Brasil tem novo unicórnio. Saiba mais - WHOW
Whow

Brasil tem novo unicórnio. Saiba mais

A nova empresa unicórnio brasileira conseguiu a guinada ao bilhão com um novo investimento da FTV Capital; antes a EBANX conseguiu um aporte da Endeavor

POR Gabriely Souza | 21/10/2019 11h47

O Brasil tem mais um unicórnio: a EBANX, empresa de soluções de pagamento. Com sede em Curitiba, no Paraná, a fintech é a primeira da região sul do país a ser avaliada em US$ 1 bilhão. 

“É a soma de todo o comprometimento dos ebanqueiros, persistência, conhecimento, orientação dos resultados e grande sonho, que promovem o desenvolvimento de nossa empresa. Nós sempre acreditamos que este marco seria possível  de ser alcançado e continuamos a acreditar que podemos ir ainda mais longe”, disse a empresa, em nota no LinkedIn.

Evolução do novo unicórnio brasileiro

Criada em 2012, a EBANX conecta negócios globais a consumidores latino-americanos em B2B e B2C, por meio de serviço de processamento de pagamentos no Brasil e transfronteiriços. São mais de 100 opções de pagamentos locais da América Latina para empresas globais que desejam expandir na região e serviços como consultoria de marketing e suporte ao cliente local 24 horas por dia. AliExpress, Wish, Pipedrive, Airbnb e Spotify (essas duas últimas empresas em parceria com a Worldline) são algumas das empresas atendidas pela fintech. 

A guinada ao bilhão veio depois de uma rodada de investimentos, liderada pela FTV Capital. “O EBANX superou consistentemente nossas expectativas, quase dobrando os volumes de processamento em dois anos para mais de US$ 2 bilhões”, disse Robert Anderson, sócio da FTV Capital, de acordo com o comunicado de imprensa oficial.

Em 2017, a fintech já havia levantado uma rodada de capital de crescimento de US$ 30 milhões da empresa de investimento, com a participação da Endeavor Catalyst.

unicórnio Foto Stock Snap (Pixabay)

“Alcançar o status de unicórnio é um reflexo das soluções únicas que criamos para atender às demandas de algumas das maiores marcas do mundo, desde que fundamos o EBANX, em 2012. Desde o início, o nosso foco foi conectar pessoas da América Latina a companhias globais, oferecendo acesso e uma melhor experiência de compra.

O investimento da nossa parceira FTV Capital reforça o sucesso contínuo que estamos tendo ao oferecer a melhor plataforma para nossos clientes, e destaca o potencial da América Latina como uma região extremamente atraente para negócios”, diz Alphonse Voigt, cofundador e CEO do EBANX, também em nota.

Enpansão da EBANX 

O EBANX diz continuar a expandir suas operações pela América Latina e tem o objetivo de aumentar o desenvolvimento de negócios em nível global. As verticais de desenvolvimento de negócios dão prioridade à América do Norte, Europa e Ásia.

No começo de outubro, a empresa anunciou que iria processar pagamentos para a Uber na América Latina. A parceria será com o ecossistema Uber Pay, através de vouchers e transferência bancária. Outras parcerias recentes foram com o Shopify, Coursera, Spotify e Visa. 

O novo unicórnio também aumentará seu portfólio de produtos, incluindo a expansão do EBANX Pay, uma solução para processamento local de pagamentos na América Latina. Lançada no Brasil em abril para empresas brasileiras que vendem localmente, deve entrar na Colômbia em 2020, seguido de outros países da região.

“O EBANX já é líder em processamento de pagamentos cross-border, especializado na América Latina, e continuaremos a desenvolver essa expertise. Também queremos usar nossa experiência para criar e aprimorar diferentes produtos, como processamento local. Até 2022, pretendemos ser líderes, tanto em pagamentos cross-border quanto locais, para empresas globais na América Latina”, afirma Voigt.


+ STARTUPS

12 startups do Cubo Itaú para ficar de olho
Fundadores de startups explicam como buscar investimento
7 Startups de destaque do Habitat, hub de inovação do Bradesco