Dicas para fazer o seu primeiro plano de negócios
Vendas

Dicas para fazer o seu primeiro plano de negócios

O plano de negócios é um documento que irá analisar todas as questões da sua empresa, quais são os seus objetivos e como você pretende conquistar

POR Redação Whow! | 25/06/2021 10h59 Dicas para fazer o seu primeiro plano de negócios

Não importa qual o tamanho da sua empresa, você deve ter um plano de negócios. Afinal, ele irá direcionar qual o caminho que o seu negócio deve seguir no futuro. Por isso, se você irá iniciar o seu negócio próprio, ou já tem um e gostaria de saber como melhorar algumas questões, saiba que é preciso planejar tudo isso muito bem. Quer saber um pouco mais sobre esse tema? Então confira esse conteúdo exclusivo que preparamos para você e boa leitura!

O que é plano de negócios? 

O plano de negócios nada mais é do que um documento que você irá planejar o futuro da sua empresa. Nele você irá abordar quais são os seus objetivos e como você pretende conquistá-los. Assim, é válido englobar diversas características da sua empresa. Como por exemplo quais são os pontos mercadológicos, estratégicos, financeiro e operacional.

Ou seja, basicamente o seu Plano de Negócio será a rota para que você consiga alcançar aquilo que almeja para a sua empresa. No entanto, vale ressaltar que esse tipo de planejamento não é apenas um conjunto de ideias e previsões. Você deve construí-lo a partir de uma ampla pesquisa de mercado, abordando dados e informações que possam te auxiliar a conseguir crescer ou criar uma empresa.

Por que o plano de negócios é importante para minha empresa?

Para conquistar qualquer coisa, você deve começar com um bom plano. Isso vai desde tarefas do dia a dia, até para o ambiente empresarial. Ou seja, o planejamento já faz parte das nossas vidas, por que não aplicá-lo ao seu negócio?

Logo, antes de iniciar um projeto, é muito indicado conhecer os pontos fortes e fracos dele. E isso é ainda mais importante no mundo dos negócios, no qual existe uma ampla concorrência e envolve recursos financeiros.

Dessa forma, uma das funções do plano de negócio é te auxiliar a ter um panorama sobre como será o funcionamento da sua empresa dentro do seu segmento. Afinal, cada caso é um caso e é preciso compreender as particularidades necessárias para funcionar, antes mesmo de investir capital no projeto. Para facilitar a compreensão, separamos as vantagens de contar com um planejamento para a sua empresa, confira:

  • maior organização entre as partes da empresa;
  • poder prever quais são os cenários favoráveis e desfavoráveis para o seu segmento;
  • estar preparado para imprevistos. Assim, ao planejar você irá compreender quais são os possíveis problemas do seu mercado;
  • ter um acompanhamento de execução . Ou seja, comparar com o que estava sendo realizado  com o que está previsto
  • caso você precise de investimentos ou financiamentos, ter um Plano de Negócios pode te ajudar a encontrar as melhores condições, visto que você analisou as possibilidades com calma.

Dicas de como fazer um plano de negócios 

Modelo de negócio

Antes de realmente começar a fazer o seu plano de negócio, é preciso entender qual é o modelo que faz mais sentido para você. Em outras palavras, não adianta nada você fazer um bom planejamento, sendo que o modelo de negócio não está claro. 

Portanto, primeiramente você deve desenhar algumas opções de modelo de negócio. E então você testa e encontra qual é a melhor para você. Testar é uma parte muito importante na equação, pois ele te permite corrigir rotas usando o feedback dos seus clientes para isso.

O modelo de negócios é um documento sucinto, que tem como intuito analisar e refletir sobre o conceito da empresa, para que se possa analisar se a ideia é viável.

Resumo executivo

O resumo executivo deve falar brevemente como o seu plano de negócios irá funcionar. Normalmente, esta é a última parte a ser feita, pois ela já exige informações mais concretas, como por exemplo:

  • missão da sua empresa;
  • descrição do negócio e o que oferece de diferencial;
  • um resumo sobre o perfil da sua equipe;
  • que serviços ou produtos você irá oferecer e como eles irão beneficiar o público-alvo;
  • quem já são os clientes da sua empresa.
  • o endereço da sua empresa (se houver);
  • qual é o investimento total do projeto;
  • forma jurídica;
  • enquadramento tributário

Ao construir o resumo executivo do seu Plano de Negócios, você deve pensar em quem irá lê-lo. Ou seja, os possíveis investidores, parceiros ou sócios. É para eles que esse documento se destina, afinal, a maioria deles não terá tempo suficiente para analisar o seu plano inteiro logo de início.

Por isso, o resumo executivo pode servir como uma carta de apresentação. Portanto, tente focar nos pontos positivos da sua empresa e quais são as oportunidades disponíveis no mercado.

Análise de mercado 

Nesse tópico você deve tentar compreender quem será o seu público, como funciona o serviço dos seus fornecedores e o que sua concorrência têm feito.

Este é um dos pontos mais importantes do seu planejamento, pois irá ajudar você e os seus possíveis parceiros, a compreender melhor o mercado que estão se inserindo.

Dessa forma, são três os principais pontos de análise de mercado:

  • segmentação dos clientes: Seu produto é destinado ao público final ou à empresas? Quais são as características deles? Qual é a frequência que vão precisar do seu produto? Por que compram?
  • análise da concorrência: Como meus concorrentes vendem este produto? Com que preço? Qual é a forma de atendimento? Que benefícios eles oferecem? Como posso me sobressair a eles?
  • análise de fornecedores: Quais são os fornecedores disponíveis no mercado? Quanto cobram? Quais os melhores produtos? Quais entregam no prazo?

Todas essas perguntas devem ser levadas em conta na hora de construir o seu planejamento estratégico. Somente assim ele ficará mais completo e fiel a realidade.

Conclusão

Após levar em conta todas essas particularidades do plano de negócios, é possível compreender que ele pode ser extremamente benéfico para o seu negócio. Pois, permite uma noção maior a respeito de onde sua empresa está situada e até onde ela pode chegar.

Além disso, ele é ideal para aqueles empresários que desejam conquistar novas parcerias e investidores. Pois apresentam de forma completa, tudo o que eles precisam saber.

Assine a nossa newsletter  gratuitamente para receber mais conteúdos relacionados ao mercado de trabalho.