Com a pandemia, deixamos de lado a prevenção a outras doenças? - WHOW

Pessoas

Com a pandemia, deixamos de lado a prevenção a outras doenças?

Saúde mental, burnout, ansiedade, depressão, estresse e outros diferentes transtornos. Como estamos lidando com isso nessa pandemia?

POR Redação Whow! | 14/06/2021 16h05

*Artigo por Jairo Bouer, Psiquiatra e Diretor Científico da HSPW (Healthy and Safe Place to Work)

 Vivemos um momento inacreditavelmente complexo quando falamos de prevenção em saúde. Acredito que a pandemia da Covid-19 ocupou e ainda ocupa um espaço tão grande que todas as ações individuais de prevenção ficaram, compreensivelmente, bastante focadas no novo coronavírus. Com o prolongamento desta infeliz situação pandêmica, vem a percepção de que as tantas outras doenças que afligem a humanidade continuam por aí, e de que precisamos seguir firmes com os cuidados com o novo coronavírus e buscarmos formas de nos prevenirmos de maneira global.

 O fato é que o (importantíssimo, reitero) ato de “ficar em casa” colocou em cheque muitas práticas de saúde que estavam mais disseminadas, como a atividade física regular, o manejo de questões emocionais, de estresse, qualidade de sono, só para mencionar algumas. Tais questões ficaram bem impactadas com o distanciamento social necessário para ajudar a conter a pandemia. A nova rotina trouxe impactos negativos inclusive no acompanhamento de uma série de doenças. Acredito que esta problemática deve ser encarada de forma objetiva, e como não poderia deixar de ser, de um ponto de vista mais tecnológico do que antes. Ou seja, com inovação.

 Foi com estas questões em mente que passei a ser Diretor Científico de uma healthtech, a HSPW (Healthy and Safe Place to Work). É a primeira vez que participo de uma healthtech, em um momento em que as healthtechs têm ganhado cada vez mais destaque no Brasil e no mundo. Elas já vinham tendo destaque e, com a pandemia, acabaram tendo um impacto ainda maior. Creio que vieram para ficar, é uma tendência. 

Existem healthtechs que operam em diversos segmentos e de diferentes formas, e estou muito feliz de participar de uma que “pensa saúde” e que foca na transformação de hábitos de uma maneira tão importante, como investimento na qualidade de vida, no futuro das pessoas, com conteúdos que contribuem pra esta mudança. A HSPW é a primeira plataforma que acompanha não só a saúde física, mas também mental, financeira e organizacional dos colaboradores de empresas. Por meio de algoritmos e ciência de dados, ela mapeia de forma completa e diária a saúde integral, desde depressão, estresse, burnout, qualidade do sono, nível de atividade física e síndrome metabólica até bem-estar financeiro, aderência aos valores corporativos e atitudes relacionadas à diversidade e tolerância.

Empreender sempre foi uma questão bem importante na minha vida. Desde o início da minha carreira como médico, trabalhando para hospitais e clínicas, depois tendo meu próprio consultório. Depois, quando passei a trabalhar na área de comunicação em saúde, criei uma empresa para atender os clientes (desde farmacêuticas até secretarias de saúde, prefeituras, etc.). Meu site também é um empreendimento em que estou à frente e que vem ganhando força na Internet. E agora, com a HSPW, continuo meu ciclo de empreendedor em saúde, em uma healthtech com toda sua possibilidade de criação, de desenvolvimento e de trabalho em setores ainda pouco explorados.

 Só para termos uma ideia de como anda a saúde mental dos colaboradores de empresas em meio à pandemia, em uma amostra de 1.000 pessoas atendidas pela plataforma, notou-se alta prevalência (51,7%) de problemas de saúde mental, como burnout, ansiedade, depressão, estresse e outros diferentes transtornos.

 A HSPW tem tido uma excelente aceitação por parte das empresas, pois elas percebem a importância, ainda mais neste momento de pandemia, de ajudar a melhorar a saúde dos funcionários. Elas sabem o valor de ter um retrato em tempo real de como os colaboradores estão e dos pontos que demandam maior atenção. O mapeamento ajuda tanto a empresa a manter/ melhorar o bem-estar interno como os colaboradores a manterem/ adotarem novos hábitos de vida, mais saudáveis e produtivos, para melhor qualidade de vida. É uma plataforma que cria um ambiente propício para tratar a questão de saúde dentro das empresas, sendo um agente facilitador e transformador, que empodera o indivíduo para que ele entenda os pontos de maior atenção e possa fazer suas mudanças. Ao mesmo tempo, a plataforma também oferece um ambiente que facilita o acesso a serviços de saúde, encurtando a distância entre a empresa/ colaborador e prestadores de serviço na área. Acredito muito nesta tecnologia.