Descubra o que é o Marketing de Permissão - WHOW

Eficiência

Descubra o que é o Marketing de Permissão

Entenda neste conteúdo o conceito, a importância, os benefícios e como aplicar as estratégias do marketing de permissão na sua empresa

POR Redação Whow! | 27/07/2021 12h46

Todos os dias, recebemos uma verdadeira enxurrada de informações, seja pelas nossas redes sociais, ligando a TV ou, até mesmo, ouvindo um podcast. Mas, será mesmo que queremos ter contato com tudo isso? Até onde vai o limite de uma marca ao se comunicar com a sua audiência?

O conceito de marketing de permissão surgiu a fim de ser este termômetro entre uma empresa e seus consumidores. Neste conteúdo, entenda o que é este conceito, veja a importância, os benefícios e como aplicar essa estratégia no seu negócio. 

Afinal, o que é Marketing de Permissão?

O marketing de permissão é uma modalidade de comunicação com a audiência na qual a permissão do cliente é fundamental, ou seja, uma marca só poderá interagir com os seus consumidores mediante a autorização dos mesmos. 

Em resumo, no marketing de permissão um cliente só poderá receber qualquer tipo de material publicitário mediante a sua autorização explícita. Dessa forma, o limite imposto pelo cliente é aceito e respeitado, algo muito positivo para a reputação da marca. 

O conceito de marketing de permissão não é novo, tendo surgido em 1999 em um livro publicado por ninguém menos que Seth Goldin, um dos maiores nomes do marketing dos anos 1990. O livro chama-se “Permission marketing: turning strangers into friends, and friends into customer”, que significa, em português, “Marketing de Permissão: transformando estranhos em amigos, e amigos em clientes”.

Nessa época, também não muito diferente do que é hoje, o público era bombardeado por muitas e muitas propagandas. Porém, elas não eram tão direcionadas e a competição pela atenção de quem realmente interessava era muito alta. 

Assim, nesse contexto, o marketing de permissão ganha força, não somente para respeitar o consumidor, como também para afunilar as estratégias de marketing, tornando-as mais eficazes. 

Conheça a importância do Marketing de Permissão

Mas, por que é tão importante respeitar os desejos dos clientes? Primeiro, porque nenhuma marca deseja ser vista como inconveniente.  Além disso, ao adotar uma postura insistente e intrusiva, o resultado pode ser extremamente negativo para a empresa, considerando que o público poderá se afastar e criar uma verdadeira repulsa da marca. 

Assim, analisando os benefícios para as próprias empresas, o marketing de permissão estimula o foco apenas em grupos de clientes que já demonstraram interesse com a marca, considerando uma probabilidade maior de conversão.

Imagine que você vende cursos na internet e tem um processo estruturado de funil de vendas. Dessa forma, considere um cliente “A” que assinou a sua newsletter, abre os seus e-mails marketing, segue sua empresa nas redes sociais e entrou em um de seus grupos via WhatsApp.

Agora, imagine um cliente “B” que, assinou a sua newsletter, segue sua página nas redes sociais, mas que não abre nenhum dos seus e-mails e não se interessou em participar do grupo vip do WhatsApp. 

Qual desses têm a maior probabilidade de comprar: o cliente A ou o B?  A resposta é o cliente A. Afinal, ele interage e engaja bem mais com seu conteúdo. Então, direcionar esforços para converter este consumidor é muito mais proveitoso que focar nos outros que pouco ou quase nada interagem com sua marca. 

Dessa forma, você também evita bloqueios como marcações de spams, tanto via e-mail quanto via rede social.

Quais são os benefícios do Marketing de Permissão?

O marketing de permissão ainda tem outros benefícios. Conheça mais sobre eles.

Mais credibilidade e confiança para a marca

O marketing de permissão atua estimulando uma imagem positiva da marca, considerando que isso mostra o quanto ela se preocupa com a privacidade quanto às permissões dos clientes. 

Maiores chances de vendas

Como já mencionamos, aplicar o marketing de permissão aumenta as suas chances de conversão, tendo em vista que o foco de suas ações serão os clientes mais próximos da venda.  Vale ressaltar também que a comunicação que fica bem menos dispersa e menos generalista.

Mais economia

Quantas e quantas empresas acabam investindo dinheiro para atrair mais pessoas no lugar de focar naquelas que já estão mais próximas da venda? Com o marketing de permissão, você evita gastar tempo e dinheiro com quem ainda não está envolvido com sua marca para, no lugar disso, focar naqueles que já se interessam pelo seu produto ou serviço. 

Como aplicar o Marketing de Permissão?

Agora que você já sabe o quanto é importante o marketing de permissão, como aplicá-lo na sua empresa? Inicialmente, comece criando conteúdos gratuitos e relevantes para o seu público, sempre perguntando o interesse dele em continuar interagindo com você.

E, junto com a entrega de conteúdos ricos, aproveite para pedir mais informações dos seus clientes. Sabe quando você tenta baixar um e-book e precisa preencher um formulário? Essas informações podem ajudar na compreensão do comportamento do público, no sentido a direcionar melhor as suas estratégias.

Por último, caso um usuário opte por não receber mais qualquer tipo de conteúdo seu, respeite. Afinal, é comum as pessoas, mesmo após terem aceito o relacionamento por um tempo, não quererem mais interagir com sua marca.  Muitas vezes, isso não significa que o seu conteúdo é ruim, ou algo do tipo, e sim, que simplesmente no momento que o cliente se encontra a sua marca pode não estar fazendo tanto sentido para ele. 

Empatia e cliente ao centro, sempre

Essa é uma dica geral para qualquer campanha publicitária, seja ela on ou off, que você for desenvolver na sua empresa: coloque o cliente ao centro de todas as suas ações.

Isso significa que, antes de pensar no melhor estilo de propaganda ou ação de marketing, faça uma análise de como aquilo irá impactar o cliente, não somente pela ótica da venda, como também considerando o seu relacionamento com o consumidor como um todo. 

Assim, por exemplo, no lugar de realizar uma sequência de ligações para apresentar um produto ou serviço, pergunte primeiro ao seu público o quão receptivo ele está em relação a isso.  Você pode fazer isso enviando formulários de pergunta ou, até mesmo, enquetes pelas redes sociais.

Gostou do conteúdo? Se sim, assine agora mesmo a nossa newsletter, para receber, todos os dias, artigos interessantes sobre empreendedorismo, gestão, mercado e tecnologia!