WHOW

Como escolher a localização da sua loja física

loja fisica 1 scaled 1

Você está montando a sua loja física e ainda não sabe como escolher a localização ideal para ela? Então se liga nesse conteúdo exclusivo que preparamos para você. Mesmo que a internet esteja conquistando cada vez mais espaço no comércio, muitos negócios ainda precisam ter uma relação de olho no olho com seus clientes.

A importância da localização para uma loja física

Não existem dúvidas que as vendas online chegaram para ficar. Quem ainda desconfiava até 2020 teve a certeza com a chegada da pandemia. Mas, ainda assim, o espaço físico ainda é muito importante nas vendas brasileiras.

Afinal, o físico e o virtual não são excludentes, mas sim complementares. Para produtos que exigem um maior investimento, como eletrodomésticos, por exemplo, é comum que os clientes primeiro visitem lojas físicas para analisar as características, para só assim fechar a compra.

Sob esse ponto de vista, a localização das lojas físicas é fundamental para garantir o sucesso do comércio. Um comércio mal localizado pode comprometer as vendas. Além disso, a localização é um dos itens que uma loja física consegue destacar em meio à concorrência. Até porque ninguém gosta de ter que se locomover muito para efetuar suas compras.

Inclusive em lojas que já estão estabelecidas no mercado, os gestores devem ficar atentos às mudanças que a sua localização pode sofrer com o tempo. Um local que há 10 anos era referência para os moradores da cidade, atualmente já pode ser visto como perigoso ou decadente, por exemplo.

Assim, os varejistas devem procurar locais que sejam mais próximos possível de seu público alvo. Porém, nem sempre é possível oferecer uma loja próxima a todos os clientes potenciais, em especial quando eles não estão concentrados em uma área comum. 

Sendo assim, vale a pena buscar outras variáveis para as quais a localização também é determinante. Por exemplo, digamos que você possui uma revenda de automóveis. Sua preocupação não será apenas no fluxo de pessoas que passam em frente a sua loja.

Você também precisa considerar a segurança do local, o espaço disponível para os veículos e até as condições de trânsito. Afinal, provavelmente seus clientes vão querer test-drive nos carros que desejam comprar.

Afinal, como escolher um bom ponto de venda?

Para que você evite ter futuros problemas com o seu ponto comercial, é fundamental que faça uma boa análise do imóvel que você irá escolher.

Primeiramente, examine se o tamanho do imóvel corresponde às necessidades da sua empresa. Após isso, vale a pena considerar outros aspectos como decoração, circulação de ar e até luz solar. Apesar de parecerem pontos secundários, esses elementos são capazes de melhorar o humor e, consequentemente, a produtividade dos seus funcionários.

Se o espaço agradar, é a hora de conferir se o valor do aluguel é compatível com o seu orçamento. Mas vale lembrar que economia não significa necessariamente preços mais baixos, mas otimização do seu dinheiro.

Voltando ao exemplo da revendedora de carros: se você encontrar dois locais para alugar, um mais barato, mas numa região mais perigosa, ou outro mais caro e num bairro mais seguro, provavelmente a segunda opção será mais econômica. Isto porque o segundo espaço possui menor chances de roubos ou depredação da sua loja.

Dicas para achar uma boa localização para sua loja física

Ponto de venda: Público

Como mencionamos anteriormente, você precisa estar presente onde o seu público também está. Portanto, antes de tudo você precisa compreender bem quem são seus consumidores, onde eles costumam comprar, qual sua renda e até outras informações pessoais.

Tudo isso irá te ajudar a encontrar o local certo para atingir os clientes da sua loja. Cada característica te dará uma pista a mais para conquistar o consumidor.

Por fim, não adianta você querer inserir um mercado num local que não comporta. Ou seja, se o seu público alvo são pessoas de baixa renda, de nada vale você abrir sua loja num bairro de luxo. As pessoas não vão se adaptar ao seu negócio, você tem que se adaptar a elas.

Ponto de venda: Visibilidade

Outro ponto crucial na hora de analisar o local para a sua loja física é se ele tem uma boa visibilidade. Quando um estabelecimento não é visto pelos clientes, a tendência é gerar frustração e até desistência de compra.

São vários os itens que podem prejudicar a visibilidade da sua loja, como por exemplo:

  • árvores;
  • postes;
  • pontos de ônibus;
  • banca de jornal;
  • placas.

Vale lembrar que ,em prédios comerciais, galerias ou até shoppings, geralmente corredores sem saída e últimos andares têm menos movimento e lojas que ficam em esquinas costumam ter maior visibilidade.

A direção do fluxo de carros e pedestres e a posição do sol também podem influenciar na visibilidade do estabelecimento.

Ponto de venda: Acessibilidade

Você também precisa refletir como o seu cliente provavelmente vai chegar na sua loja: a pé? De ônibus? De carro? Tudo isso deve ser levado em conta. Afinal, dependendo do seu público, ele utilizará um meio de transporte. Então, se a sua loja for para clientes que irão chegar de carro, deve disponibilizar um estacionamento ou pelo menos ter vagas perto.

Outro ponto para analisar é se o seu negócio é de destino ou de passagem. Se o cliente costuma sair de casa com o objetivo de ir à sua loja, é um local de destino. Se eles se atraem pela fachada e entram na sua loja, é de passagem.

Dessa forma, os negócios de passagem dependem ainda mais do fluxo de pessoas e de uma boa visibilidade da loja. Já o de destino deve ter maior comodidade para receber o cliente. Por fim, vale lembrar que é cada vez mais necessário ter uma loja adaptada para pessoas com deficiência.

Portanto, a escolha de um bom ponto comercial é item decisivo para desenvolver a sua loja física. Por isso, não poupe esforços nem tempo para encontrar o local ideal que corresponda às necessidades e expectativas da sua empresa.

Gostou desse artigo e quer saber mais? Então assine a nossa newsletter e receba todos os conteúdos produzidos pelo portal Whow!

Sair da versão mobile