Como desenvolver o intraempreendedorismo nos colaboradores - WHOW

Pessoas

Como desenvolver o intraempreendedorismo nos colaboradores

A multinacional Concentrix desenhou um programa para estimular seus colaboradores a empreenderem interna e externamente 

POR Adriana Fonseca | 21/12/2020 10h00 Imagem: Freepik Imagem: Freepik

Desenvolver o empreendedorismo nos funcionários de uma empresa contribui para a motivação e o engajamento desses colaboradores, criação de soluções inovadoras para a companhia, diminuição na rotatividade e integração entre diferentes setores da organização.

A Concentrix, uma empresa global fornecedora de tecnologia em serviços, foi um pouco além com seu programa de intraempreendedorismo. “Criamos o Talent Tank em 2020 para ajudar e apoiar nossos colaboradores que têm interesse em empreender”, afirma Manfred Kissling, general VP e general manager da Concentrix América Latina e Caribe. “Seguindo de perto a nossa cultura, buscamos o objetivo maior de ajudar nossos funcionários a se tornarem melhores profissionais. Para a maioria, isso significa ajudá-los a fazer melhor seu trabalho, já, para outros, significa ajudá-los a desenvolver sua carreira na empresa. Para grupos menores, significa ajudá-los a buscar outros interesses de negócios que possam ter.”

Esse último aspecto é o maior diferencial do programa da empresa, que valoriza também os funcionários que querem ter seus próprios negócios.

O grande objetivo do Talent Tank é fornecer uma maneira para que os funcionários da companhia aprendam habilidades que os ajudem a crescer e alcançar seus objetivos profissionais, seja na própria empresa ou empreendendo. A edição deste ano foi a primeira. “No próximo ano voltaremos com mais uma edição”, revela Manfred.

Intraempreendedorismo na prática

intraempreendedorismo Imagem Garrhet Sampson: Unsplash

A Concentrix convidou todos os seus colaboradores da região para participar do programa. Entre as pessoas que se qualificaram, foram selecionados 50 profissionais da empresa que já são empresários para ajudá-los e apoiá-los no desenvolvimento de seus modelos de negócios. Esses empreendedores são de nove países onde a Concentrix opera na América Latina e no Caribe: Brasil, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, El Salvador, Honduras, Jamaica, México e Nicarágua.

Assim, durante o mês de novembro, os profissionais participaram de uma série de palestras que englobaram todos os pontos importantes para o desenvolvimento de uma empresa, como habilidades em gerenciamento de projetos, gestão de risco em negócios disruptivos, gestão financeira, gestão de redes sociais, oportunidades de empreendedorismo e dicas para iniciar essa jornada, entre outras.

As palestras foram ministradas por meio de fóruns e webinars virtuais, e incluíram apresentações de executivos da Concentrix e especialistas externos.

Os empreendedores selecionados têm recebido ainda coaching e mentoria de especialistas em cada área. No dia 15 de dezembro, os 50 empreendedores apresentaram as suas propostas de negócio em um painel com júri. Em seguida, dez empresas foram selecionadas para ganhar prêmios em dinheiro que variaram de US$ 500 a US$ 1.500.

“Nosso objetivo é também incentivar a sociedade de forma geral, principalmente em tempos desafiadores como os que estamos vivendo, para que possam pensar fora da caixa e investir em outros talentos que possuam”, diz o general VP e general manager da empresa.

Cultura de inovação

Também para promover a inovação, a Concentrix tem um programa chamado Roots. Trata-se de um canal aberto para que todos os colaboradores enviem ideias com foco no desenvolvimento da empresa e no fortalecimento dos valores da companhia. “Essas ideias são avaliadas individualmente por especialistas que decidem o que priorizar e colocar em prática”, diz o executivo.

A apresentação de ideias é promovida durante encontros, sessões de trabalho e mesas redondas. “Recebemos mais de 300 ideias ao longo de 2020, com mais de 40 especialistas priorizando e reconhecendo as melhores contribuições para a Concentrix.”


Confira uma Live do Whow! sobre implementar a inovação na prática nas empresas 

Ver essa foto no Instagram

Assista a esta conversa com @flavio.dias.fonseca, atual sócio na @500startups, além de ex-CEO da Via Varejo e do Walmart.com no Brasil. Veja as análises e dicas sobre como disseminar a inovação nas empresas, se há um roteiro para começar, bem como a quebra de alguns mitos. #whowlives #livedeinovacao #500startups #startup #corporate #inovacao #empreendedorismo #intraempreendedorismo

Uma publicação compartilhada por WHOW! (@whowfestival) em


+INOVAÇÃO

Você conhece a ISO da Inovação?
Como desenvolver a colaboração efetiva nos times de inovação
Você sabe mesmo o que é cultura da inovação?
Opinião: Como incluir mais mulheres no ecossistema de startups?