Como motivar uma equipe de vendas a distância? - WHOW

Vendas

Como motivar uma equipe de vendas a distância?

Veja dicas de como motivar uma equipe de vendas mesmo à distância e estratégias para aplicar na prática

POR Redação Whow! | 04/05/2021 11h23

Não é uma tarefa tão simples manter um time de colaboradores motivado em tempos normais, então imagine em uma pandemia? Vivemos em um momento instável e complicado que nenhum de nós esperava passar. Se você é responsável pela gestão de pessoas, deve estar se perguntando: como motivar uma equipe de vendas a distância?

Devido a pandemia do COVID-19 que se instalou no Brasil no início do primeiro semestre de 2021, e, por consequência, a necessidade do distanciamento social, vimos diversas empresas remanejaram todo o seu time de colaboradores para o trabalho remoto. E isso, sem dúvidas, têm grandes impactos tanto na produtividade quanto nos resultados da organização.

Mas, como motivar uma equipe de vendas mesmo em tempos tão difíceis? Afinal, um time entusiasmado faz toda a diferença nos resultados da empresa.

No entanto, não há como esperar que todas as pessoas se adaptem rapidamente a um cenário completamente novo de trabalho. Ainda mais quando se trata das equipes de vendas que trabalham primordialmente com o contato direto com os clientes.

Apesar de parecer muito complexo, saiba que é sim possível manter um time integrado e que apresenta bons resultados. A seguir, confira dicas de como motivar uma equipe de vendas, mesmo que à distância, estratégias de como aplicar na prática e ferramentas que podem te ajudar em todo esse processo.

Como motivar uma equipe de vendas a distância?

Conheça a equipe

O primeiro passo para saber como motivar uma equipe de vendas é conhecer os seus colaboradores. Isso não se restringe a saber seus dados pessoais. Pelo contrário, trata-se de mapear e entender profundamente quais são as reais necessidades e dores dos seus funcionários.

Empatia

O segundo tópico está diretamente ligado com o primeiro. Ao entender a necessidade dos seus colaboradores, é importante tomar ações a partir disso sempre com empatia. Ou seja, se colocando no lugar dos funcionários e tentando melhorar os pontos negativos que foram citados.

Por exemplo, pode ser que a produtividade da equipe caia como um todo devido ao contexto complicado que estamos atravessando. A resposta para essa queda na eficácia nunca deve ser agressiva ou feita de modo que deixe o colaborador se sentindo culpado por isso.

Capacitação e treinamento

No lugar de colocar uma espécie de culpa na equipe de vendas, o ideal é oferecer maior capacitação e treinamento para aqueles que não conseguem atingir as metas.

Pode ser, por exemplo, que algum funcionário tenha dificuldades com alguma ferramenta tecnológica e por isso não consegue realizar vendas efetivas como antes, no presencial.

Então, é essencial entender as necessidades de cada colaborador e investir em treinamentos que mantenham o vendedor em constante aprendizado ao invés de culpado.

Feedbacks construtivos

Além disso, é importantíssimo manter a prática de dar feedbacks. Aqui, é possível comentar a performance, tanto individual, como coletiva e pensar em estratégias para melhorar o que não deu certo e manter aquilo que foi efetivo. Lembrando que o feedback não é uma crítica sem sentido. Seu objetivo é melhorar e aumentar as próximas vendas.

Comunicação transparente e apresentação de resultados

É preciso manter a comunicação transparente e eficaz, principalmente quando se trata do trabalho remoto. É importante deixar claro para os colaboradores quais são as próximas metas e objetivos e, sobretudo, apresentar os resultados alcançados pela equipe.

Apresentar as metas alcançadas é uma ótima maneira de motivar uma equipe de vendas. Afinal, assim você afirma do que aquele time é capaz de fazer.

Reconhecimento além do monetário

Apesar da remuneração monetária, seja ela por comissão ou bônus, ser a prática mais comum para estimular os vendedores, ela não é suficiente sozinha. Para, de fato, manter a equipe de vendas motivada, é preciso pensar em outras formas de reconhecimento além do financeiro. Pode ser uma promoção de cargo, a título de exemplo.

E dois anos de pandemia depois, como motivar remotamente?

As práticas anteriores podem ser aplicadas para motivar a equipe de vendas. No entanto, é preciso considerar o contexto que estamos vivendo e adaptar certas estratégias. Já estamos no segundo ano de pandemia e, pelas previsões, há empresas que continuarão o trabalho remoto por um bom tempo.

Em primeiro lugar, é preciso entender que cada colaborador tem um processo de adaptação diferente e tentar encontrar soluções para cada caso. Com o Home Office, há funcionários que sentem dificuldade para separar os momentos de lazer, intimidade e trabalho, o que acaba prejudicando sua produtividade. 

Não conseguir “se desligar” do trabalho afeta negativamente sua performance. Então, o ideal é estabelecer rotinas bem definidas, sem deixar de considerar o fator flexível que o trabalho remoto propõe. 

Se possível, é importante incentivar os funcionários a terem um lugar adequado de trabalho em casa, garantindo que eles tenham todas as ferramentas necessárias a seu dispor.

Dicas de como motivar uma equipe de vendas na prática 

Objetivos realistas de acordo com o contexto

Ter objetivos irreais só atrapalha a motivação da equipe de vendas, pois dá a impressão de que essa meta nunca será alcançada. Por isso, é importante definir objetivos atingíveis e que estejam adequados ao contexto.

Pode ser que seja preciso rever números e previsões que não serão mais alcançadas por conta da pandemia.

Metas a curto e longo prazo

Além dos objetivos realistas, é importante ter metas, tanto a curto como a longo prazo. Você pode mostrar esse desenho de metas para os colaboradores e fazer uma espécie de checklist. Os vendedores se sentem mais motivados quando percebem que estão alcançando os objetivos, mesmo quando eles são pequenos. 

Para aqueles vendedores que tiveram mais dificuldade para se adaptar, pode ser interessante manter uma agenda de tarefas rotineiras com prazos bem definidos. Assim, é possível evitar a dispersão.

Reuniões periódicas

Por conta do distanciamento social, pode ser que os vendedores se sintam isolados e um pouco perdidos. Por esse motivo, é importante manter um canal de comunicação aberto entre os funcionários, para que eles não se sintam sozinhos.

É importante fazer reuniões periódicas para deixar as tarefas semanais, ou mesmo diárias, bem definidas. Esses encontros também são importantes para trocas de dicas entre os colaboradores e para manter esse contato que era tão essencial no trabalho presencial. 

Dinâmicas em grupo

E, por fim, é preciso que haja um momento de descontração. Pode ser a partir do uso da gamificação para engajar os colaboradores no Home Office, ou então, a partir de atividades que valorizem e reconheçam o trabalho dos vendedores.

Então, apesar da pandemia e o contexto de adaptação que estamos vivendo, é possível manter a equipe de vendas motivada. Mas, é necessário ter um bom planejamento, além da empatia com os colaboradores. E você, vai aplicar qual destas práticas na sua organização? 

Gostou desse conteúdo? Aproveite para assinar nossa newsletter e sempre ter acesso a dicas importantes para aprimorar esse processo!