empresas. A Série A teve participação da Canary e Redpoint eVentures.

Skeelo

A startup de livros digitais anunciou uma rodada de aporte de R$ 20 milhões. Entre os cinco investidores está a apresentadora Ana Maria Braga.

Take Blip

A plataforma de comunicação digital mineira criada em 1999 recebeu aporte de US$ 100 milhões do fundo de private equity Warburg Pincus. A empresa oferece um sistema para que as marcas conversem com os consumidores por canais on-line por meio de atendentes e chatbots. Esta foi a maior rodada Series A já realizada no País.

Transfeera

A fintech recebeu aporte de R$ 3 milhões liderado pelo fundo Godz Capital e participação da Bossa Nova Investimentos, Honey Island e Curitiba Angels.

Transfero Swiss

A empresa internacional de soluções financeiras baseadas em tecnologia blockchain anunciou um investimento de R$ 40 milhões da Alameda Ventures, braço de investimentos da Alameda Research. Fundada em 2017, a Transfero tem sede no Crypto Valley, em Zug, Suíça, e no Rio de Janeiro.

Vivant

A marca brasileira de vinho em lata fechou uma rodada Série A que avaliou a empresa em R$ 55 milhões. Hoje, a Vivant já vende seus produtos em 3 mil pontos de redes como St. Marché, Super Nosso (Minas Gerais), Zona Sul (Rio de Janeiro) e Grupo Mateus, além do e-commerce. Recentemente fechou acordo com o Grupo Pão de Açúcar.

Yvy

A startup que vende produtos de limpeza naturais em cápsula via planos de assinatura recebeu um aporte de R$ 3 milhões. A rodada tem a participação de Gustavo Roxo (ex-BTG Pactual), Paula Nader (ex-Santander) e Marcos Angelini, CEO da RedBull na América Latina.

Aquisições em outubro

Conexa Saúde

A startup fez sua primeira aquisição ao comprar a mineira iMedicina, empresa de softwares para médicos que integra prontuário eletrônico, ferramenta de marketing e CRM.

D1 (Bradesco)

A D1, startup do Bradesco, vai desembolsar R$ 85 milhões para adquirir a Smarkio. A aquisição vai unir duas startups especializadas na comunicação e no atendimento a clientes com uso de tecnologia e inteligência artificial.

Locaweb

A Locaweb informou a compra da Etus Social por R$ 18,95 milhões. A Etus Social Network Brasil é uma empresa de solução para gestão de marketing digital.

Magazine Luiza

O Magazine Luiza anunciou a compra da plataforma digital de logística GFL. A operação será absorvida pela LogBee para ampliar as operações de entrega rápida e coleta de produtos de vendedores do marketplace da varejista. A varejista também adquiriu a ComSchool, plataforma de cursos voltada para o mercado de e-commerce e performance digital.

OLX Brasil

A OLX Brasil anunciou que completou o processo de aquisição do Grupo ZAP, inicialmente anunciado em março, pelo valor aproximado de R$ 2,9 bilhões. A transação foi aprovada em 1° de outubro pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), e o investimento foi igualmente financiado pelos dois investidores da OLX Brasil. A partir de agora, a empresa passa a operar no mercado imobiliário sob as marcas OLX, ZAP e Viva Real, com posicionamentos complementares para atender às diferentes demandas de consumidores finais, anunciantes privados e profissionais do setor.

Via Varejo

A Via Varejo informou a compra da empresa de tecnologia I9XP, especializada no desenvolvimento de tecnologias para e-commerce. Os valores não foram divulgados.

Zucchetti

A empresa catarinense Compufour, especialista no desenvolvimento de sistemas de gestão para micro e pequenas empresas, anunciou que agora integra o grupo italiano Zucchetti. O valor da transação foi de R$ 100 milhões.
investimentos


+INVESTIMENTOS EM STARTUPS

17 aportes e 11 aquisições em setembro
24 aportes e 12 aquisições em agosto
13 aportes e 12 aquisições em julho
20 aportes e 3 aquisições em junho no Brasil