Como integrar loja física e virtual? - WHOW

Vendas

Como integrar loja física e virtual?

Ao possibilitar opções físicas e online ao seu público, sua loja poderá ter mais sucesso na hora de impacta-los.

POR Redação Whow! | 23/07/2021 17h41

Se assim como muitas outras empresas, você também está se inserindo no mercado online, uma dúvida que pode ter surgido é: como integrar a loja física e virtual, não é mesmo? Afinal, com a vacinação avançando e a pandemia ficando controlada, as vendas físicas estão voltando, mas isso não significa que as virtuais vão perder o espaço.

Se você está nessa situação e quer saber como fazer a integração das suas lojas, esse conteúdo foi feito para você! Leia o texto na íntegra e tire suas dúvidas.

Por que integrar?

O ponto mais importante para integrar a sua loja física com a virtual é ganhar mais propriedade de marca. Afinal, ao possibilitar essas duas opções ao seu público, os clientes poderão ter acesso da forma que mais for conveniente para eles.

Digamos que você tenha uma loja de eletrodomésticos. Mesmo que a sua plataforma de vendas online seja boa e eficiente, ainda é muito importante para o cliente ter acesso ao produto físico. E se você não tiver a sua loja própria, é possível que ele recorra aos concorrentes.

Sob esse ponto de vista, como estratégia de marketing, o formato omnichannel (de canais simultâneos) pode ser benéfico ao seu negócio oferecendo uma experiência de compra completa e integrada.

Ou seja, o cliente tem disponível informações e atendimento tanto nas lojas físicas, como nos canais virtuais, como nas redes sociais e até em marketplaces. Nesse sentido, a integração, além de possibilitar mais canais de atendimento ao cliente, também dá sentido a uma mesma linguagem entre os canais off e online. Com um padrão estabelecido no ambiente físico e digital, a mesma mensagem chega ao consumidor, não importando o canal que ele utiliza.

Para facilitar a visualização, separamos algumas vantagens sobre a integração das suas lojas, confira:

  1. aumento da satisfação e fidelização do consumidor;
  2. aumento do faturamento do seu negócio;
  3. expansão da base de clientes, integrando o seu serviço com um relacionamento mais próximo com os consumidores.

O objetivo, de maneira geral, é que ambos os meios de venda ofereçam uma boa experiência de compra para o usuário. Dessa forma, se estiverem integrados, esses esforços podem ser unidos para conquistar ainda mais clientes.

A importância de integrar

Se você chegou até essa parte do texto, é porque está interessado em integrar sua loja física e virtual, certo? Essa integração tende a ser um desafio muito comum entre os empreendedores que querem aproveitar o que esses canais podem oferecer.

Dessa forma, é necessário um bom planejamento sobre essa integração para que você consiga englobar tudo que é essencial para a sua marca. Como mencionamos acima, estamos passando por um fenômeno de crescimento avançado dos e-commerces. Afinal, com a pandemia, muita gente passou a aderir às compras online.

Segundo uma pesquisa realizada pela ABComm, somente em 2020, surgiram 80 mil novas lojas virtuais. E em abril do mesmo ano, logo no início da pandemia, o número de pedidos online aumentou quase 50%.

Isso mostra a força do comércio online em todo o mundo, mas não quer dizer que as lojas físicas perderam a sua relevância. Até porque, no pós pandemia, com a vida voltando ao normal, muita gente ainda vai continuar preferindo realizar algumas compras presencialmente e outras online.

Afinal, como integrar loja física e virtual?

É fundamental que o lojista tenha em mente, ao integrar a loja física e virtual, controle sobre os processos diários da empresa, como por exemplo o estoque, o registro de vendas e toda a logística do comércio.

Dessa forma, uma das melhores alternativas para integrar lojas off e online são os sistemas de ERP (Enterprise Resource Planning), que integram o setor comercial, financeiro e até o estoque da sua empresa, possibilitando que lojas de ambos os canais sejam integradas.

Assim, você poderá ter mais controle sobre a sua loja e ainda vai conseguir reduzir os custos do fluxo de trabalho. Por isso, ter um sistema de gestão único é muito importante.

Vale ressaltar que a integração das lojas pode ser um processo complexo e que exige muito cuidado, principalmente na hora de escolher o sistema que mais se encaixa com as suas demandas. Por isso, separamos aqui, alguns exemplos de plataformas que realizam esse serviço:

  • Juno, a plataforma, segundo o site da empresa, é uma intermediadora de pagamentos que visa descomplicar os serviços financeiros dos comércios., oferecendo uma boa gestão das transações e do controle de clientes;
  • Gestão Click também é uma plataforma que promete integrar as lojas para facilitar ainda mais a organização dos negócios;
  • Tiny também oferece um serviço de integração de lojas com marketplaces, que dá um maior controle do estoque para os seus usuários e ajuda a vender em diversos canais.

Pontos de atenção na hora de integrar loja física e virtual

De maneira geral, você precisa pensar que, seja como for fazer, essa integração deve ajudar a sua empresa a ter mais controle e organização. Ou seja, para que a integração funcione da maneira esperada, vale a pena recorrer a algum software de ERP evitando possíveis dores de cabeça no futuro.

Mas, além disso, você deve se certificar se ele funciona corretamente com o tipo da sua loja virtual. Somente após essa etapa que uma estratégia conjunta entre os canais pode ser criada.

Assim, a sua equipe de vendas da loja física poderá dar uma atenção aos clientes que forem até lá, e ainda poderão controlar o estoque que será atualizado instantaneamente. Apesar de vivermos cada vez mais numa realidade que o mundo digital está dominando, muitos comércios ainda precisam do contato direto com o público.

Portanto, é muito válido que os comércios comecem a pensar na adição de canais de compras diferentes, ao invés de priorizar em apenas um modelo de venda.

Gostou do conteúdo? Assine a nossa newsletter agora mesmo e não perca mais nenhuma novidade!