Crowdfunding, o que esse termo significa? - WHOW

Eficiência

Crowdfunding, o que esse termo significa?

Entenda neste conteúdo os principais conceitos de crowdfunding, suas funcionalidades, objetivos e também sua importância

POR Redação Whow! | 21/07/2021 14h15

Bom, se você é daquelas pessoas que está sempre de olho no mundo dos negócios, com certeza já deve ter ouvido falar em crowdfunding. Porém, você sabe mesmo o que é isso? Saberia dizer qual é a importância do crowdfunding para as empresas?  Neste conteúdo, entenda os conceitos de crowdfunding, os objetivos, como funciona e a importância dessa prática. 

Afinal, o que é crowdfunding?

Partindo do significado literal da palavra, crowdfunding significa financiamento pela multidão: crowd (multidão) e funding (financiamento). Mas, o que quer dizer isso?

Em síntese, o crowdfunding acontece quando alguém ou um grupo de pessoas busca arrecadar valores a fim de financiar um projeto. Em suma, e, para isso, conta-se com uma intensa divulgação do projeto, que hoje em dia é realizada em grande parte no meio digital, a fim de encontrar cada vez mais pessoas interessadas em investir nele. 

Para ficar mais próximo ainda da sua realidade, o crowdfunding é a popular “vaquinha on-line”. Digamos que você criou um plano de negócios para desenvolvimento de um aplicativo de mobilidade urbana. Contudo, sua empresa ainda não tem dinheiro para colocar o projeto em práticaCom o uso do crowdfunding, você divulga a sua ideia para que as pessoas possam investir dinheiro no que você pretende desenvolver. Para isso, o seu projeto precisa estar bem explicado e definido, de modo que as pessoas se identifiquem e invistam nele. 

O crowdfunding é baseado na economia colaborativa, buscando unir pessoas a fim de um objetivo comum.

Como funciona o Crowdfunding?

O Crowdfunding é um financiamento coletivo, onde quem investe não tem qualquer relação com quem está solicitando o aporte financeiro.

Porém, não basta apenas divulgar na internet que precisa de dinheiro para algo: o processo de crowdfunding é estruturado, no qual utiliza-se plataformas específicas para receber os investimentos.

Ou seja, nessas plataformas se estipula o tempo de campanha e a arrecadação necessária para o projeto. Entretanto, como já citamos anteriormente, é preciso descrever bem o projeto, de preferência desde quando surgiu a ideia e o qual objetivo final que pretende-se alcançar. 

E, além das plataformas, é possível contar com ajuda de assessorias para uma divulgação eficiente do projeto. Muitas vezes, elas mesmas contam com este serviço à parte.

Os tipos e modalidades de Crowdfunding 

Existem 4 tipos de campanhas de crowdfunding. São elas:

  • Campanha sem recompensa, ou doação, bastante realizada por ONGs, instituições de caridade e até mesmo por pessoas físicas necessitadas; 
  • Campanha com recompensa, onde os desenvolvedores do projeto oferecem valores de recompensa aos doadores;
  • Equity Crowdfunding, na qual os doadores são vistos como investidores, tendo em vista que esperam retorno financeiro sobre o investimento, comum em startups;
  • Debt Crowdfunding, que ocorre quando a doação é uma espécie de empréstimo, que será devolvido com juros posteriormente.

Já em relação às modalidades, destacam-se duas:

  • A “Tudo Ou Nada”, onde o criador escolhe uma quantidade mínima a ser atingida para o seu projeto que, quando não atingida, a plataforma escolhida devolve o dinheiro aos doadores;
  • Já na modalidade “Flexível”, não se estipula valor, apenas um prazo para arrecadação.

Conheça 3 plataformas de Crowdfunding

Conheça agora três plataformas para desenvolver a sua campanha de crowdfunding ou para fazer o seu investimento/doação.

Catarse

A Catarse é uma das plataformas mais conhecidas para o desenvolvimento de projetos de crowdfunding, lançada em 2011.  Segundo o site da empresa, quase um milhão de pessoas já apoiaram os projetos que são divulgados nela, quase R$ 2 milhões foram arrecadados e mais de 15 mil ideias já foram financiadas.

Em síntese, nela é possível apoiar ou desenvolver uma campanha de crowdfunding. No último caso, é necessário o pagamento de uma 4% à plataforma, a fim de custear os serviços de pagamento, anti-fraude e a equipe.

Kickante

A Kickante é uma outra plataforma de vaquinha on-line, que permite o compartilhamento ou financiamento de projetos.  Entretanto, além do serviço de crowdfunding, ela possui um marketplace financeiro com apenas dois produtos: o próprio crowdfunding, que permite a criação de campanhas, e também o Eventos do Bem, com mais de 300 ONGs cadastradas, esperando doações.

Kickstarter

A Kickstarter é uma empresa de crowdfunding dos Estados Unidos, mas que reúne ideias do mundo inteiro, sobre vários projetos.

Contudo, a plataforma opera no tipo campanha por recompensa, ou seja, para receber uma doação, é necessário que o criador da ideia ofereça algo em troca ao doador. Porém, não é preciso oferecer em troca valores sobre os lucros da empresa: brindes personalizados ou a cópia do material produzido também vale. 

É cobrada uma taxa de 10%, para custeio das despesas administrativas

Benfeitoria

Por último, a plataforma Benfeitoria é uma das maiores que oferece financiamento coletivo. Se você utilizar essa forma, escolha entre três modalidades: pontual, recorrente e Matchfunding. 

  • pontual:  se indica quando se tem apenas um projeto
  • recorrente: o funcionamento ocorre por assinaturas
  • matchfunding: acontece pelo auxílio de parceiros

Assim, em oito anos de existência, a empresa já viabilizou mais de 2.500 projetos, com auxílio de mais de 350 mil pessoas. 

A importância do Crowdfunding

Acima de tudo, o crowdfunding é uma boa forma de conseguir financiamento para iniciar o negócio. Afinal, principalmente para os micro, pequenos e médios empreendedores, pode faltar dinheiro na hora de começar um novo projeto.

Nesse contexto, o crowdfunding aparece como solução para impulsionar o desenvolvimento de novas ideias no mercado.  Afinal,  além dos aportes financeiros, quem desenvolve uma campanha de crowdfunding também ganha apoiadores da sua ideia. Assim, um projeto já nasce com seu público. 

Se você gostou do nosso conteúdo, assine agora a nossa newsletter, para receber mais artigos interessantes, sobre gestão, empreendedorismo, mercado e tecnologia, sem pagar nada e todos os dias!