Conheça o ecossistema de inovação no Amapá - WHOW

Eficiência

Conheça o ecossistema de inovação no Amapá

As startups do estado formam uma diversidade com fortes promessas de desenvolvimento para os próximos anos. Veja os detalhes

POR Carolina Cozer | 18/12/2020 15h00 Foto do Marco Zero em Macapá. Divulgação Governo do Amapá Foto do Marco Zero em Macapá. Divulgação Governo do Amapá

A comunidade Tucuju Valley nasce na foz do Rio Amazonas, no estado já habitado pela etnia Tucuju, que dá nome ao ecossistema de inovação em amplo desenvolvimento no Norte do Brasil. 

O estado do Amapá conta com cerca de 15 startups mapeadas, de acordo com o levantamento do StartupBase. As startups locais ― a maioria baseadas na capital, Macapá ― estão concentradas nas áreas de marketing, software e construção civil (20% cada), e direto, vendas, educação e cleantech (10% cada). Elas formam um estado diverso e com amplas oportunidades dentro das inovações que propõe.

O Tucuju Valley é constituído por startups em fase de operação e validação (30%) e tração (20%). A maioria das inovações da região têm foco no modelo B2B (60%), seguido de B2B2C (20%).

Aprova EAD

Arte Amazon

Astecas

Karpos Bank

Karpos Pag

OrçaFascio

Proesc

Tributei

UndoBox

UniVoto

Incentivos à inovação no Amapá

O Tucuju Valley se relaciona com a comunidade inovadora do Amapá através de meetups, workshops e eventos, muitas vezes organizados ou conectados de alguma forma com a comunidade de empreendedorismo de inovação da Amazônia ― como o Start Amazônia, por exemplo. Também há incentivos do Sebrae Amapá, como o programa Acelera Startups, o Startup Day Macapá e mais recentemente o seminário Innova Amapá.

A região não conta com parques tecnológicos ― apenas algumas promessas de criação ou reaberturas de antigos parques por parte do Governo do estado. Contudo, em julho de 2020, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a prefeitura da capital do Amapá criaram o primeiro laboratório de inovação de cidades inteligentes da região Norte, que promete uma grande evolução nos elementos tecnológicos, inovadores e conectados da capital do estado.

Por fim, o Centro de Incubação de Empresas (CIE), localizado dentro do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do estado do Amapá (IEPA), promove incubação de empresas e startups, e também há o Programa de Pré-aceleração do Sebrae Amapá.

Até o momento apenas 10% das startups amapaenses foram aceleradas, mas 40% delas estão em processo de pré-aceleração, de acordo com dados da Associação Brasileira de Startups (Abstartups). 


bannerecossistema


+ INOVAÇÃO

Conheça o ecossistema de inovação do Rio Grande do Norte
Conheça o ecossistema de inovação de Goiás
Conheça o Ecossistema de Inovação da Bahia
Conheça o ecossistema de inovação do Mato Grosso