Conheça o ecossistema de inovação do Pará - WHOW
Eficiência

Conheça o ecossistema de inovação do Pará

Com mais de 40 startups mapeadas, o Estado do Pará é o segundo maior ecossistema de inovação do Norte do Brasil

POR Carolina Cozer | 29/10/2020 20h25

Nesta matéria do especial de Whow! sobre os ecossistemas de inovação do Brasil, abordaremos o estado do Pará e seus trabalhos desenvolvidos no fomento à inovação.

O estado do Pará é responsável por 24% das startups da região Norte do Brasil, ficando apenas atrás do Amazonas (29%), segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups).

A capital, Belém, possui mais de 40 startups mapeadas, além de duas incubadoras e três aceleradoras Os segmentos mais mais comuns das startups da região, segundo a Abstartups, são comunicação e mídia (8,3%), saúde e bem-estar (6,2%) e internet (6,2%). A maior parte dos negócios estão em fase de operação.

Açaí Valley

A Associação Paraense de Tecnologia e Inovação ― Açaí Valley ― tem como objetivo o fomento do empreendedorismo tecnológico no Estado do Pará, fortalecendo todos os atores que fazem parte desse ecossistema de inovação: startups, investidores, aceleradoras, incubadoras, governo, pesquisadores, instituições de ensino e etc.

Dentre as ações da comunidade Açaí Valley, que surgiu em 2014, estão eventos mensais, lives, meetups, happy hours, pitch days, hackathons e o evento Startup Weekend de Belém ― que deu origem à comunidade.

Em uma parceria com a empresa de alumínio e energia renovável Hydro, em 2019, o Açaí Valley promoveu o evento Shark River, com inspiração no clássico Shark Tank. O evento reuniu startups que foram selecionadas em sessões de pitch para desenvolvimento de uma cadeia de parceiros digitais no Estado. A Hydro possui um dos principais parques industriais de todo o Pará, e pretendem levar a maturidade da indústria para dentro das startups paraenses.

Açaí Paidégua
Blump
Ezpeed
Hyppe
Medbolso
Neo Habitus
PayTicket
Poupadin
Sicombos
Super
YetGo


Incubadoras e Aceleradoras

A RITU é a Incubadora de Empresas da Universidade do Estado do Pará (UEPA) que oferece, além de incubação de novos negócios, eventos e capacitações para empreendedores através da Trilha Empreendedora ― um projeto modular para tirar ideias do papel. Também há oficinas gratuitas para educação de novos empreendedores.

Outra incubadora da cidade de Belém é a Universitec, localizada no campus da Universidade Federal do Pará (UFPA). O programa de incubação da Universitec existe desde 1995 e oferece suporte operacional, estratégico e tecnológico para novas empresas.

Por fim, o ecossistema de inovação do Pará se beneficia do Elephant República, uma hub de inovação e empreendedorismo que é parte do Coworking Elephant, presente em diversas cidades do Brasil ― inclusive Belém. Na capital do Pará, o Coworking disponibiliza um projeto de aceleração de startups chamado Elephant Startup Factory, dividido em três estágios: Zero2One (ideação), GetClients (prototipação) e PowerZone (pré-financiamento). Além do espaço físico, as startups aceleradas recebem mentorias, lives exclusivas, networking, acesso à metodologias e uma série de benefícios.


bannerecossistema


+ INOVAÇÃO

Conheça o ecossistema de inovação do Acre
Conheça o ecossistema de inovação do Rio Grande do Norte
Conheça o ecossistema de inovação do Amazonas
Conheça o ecossistema de inovação do Ceará