SAVE THE DATE 23, 24 E 25 JUL 2019 ARCA - SP SAVE THE DATE 23, 24 E 25 JUL 2019 ARCA - SP SAVE THE DATE 23, 24 E 25 JUL 2019 ARCA - SP
o mais incrível festival de inovação para negócios do País
O efeito Yellow está impulsionando as vendas de bikes e patinetes
Escrito por Raphael Coraccini | 22 de Maio de 2019 | 4 semanas atrás

Indústria nacional de bicicletas registrou crescimento da produção duas vezes maior que o da automobilística. Vendas de bikes e patinetes também crescem na internet. As startups de mobilidade têm influência nesse avanço

Se a indústria nacional apresentou resultados modestos no número de itens produzidos em 2018, o mesmo não pode ser dito do setor de veículos não motorizados. Enquanto a produção total brasileira cresceu 1,1% (IBGE) no ano passado, a produção de bicicletas cresceu 16%.

O número é mais de duas vezes maior que o crescimento da indústria automobilística, que cresceu 6,7% em 2018, somando 2,7 milhões de veículos entre carros, caminhões e ônibus. O desempenho do mercado de automóveis poderia ser melhor não fosse a redução nas exportações.

As principais capitais do país contam com mais de 3 mil quilômetros de ciclovias, segundo dados disponibilizados pelas prefeituras em 2018. Nesse cenário, a indústria de bikes cresce acima da média por conta do aumento da demanda interna, impulsionada pelas iniciativas voltadas para o transporte não-motorizado em várias cidades pelo Brasil, em especial, pelas regiões centrais.

Segundo dados da Abraciclo (Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), responsável pelos números do mercado de bikes, foram 773 mil unidades produzidas no ano passado. Para este ano, a estimativa é de crescimento de 10%.

Varejo

E não foi só a indústria que se beneficiou do aumento no número de ciclistas no País. As vendas no varejo também aumentaram, em especial, na internet. A Netshoes verificou um crescimento expressivo nas vendas de bikes, com aumento de 42% no primeiro trimestre.

Patins e patinetes (este, no centro da polêmica de regulação do uso de novos modais), também estão mais populares entre os consumidores. De janeiro a fim de março, as vendas dessas modalidades de transporte individual apresentaram crescimento e 46% no marketplace da Netshoes na comparação com o mesmo período de 2018.

“As pessoas têm optado por meios de transportes alternativos, que permitam a locomoção de forma mais ágil e, ainda, que estejam alinhados com um estilo de vida mais saudável e ativo. Acreditamos que as vendas de bicicletas, patinetes e de outros modais de transporte, como o skate, devem continuar em alta”, destaca Mauro Lopez, diretor de Marketplace da Netshoes.

Top