Conheça o ecossistema de inovação em Roraima - WHOW

Eficiência

Conheça o ecossistema de inovação em Roraima

O ambiente de inovação, startups e empreendedorismo do estado foi nomeado como Buriti Valley, em homenagem ao fruto da região

POR Carolina Cozer | 15/02/2021 16h00 Imagem: Shutterstock

A série especial do portal Whow! sobre os “Ecossistemas de Inovação no Brasil” se encaminha para a reta final. Um dos últimos espaços a serem mapeados é o ecossistema do estado de Roraima, responsável por 1,7% da densidade das startups da região Norte do país, segundo o StartupBase.

Caso deseje ler as demais matérias deste especial, acesse o link disponível no final deste texto.

Burity Valley

O ecossistema de inovação, startups e empreendedorismo de Roraima foi nomeado como Buriti Valley, em homenagem ao fruto abundante nesta região do país. A startup TicketPhone de Boa Vista, capital de Roraima, foi uma das fundadoras do Buriti Valley, e é, hoje, um dos principais cases do Estado.

Fundada pela empreendedora e mentora Vanessa Raskopf Schwaizer, o TicketPhone é uma plataforma de vendas para gestão e automação de eventos e atividades turísticas, válido para websites, apps, máquinas de cartão e pontos presenciais, permitindo a criação de promoções, QR codes, lotes, pacotes, relatórios, sorteios, certificados e mais.

Em 2017 a TicketPhone foi a campeã do Desafio de Inovação Turismo Inteligente do SEBRAE e da Associação Brasileira das Operadoras De Turismo (Braztoa). Em 2014, a empresa passou pelo NAVE, programa de pré-aceleração de startups da Estácio, no Rio de Janeiro, sendo a única empresa fora do eixo Rio-São Paulo a ser selecionada.

Embora ainda esteja em fase de amadurecimento, o Buriti Valley desenvolve parcerias para fomento e aceleração de startups, como o ciclo do Programa de Aceleração de Startups oferecido Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) da Prefeitura de Boa Vista, além de programas de aceleração e pré-aceleração com apoio do SESI e SENAI.

Além do TicketPhone, o StartupBase também registra outras três startups como pertencentes do ecossistema de inovação de Roraima: JOBIS, Portal Cursos Online e o Patrulha Eureka ― esta última uma edtech que estimula competências de liderança para crianças através de atividades de robótica e lógicas de programação para transformação positiva da educação no Brasil e no mundo.

Principais incubadoras e aceleradoras

Além do programa de pré-aceleração do Buriti Valley com os atores da indústria de Roraima (SENAI, SESI, IEL e FIER), também há a Koneka, a incubadora de empresas do Instituto Federal de Roraima (IFRR), que fornece oficinas de formação para atuação em educação empreendedora e outras ocorrências para desenvolvimento de negócios inovadores no Estado.

Já na Universidade Federal de Roraima há a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares e Empreendimentos Solidários (ITCPES), que integra um conjunto de ações nacionais voltadas à geração de trabalho e renda para população de baixo poder aquisitivo no âmbito da Economia Solidária. Até o momento a organização já incubou diversos projetos direcionados a comunidades agropecuárias e de economia circular da Nova Amazônia.

Por fim, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (GAIA) da Universidade Federal de Roraima oferece suporte estratégico para pequenas e médias empresas, que são capacitadas e treinadas dentro de um ambiente que fornece atividades de networking, assistência de marketing, acesso à internet, instalações físicas básicas e apoio intelectual da Universidade.

A GAIA é apoiada pelo SEBRAE, por entidades promotoras do poder público e comunidades e instituições parceiras da UFRR.


bannerecossistema


+ INOVAÇÃO

Conheça o ecossistema de inovação no Piauí
Conheça o ecossistema de inovação no Amapá
Conheça o ecossistema de inovação do Rio Grande do Norte
Conheça o ecossistema de inovação de Goiás