Confira o novo programa Raio-X Startups do Whow!  - WHOW
Vídeos

Confira o novo programa Raio-X Startups do Whow! 

No formato de pitch, fundadores falar do processo de crescimento dos seus negócios num bate-papo com Daniel Domeneghetti, sócio da InVentures

POR Redação Whow! | 15/09/2020 08h00

Hoje, o Whow! revela o seu novo conteúdo multiplataforma, com foco na proximidade da plataforma de conteúdo sobre inovação para negócios do Grupo Padrão, com as startups nacionais, no Raio-X Startups.

As empresas participantes devem estar em um movimento de crescimento, ou como vamos chamar no programa grow up. A realização acontece em parceria com Daniel Domeneghetti, sócio da InVentures, investment boutique do Grupo ECC.

Semanalmente, fundadores de startups brasileiras vão conversar com Domeneghetti no modelo de pitch, em vídeos curtos, sempre divulgados no nosso site, canal no YouTube e na newsletter diária.

Crescimento do Fliper e a sua venda para a XP 

No episódio de estreia, o Whow! recebe Renan Georges, cofundador da startup Fliper, que em junho deste ano, teve a aquisição de participação majoritária da XP Inc., com foco no movimento do open banking no Brasil.

A fintech brasileira surgiu para solucionar um dos grandes problemas do mercado financeiro, em busca de um oceano azul. “O Fliper nasceu com a missão de transformar a relação das pessoas com as suas finanças, levando conectividade e tomadas de decisões mais inteligentes”, segundo o cofundador que descreve a plataforma como um Google Maps for Money

E dentre os próximos passos da startup está a evolução do seu aplicativo, com uma versão para website, focada na experiência dos usuários. 

Quer saber como aconteceu a venda de parte do Fliper para a XP, os próximos passos como uma grow up e dicas para empreendedores? Assista ao vídeo na íntegra acima.

Próximos episódios do Raio-X Startups 

Assine a nossa newsletter e siga o Whow! no YouTube, Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter para receber notificações dos próximos episódios.


+STARTUPS

Você sabe a diferença entre as startups Unicórnios, Zebras, Camelos e Dragões?
Por que realizamos a aquisição de uma startup durante a pandemia?
OCDE: é vital proteger as startups na crise da Covid-19