Dicas para validar sua ideia de negócio - WHOW

Pessoas

Dicas para validar sua ideia de negócio

Através de uma comprovação da sua ideia, você poderá se tornar mais preparado para realmente colocar a mão na massa evitando quebrar a cara

POR Redação Whow! | 22/07/2021 16h29

Muitas empresas nascem de uma simples ideia de negócio. Mas entre a ideia e a sua validação no mercado, o percurso não é tão simples assim. Para evitar surpresas e compreender se o seu negócio está alinhado com as necessidades do público, é muito importante que você valide sua ideia. É através dessa comprovação que você poderá entrar no mercado com menos chance de fracassar. 

Se você quer saber sobre a importância e algumas dicas para validar sua ideia, confira esse texto exclusivo que preparamos para você e boa leitura!

A importância da validação da sua ideia

Separamos aqui três pontos importantes que a validação de ideia pode gerar para o seu negócio, confira:

  • Economia de tempo: trabalhar um longo período numa ideia e só descobrir que ela não funciona quando colocada em prática pode desperdiçar tempo que você poderia estar focando em projetos melhores;
  • Reduz o gasto financeiro: para tirar uma ideia do papel, também é preciso gastar dinheiro. Por isso, ao validar sua ideia, você economiza parte dos recursos que possui;
  • Não desmotiva você, nem a sua equipe, pois é muito frustrante investir tempo e dinheiro numa ideia que não vinga. Portanto, ao testar e validar sua ideia de negócio, você consegue evitar frustrações de todas pessoas envolvidas no projeto.

Problemas em não validar sua ideia de negócio

Basicamente, não validar a sua ideia de negócio pode gerar alguns problemas no futuro da sua empresa. 

Conforme mencionamos acima, é possível que você invista tempo, esforço e dinheiro numa ideia que não necessariamente vai para frente. Afinal, nada garante que o público irá se interessar efetivamente pelo serviço ou produto oferecido pela sua empresa. Além disso, ao colocar um produto ou serviço no mercado sem validá-lo previamente, a sua empresa corre o risco de não encontrar clientes interessados, ou ainda atingir um público-alvo errado. Isto vai gerar um problema de comunicação, já que o negócio precisará investir em campanhas para se reposicionar no mercado e impactar o público correto no futuro. 

Dicas para validar sua ideia de negócio

Antes de tudo, busque saber se alguém já teve a mesma ideia que a sua. Não se esqueça de também verificar se já não existe algo parecido até em outro país. Caso positivo, já é um indício de que há mercado em potencial para o seu produto ou serviço. 

Mesmo que algo similar já tenha sido criado, não significa que você já começa perdendo a competição. Aproveite esse conhecimento para estudar os concorrentes e promover melhorias na sua empresa.

Depois disso, o próximo passo é tentar pesquisar com pessoas próximas a você, principalmente naquelas que você confia, se aquela ideia funcionaria para eles. Assim, você consegue feedbacks honestos sobre o projeto.

Outra dica é buscar o máximo de informações a respeito do segmento em que você deseja entrar, seja indo atrás de dados sobre os concorrentes, ou pesquisando através das redes sociais, vídeos e até podcasts. É muito importante que você tenha o maior número possível de informações de diferentes fontes para conseguir validar ou não a sua ideia. De preferência, tente reunir opiniões diferentes e então construir a sua própria.

Por último, mas não menos importante, é necessário realizar testes rápidos e de baixo custo. Disponibilizar um protótipo de sua ideia para um grupo seleto de clientes é a melhor forma de validar um produto na prática. 

Pontos a validar

Após buscar dados teóricos, é a hora de validar sua ideia de um ponto de vista mais mercadológico. Nessa etapa, você deve buscar diferentes aspectos do serviço ou produto que está querendo se inserir.

Para facilitar a visualização, separamos uma lista dos principais pontos a validar, confira:

  • perfil do público alvo;
  • tamanho do público alvo.
  • preço que a concorrência costuma cobrar;
  • qual o tipo de posicionamento que a concorrência costuma usar;
  • quais canais de distribuição estão disponíveis;
  • como se relacionar com potenciais clientes.
  • qual é a fonte de receita;
  • atividades e processos necessários para implementar e concretizar a empresa no mercado.

Vale destacar que esses são só alguns pontos genéricos para validar um negócio, e que cada empresa possui suas especificidades e necessidades. Por isso, o ideal é pesquisar muito bem o segmento do mercado que você está se inserindo.

Como validar?

A resposta é: através de pesquisas de marketing. Ou seja, realizando estudos específicos que testem se o seu conceito irá funcionar. Dessa forma, o empreendedor poderá saber a maturidade, o tamanho e qual a melhor forma de se posicionar no mercado.

Além disso, esse teste pode apresentar uma confirmação a respeito do perfil do público alvo, ajudando o empreendedor a desenvolver uma maneira capaz de realmente adentrar o mercado, através de uma solução que realmente supra as necessidades do consumidor.

Um estudo como esse possibilita não só uma boa visão a respeito do futuro da empresa, como também permite que o negócio tenha informações importantes e já saia na frente da concorrência Dessa forma, podemos concluir que a validação de uma ideia de negócio é essencial para as empresas que desejam medir a temperatura do mercado que estão se inserindo.

Por isso, antes de abrir o seu negócio próprio, invista em pesquisas e estudos que tragam informações precisas e economize esforço, tempo e dinheiro na hora de tirar o projeto do papel.

Gostou desse conteúdo? Então assine agora mesmo a nossa newsletter e fique por dentro dos outros textos produzidos pela Whow!