Conheça a importância do brainstorming - WHOW

Eficiência

Conheça a importância do brainstorming

Tradicionalmente utilizado por publicitários, o termo tem conquistado todo e qualquer setor

POR Redação Whow! | 21/07/2021 17h19

Brainstorming é um método muito conhecido por profissionais que trabalham com criatividade, mas que, cada vez mais, tem sido utilizado por empresas de qualquer setor. Adotado principalmente para levantar ideias e encontrar soluções inovadoras, esse conceito pode ser benéfico para empresas que buscam novidades.

Se esse é o seu caso, confira esse conteúdo exclusivo que preparamos para você e boa leitura!

O que é brainstorming?

O brainstorming nada mais é do que uma técnica que se destina a encontrar novas ideias ou possíveis soluções de problemas. O termo foi inventado há mais de 70 anos pelo publicitário Alex Osborn e, durante muito tempo, foi um consenso entre profissionais que trabalham com criatividade.

Isso porque, após se reunir com seus clientes, esses profissionais costumam se reunir para exteriorizar diferentes ideias, das mais absurdas às mais sensatas. E é daí que surgiu o nome brainstorming, que significa algo como “tempestade de ideias”.

Atualmente se utiliza o modelo em muitos segmentos do mercado, desde a indústria até a prestação de serviços, por exemplo.

Na prática, uma reunião de brainstorming funciona sob a seguinte estrutura:

  1. Há a explicação de qual é o problema a ser solucionado;
  2. Após isso, cada participante anota suas ideias;
  3. Então, são apresentadas as ideias ao restante do grupo;
  4. Por fim, as ideias são reunidas para serem analisadas.

Podem existir algumas variações no formato dessas reuniões. Mas uma coisa bastante comum é que os profissionais exponham suas ideias em voz alta e sem filtros. Assim, existe maior possibilidade de encontrar a solução ideal para o problema.

Por isso, é importante que esse tipo de reunião seja um local de livre expressão, ou seja, que ninguém critique o que os outros estão expondo. Afinal, o que se deseja no primeiro momento é a quantidade de ideias, sem focar na “qualidade”. Este é o momento do pensamento “bruto”, para que seja melhor lapidado posteriormente.

Para que serve?

De maneira resumida, um brainstorming serve, principalmente, para dar um estímulo ao pensamento criativo.

Assim, ao mesmo tempo em que funciona como uma maneira da equipe se comunicar e se conhecer melhor, também é uma ferramenta de inovação e administrativa na empresa.

Geralmente, o foco está em encontrar soluções rápidas e eficazes para a empresa.  

Como fazer o brainstorming?

Antes de iniciar a reunião, é preciso que o gestor do projeto convoque os colaboradores e apresente qual será o foco do brainstorming. Assim, cada um consegue realizar pesquisas para se inteirar a respeito do tema.

Vale ressaltar que o local do encontro deve apresentar o mínimo de distrações possíveis, para que o foco esteja inteiramente no tema em discussão.

Nesse sentido, é essencial que todos se sintam à vontade para contribuírem e apresentarem suas ideias aos demais. No entanto, o gestor da reunião deve ficar atento para buscar o equilíbrio entre os participantes, para que assim ninguém “lidere” o brainstorming.

Além disso, é provável que alguns profissionais se sintam inseguros para expor suas ideias. Então, é preciso respeitar todas as opiniões e garantir que elas tenham a devida atenção. Isso irá ajudar aqueles participantes mais tímidos a se sentirem mais confiantes a apresentarem seus pensamentos ao grupo. Todos precisam ter um momento para falar.

Dessa forma, é fundamental fazer anotações de tudo o que está sendo dito na reunião. Até aquelas ideias que parecem destoantes do tema e ineficientes podem servir para algum projeto no futuro. Uma dica é ter uma pessoa com o objetivo de anotar e gerir a reunião, sempre buscando um consenso com o grupo.

Onde utilizá-lo?

Afinal, para que podemos utilizar o brainstorming? Confira abaixo:

Imagine que você tenha uma papelaria e observa que precisa de novas estratégias de venda para sua empresa. Você sabe que precisa trazer algo novo, mas não sabe por onde começar. É aí que entra um bom brainstorming. 

Afinal, nada melhor do que os vendedores para expor propostas, ou então o financeiro para dizer o que é viável para o negócio. O importante é que esse processo tenha a participação de todos.  Dessa forma, a reunião tem uma pauta definida: aumentar as vendas. Mas, como envolver a todos? Desenvolva um roteiro, para que todos possam falar o que acham que precisa melhorar, de forma ordenada. 

Após essa etapa inicial, são discutidas as ideias, como: promoção para quem comprar pelo e-commerce, liquidação das canetas, distribuição de brindes aos clientes mais fiéis, entre outras.  Portanto, é possível debates sobre um novo produto, novo conceito, nova campanha ou novo modelo de gestão, por exemplo. É um método muito versátil para os profissionais que buscam ideias inovadoras.

Conheça a importância do brainstorming

Um dos princípios do brainstorming é a oportunidade de romper com o pensamento tradicional, dando aos colaboradores a possibilidade de pensar soluções inovadoras.

Assim, é um momento importante para abordar temas não convencionais, que ampliem as possibilidades de solução que a empresa tem. Ao focar na criatividade dos profissionais, surge maior espontaneidade e, consequentemente, mais funcionários competentes e seguros de si.

Além disso, é uma ótima maneira de fortalecer o espírito de equipe de uma organização. Portanto, o uso do brainstorming nas empresas pode ser muito benéfico para aquelas que desejam tanto soluções inovadoras, quanto criatividade e envolvimento da equipe.

Por isso, esse método de reuniões sai de apenas setores criativos, e tem conquistado cada vez mais aderência no mercado como um todo. Se você gostou de saber um pouco mais sobre esse conceito, assine a nossa newsletter agora mesmo e fique por dentro das novidades que a redação da Whow! posta diariamente.