Contas a receber: dicas e estratégias de cobrança - WHOW

Eficiência

Contas a receber: dicas e estratégias de cobrança

Entenda como reduzir a inadimplência do negócio com três dicas de estratégias de cobrança

POR Redação Whow! | 02/09/2021 19h09

O setor de serviços é um dos que mais sofre com inadimplência. Segundo pesquisa realizada pela Central Brasileira do Setor de Serviços – Cebrasse, 73,45% das empresas ouvidas chegam a enfrentar dificuldades para receber até 40% dos contratos durante a pandemia.

Se você tem uma micro, pequena ou média empresa, pode estar sofrendo com o mesmo problema. Leia este conteúdo para entender a importância de um bom gerenciamento no setor de compras a receber e algumas dicas de estratégias para cobrança. 

A importância do controle de contas a receber

O setor de contas a receber de uma empresa é responsável por monitorar o recebimento dos valores que estão pendentes. 

Tais valores são direitos adquiridos por um negócio, devido a vendas a prazo de suas mercadorias ou de prestação do seus serviços. O montante das contas a receber representa também o volume das vendas a prazo. 

Essas vendas a prazo são bastante comuns em negócios que estão começando. Afinal, neste caso, a busca é por ganhar mercado e, muitas vezes, estender os prazos pode significar um maior volume de vendas.  Porém, é muito importante conhecer bem cada cliente e entender a sua dinâmica de pagamento, a fim de evitar muitos atrasos. 

Logo, o setor de compras a receber pede um controle e uma organização, com a finalidade de não prejudicar a saúde financeira da empresa, considerando que a mesma terá que arcar com custos operacionais enquanto aguarda o recebimento do pagamento.

Por isso, a empresa precisa ter uma previsão o mais assertiva possível de quando os valores pendentes entrarão a caixa, de forma a contar com eles apenas no prazo que estarão disponíveis. Como isso funciona na prática? Digamos que você tenha uma loja de roupas e realizou mais de 80% de suas primeiras vendas a prazo. O que deve ser feito então para que a empresa não fique sem caixa?

Na verdade, antes mesmo de vender os seus produtos a prazo, desenvolva um planejamento, considerando os custos da empresa, como: contas fixas, variáveis e investimento para compra de novas peças para as vendas. Só então você deverá definir o prazo máximo de pagamento, que não comprometa o fluxo de caixa. 

Contas a receber: como reduzir a inadimplência? 

De um lado, ter inadimplência zero é praticamente impossível; de outro, não é pelo fato da falta de recebimento ter ficado mais comum agora na pandemia que a sua empresa precisa sofrer com isso. 

Em resumo, a inadimplência não precisa ser um entrave no seu negócio. Porém, como então evitar isso?

As principais ações a serem tomadas a fim de evitar a inadimplência são, primeiramente, entender o tipo de cliente que você está lidando e implementar a cobrança preventiva. Afinal, é muito mais fácil combater a inadimplência antes que ela aconteça. Assim, você evita se indispor com os seus clientes, como também possíveis prejuízos pela falta de pagamento.

Além disso, manter os cadastros dos clientes atualizados e criar um mecanismo de lembretes para o pagamento também podem colaborar para redução da inadimplência. Veja algumas dicas importantes para realizar a pré-cobrança no seu negócio. 

Conheça algumas dicas e estratégias de cobrança

Estratégias de cobrança: Pré-cobrança

A pré-cobrança é o ato de lembrar o cliente devedor antes mesmo que chegue a data do vencimento. Contudo, antes disso, é importante realizar uma segmentação e um mapeamento de todos os seus consumidores, com o objetivo de identificar os padrões de pagamento, ou seja, saber quantos e quais são os que pagam dentro do prazo estabelecido.

Tenha atenção para não realizar cobrança indevida, pois nenhum cliente merece ficar sendo cobrado sobre uma conta que ainda não chegou ao vencimento.

Por isso, você pode optar por:

  • Enviar um contato uma semana antes, informando a data de pagamento;
  • Fazer o mesmo um dia antes do vencimento.
Estratégias de cobrança: Regra de cobrança

É preciso que sua empresa já tenha um plano definido para lidar com os possíveis clientes que porventura não irão conseguir pagar na data do vencimento, ou então que não possuam todo o valor total do pagamento.

Defina as opções de pagamento e parcelamento. Este planejamento recebe o nome de régua de pagamento e consiste na criação de estratégias eficientes para cada agrupamento de títulos vencidos, conforme o tempo. 

Aqui, à medida que passam os dias, as cobranças se intensificam: afinal, o objetivo é receber o pagamento o mais breve possível.

Estratégias de cobrança: Negociação

Saiba que, durante o processo de cobrança de um cliente inadimplente, você poderá encontrar uma certa resistência. Todavia, lembre-se que este consumidor também pode ajudar o negócio a crescer. 

Nesse contexto, as taxas de juros já precisam estar definidas, juntamente com as possíveis novas formas de pagamento. Busque também entender a situação do cliente, oferecendo propostas coerentes e que estejam adequadas a realidade dele.

A ideia é cobrar sempre de maneira amigável, para que haja uma negociação leve. Afinal, em algum outro momento, este cliente poderá voltar a consumir dos seus produtos ou serviços. 

Inadimplência: não abra mão de um bom planejamento financeiro

Ninguém realiza uma venda esperando não receber o valor devido. Contudo, principalmente em um cenário econômico de crise como o que ainda vivemos, é impensável não considerar a inadimplência.

Nesse contexto, ter um bom planejamento financeiro e estratégico pode ajudar a superar esses momentos. Afinal, uma boa reserva financeira pode cobrir os imprevistos causados pela inadimplência, por exemplo, dentre outros benefícios. Saber negociar e cobrar é muito importante, mas também estar preparado financeira e estrategicamente também é. 

Gostou deste conteúdo? Se a resposta for sim, não deixe de assinar a nossa newsletter gratuitamente, para receber todos os dias artigos interessantes sobre empreendedorismo, mercado, tecnologia e gestão!