Curitiba: um dos ecossistemas de inovação mais promissores do mundo - WHOW
Eficiência

Curitiba: um dos ecossistemas de inovação mais promissores do mundo

Relatório global traz a capital do Paraná como única cidade brasileira entre 100 ecossistemas emergentes. Veja a lista completa

POR Adriana Fonseca | 23/07/2020 16h26

Pela primeira vez, a cidade de Curitiba, capital do Paraná, entrou no relatório “Global Startup Ecosystem Report 2020”, como um dos ecossistemas emergentes de inovação mais promissores do mundo. Foi a única cidade brasileira citada nessa lista, que traz 100 localidades do mundo, entre 270 ecossistemas analisados. 

O relatório global destaca dois setores dentro do ambiente das startups na capital do Paraná – fintechs e cleantechs –, ainda que mencione que as empresas locais atuem também em outras áreas: educação, ciências da vida e marketing. 

Startups de destaque em Curitiba

O documento recorda que Curitiba é o berço do Ebanx, que foi avaliado em mais de US$ 1 bilhão e se tornou um unicórnio. A fintech fundada em 2012 oferece soluções de pagamento que conectam consumidores latino-americanos a empresas globais. Segundo o “Global Startup Ecosystem Report 2020”, a startup curitibana já intermediou cerca de US$ 2 bilhões em pagamentos para empresas internacionais como Airbnb e AliExpress. 

Ainda dentro do universo das fintechs, o relatório destaca a Contabilizei, uma startup de contabilidade on-line que levantou US$ 20 milhões em uma rodada Série C em 2019. 

Na segunda frente citada, cleantechs, o relatório pontua que a expo anual SmartCity, que acontece em Curitiba, atrai mais de 6,5 mil pessoas para debater o futuro das cidades à luz da mudança tecnológica e da sustentabilidade. O documento cita ainda, nesse contexto, a Fohat, uma startup local fundada em 2017 que oferece soluções de inovação que viabilizam o mercado livre de energia limpa. A empresa recebeu um aporte de US$ 1,4 milhão em 2018 e sua solução é utilizada por companhias internacionais como Bosch e Volvo. 

Valor médio das rodadas de capital semente: US$ 250 mil

Valor médio das rodadas Série A: US$ 800 mil

Média salarial do engenheiro de software: US$ 17 mil

Iniciativas governamentais: Em 2017, o governo de Curitiba inaugurou o Vale do Pinhão, um programa com a meta de desenvolver os negócios na região. Um fundo de inovação de US$ 2,8 milhões ligado a esse programa apoia as startups locais.

fonte: Global Startup Ecosystem Report 2020

Outros ecossistemas emergentes de inovação

Além de Curitiba, há somente mais duas cidades latino-americanas na lista dos ecossistemas emergentes do “Global Startup Ecosystem Report 2020”: Buenos Aires, na Argentina, e Santiago, no Chile. Combinados, os 100 ecossistemas emergentes listados representam 49 países e um valor de US$ 348 bilhões. A Europa lidera a lista dos ecossistemas emergentes, com 38 localidades, sendo que oito delas são da Europa Oriental. Em seguida vem a América do Norte, com 32 localidades, e a região da Ásia-Pacífico, com 22. 

1.Mumbai, na Índia

2.Jacarta, na Indonésia

3.Zurique, na Suíça

4.Grande Helsinque, na Finlândia

5.Guangzhou, na China

6.Barcelona, na Espanha

7.Madri, na Espanha

8.Filadélfia, nos Estados Unidos

9.Manchester-Liverpool, na Inglaterra

10.Research Triangle, nos Estados Unidos

fonte: Global Startup Ecosystem Report 2020


bannerecossistema


+ INOVAÇÃO

Veja todos os ecossistemas de inovação no Brasil
Conheça o ecossistema de inovação do Espírito Santo

Conheça o ecossistema de inovação de Minas Gerais
Bradesco e Porto Digital, no Recife, criam ecossistema de quase 600 startups